quinta-feira, 30 de junho de 2016


boibinemoraisaArraiais na capital maranhense terão brincadeiras até o fim de semana. Bumba meu boi, tambor de crioula e até forró fazem parte da programação.







O Dia de São Pedro (29) e o Dia de São Marçal (30) encerram a programação dos festejos juninos no Maranhão, mas para quem achou que a festa terminaria com o encontro de grupos de bumba meu boi nesta quinta-feira está enganado. A temporada oficial foi prorrogada por mais dois dias. Até sábado (2), os arraiais Mestre Marcelino, na Praça Nauro Machado – Centro de São Luís; Donato Alves, no Ipem – Calhau; e Humberto de Maracanã, no Parque Folclórico da Vila Palmeira, continuarão funcionando, trazendo diversas atrações, brincadeiras e shows de artistas maranhenses.
saiba mais

  • Festejo de São Marçal deve reunir milhares de pessoas no João Paulo



“Nosso São João é um dos mais belos do país e temos todos os motivos para comemorar. Queremos contemplar o cidadão ludovicense com mais dois dias de uma festa alegre, variada em atrações e onde as famílias podem se divertir com segurança”, ressalta o secretário de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), Diego Galdino.

Veja, abaixo, a programação especial do ‘São João de Todos’:

Sexta-feira (1º)
Praça Nauro Machado
18h – Tambor Arte Nossa
19h – Quadrilha Mocinha do Sertão Mirin
20h – Dança Portuguesa Realeza de Portugal
21h – Show de Erasmo Dibel
22h – Boi Una
23h – Boi de Santa Fé/ Baixada

Vila Palmeira
19h – Boi Una
20h – Dança Portuguesa Esplendor de Miranda
21 h – Companhia Encantar
22h – Boi de Upaon Açu
23h – Boi Lendas e Magias
Tenda do Tambor de Crioula
20h – Tambor de Santa Fé
22h – Tambor Unidos Venceremos

Ipem
19h – Quadrilha Flor do Sertão
20h – Boi de Nina Rodrigues
21h – Show de Beto Pereira
22h – Boi da Maioba
23h – Companhia Encantar
0h – Boi de Iguaiba
Barracão
20h – Nato Silva
21h – Grupo Kaiambá

Sábado (2)
Praça Nauro Machado
18h – Tambor de Mestra Felipe
19h – Quadrilha Princesa do Sertão
20h – Cacuriá de Dona Tete
21h – Boi de Arari
22h – Boi Unidos Venceremos/ Baixada
23h – Boi Brilho da Ilha/ Orquestra

Vila Palmeira
19h – Boi de Arari
20h – Boi Brilho do Munin / Orquestra
21h – Boi Brilho da Mata / Baixada
22h – Boi da Maioba
23h – Nina Rodrigues
Tenda do Tambor de Crioula:
18h – Tambor Brilho de São Benedito
19h –  Tambor Unidos de São Benedito

Ipem
19h – Quadrilha Garapa/Bacabal
20h – Boi de Morros
21h – Boi de Santa Fé/ Baixada
22h – Show de Carlinhoz Veloz
23h –  Boi Pirilampo
0h – Boi da Pindoba
Barracão:
20h – Kambada do Forró
23h – Os Três do Forró


Prefeito Clodomir disse que investiu 120 mil na festa do Pescador na Raposa, mas deixou de fora ciclismo feminino, dama, dominó entre outras modalidades esportivas que foram desvalorizadas pela atual administração.

Na Raposa, o comentário é geral: "A Festa do Pescador na Raposa este ano não foi lá estas coisas, não!"

"Acho que ele não gastou 20 mil," ironizou o jovem Wagner Fernandez.

"Na verdade o Grupo Clodomir está destruindo a tradicional Festa do Pescador de Raposa," declarou João Marques morador de Raposa.

[caption id="attachment_251" align="alignnone" width="668"]Prefeito Clodomir Prefeito Clodomir[/caption]

Sem apoio na Raposa, ciclista “Pipoca” é vice-campeã da Copa Nordeste de Ciclismo

pipocaciclista

Atleta se sentiu discriminada por ter ficado de fora das competições no ciclismo feminino do "Dia do Pescador na Raposa."

O Maranhão encerrou a sua participação na 28ª edição da Copa Nordeste de Ciclismo, competição realizada na cidade Aracaju (SE), contabilizando cinco medalhas, sendo uma de ouro, uma de prata e três de bronze e destacando a força de uma “Pipoca” guerreira raposense.

Na categoria Master Feminino, o Maranhão voltou a obter um excelente resultado. Irislene da Silva, a “Pipoca”, da cidade de Raposa, foi prata entre as mulheres.

Dia do Pescador na Raposa - Dez atletas da categoria ciclismo foram deixadas de fora das competições esportivas este ano na Raposa.

Segundo nos informou a atleta Irislene da Silva, a “Pipoca, ” através dos nossos esforços conseguimos dez bicicletas para participarmos da competição, mas quando o prefeito disse que não tinha verba para nos patrocinar, foi como jogar um balde de água fria sobre nós. Tivemos que devolver as bicicletas emprestadas." "Chorei muito!", declarou a atleta.

"Clea e Picoca estão indignadas," desabafaram.

 

Cruzeiro feminino campeão do torneio de São Pedro (campo do Garrancho) na Raposa..

13537675_1750297958543376_7367072314032749403_n

Dia do Pescador na Raposa - dia 29 de junho 2016

13533274_1017845668322543_2208999815669412024_n

 

Chegada das embarcações da 40ª Regata dos Pescadores

Fotos: Nonato Aguiar / Jornal Folha Do Municipio

Dia do Pescador na Raposa

13502125_1017660661674377_5099580068883287924_n

Equipe da Madeireira Allan participou da competição na "1ª Corrida Independente de Raposa - MA." Segundo os organizadores, "a 2ª Corrida Independente de Raposa - MA," acontecerá no dia da abertura do FOIMAC no mês de agosto de 2016.

IMG_3006

Fotos: Nonato Aguiar / Jornal Folha Do Municipio

Dia do Pescador na Raposa

[caption id="attachment_244" align="alignnone" width="668"]1º lugar - Valter Moraes 1º lugar - Valter Moraes[/caption]

Atletas vencedores na corrida de ciclismo masculino:
1º lugar - Valter Moraes
2º lugar - Leandro
3º lugar - Canelinha
4º lugar - Zé
5º lugar - Filipe


Dia do Pescador na Raposa

[caption id="attachment_243" align="alignnone" width="675"]1º lugar - Rafel 1º lugar - Rafael[/caption]

Atletas vencedores na corrida de pedestre masculino:
1º lugar - Rafael
2º lugar - Eriberto
3º lugar - Frank
4º lugar - Márcio André
5º lugar - Mario


Fotos: Nonato Aguiar / Jornal Folha Do Municipio

Dia do Pescador na Raposa

[caption id="attachment_242" align="alignnone" width="559"]1º lugar - Rosinete 1º lugar - Rosinete[/caption]

Atletas vencedoras na corrida de pedestre feminino:
1º lugar - Rosinete
2º lugar - Ivete
3º lugar - Nem

Fotos: Nonato Aguiar / Jornal Folha Do Municipio
terça-feira, 28 de junho de 2016

Concurso será organizado pela Fundação Carlos Chagas. Inscrições começam no dia 4 de julho e vão até o dia 27.






Concurso

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Gestão e Previdência do Estado do Maranhão (SEGEP) divulgou, na tarde desta segunda-feira (27), edital de processo seletivo para preenchimento de 30 vagas no cargo de Procurador do Estado de Segunda Classe.  Os novos profissionais vão receber salário de R$ 19.955,40. A Fundação Carlos Chagas é a organizadora responsável pelo concurso.

Para concorrer ao cargo é necessário nível superior em Direito e inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Os interessados deverão se inscrever no concurso no período de 4 de julho a 27 de julho de 2016, mediante pagamento de taxa, no valor de R$ 300,00.

O processo de seleção contará com uma Prova Escrita Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Além disso, serão aplicadas Provas Escrita Subjetiva, Oral e Avaliação de Títulos, todas serão realizadas em São Luís.

As aplicações das Provas estão previstas para o dia 4 de agosto (prova objetiva), 13 de novembro (prova subjetiva) e de 15 a 19 de fevereiro de 2017 (prova oral).

O concurso é válido por dois anos, e pode ser prorrogado por igual período.


Supermercados funcionam, segundo informa a Fecomércio-MA. Bancos fecham em mais de 30 cidades do MA nesta quarta-feira (29).





ruadejesus

O comércio de São Luís (MA) vai permanecer de portas fechadas durante o feriado municipal de São Pedro, nesta quarta-feira (29), dia de encerramento da temporada oficial do São João do Maranhão. A informação é da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio-MA).

Já os supermercados, conforme decisão firmada entre empregadores e empregados por meio da Convenção Coletiva de Trabalho, poderão funcionar normalmente no feriado, segundo informa a Fecomércio-MA.

Agências bancárias
As agências bancárias de 32 municípios maranhenses não vão funcionar nesta quarta-feira, por causa do feriado municipal, de acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Não haverá atendimento ao público nas agências nas cidades de Apicum-Açu, Barra do Corda, Bom Jardim, Cândido Mendes, Caxias, Coelho Neto, Cururupu,Dom Pedro, Duque Bacelar, Governador Archer, Humberto de Campos, Icatu, Lima Campos, Miranda do Norte, Paço do Lumiar,Pedreiras, Pindaré Mirim, Pio XII, Poção de Pedras, Presidente Dutra, Rosário, Santa Luzia, Santa Luzia do Paruá, Santa Quitéria do Maranhão, Santo Antônio dos Lopes, São José de Ribamar, São Luís, São Vicente Ferrer,Tutóia e Vargem Grande.

Ponto facultativo
A Prefeitura de São Luís decretou ponto facultativo nos órgãos da administração direta, indireta, autárquica e funcional do Poder Executivo na quinta-feira (30), após o feriado municipal de São Pedro (29). O expediente retorna ao normal nos órgãos municipais na sexta-feira (1º).

O decreto assegura, no entanto, a oferta dos serviços públicos considerados essenciais - como saúde, limpeza pública, guarda municipal, fiscalização de trânsito e terminais de integração de passageiros. O atendimento deve ser realizado por escalas de serviço ou plantão.

Nesta quarta (29) funcionarão apenas  alguns serviços de shoppings centers e supermercados. De acordo com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio-MA) o comércio da capital ficará fechado. E no dia 30, Dia de São Marçal as lojas também estarão fechadas no bairro João Paulo.

Agências bancárias casas lotéricas e Correios não abrirão as portas amanhã.


Nos shopping centers somente cinemas, praças de alimentação, parques infantis e supermercados estarão funcionando. Confira os horários abaixo:

Rio Anil Shopping
Lojas e Quiosques -Fechados
Alimentação -12h – 22h
Cinema -programação no site e aplicativo
Space Play – 12h – 22h
Supermercado – 10h – 22h
Lojas Americanas – 12h – 20h
Acad. Estação Saúde – 9h – 13h

Shopping Pátio Norte
Lojas e quiosques – fechados
Praça de alimentação e parque infantil – das 12 às 22h
Cinemas – 13h às 22h
Supermercado – 10h às 22h

Shopping da Ilha
Lojas e quiosques – Fechados
Praça de Alimentação – 12h às 22h
Cinema – 13h às 22h30
Supermercado – fechado
Arraial Vila Junina – Início às 19h

São Luís Shopping
Lojas âncoras e satélites– Fechados
Supermercado – 8h às 22h
Cinemas – 12h às 22h
Praça de Alimentação e parque infantil– 12h às 22h

segunda-feira, 27 de junho de 2016

saudeSituação ocorre no Centro de Especialidades Médicas do bairro Vila Luizão. Outra reclamação é que as senhas não garantem a marcação da consulta.


G1, MA
Os pacientes que precisam marcar consultas e exames no Centro de Especialidades Médicas do bairro Vila Luizão, em São Luís, estão passando a noite na fila para conseguir os serviços oferecidos no local. Eles denunciam a venda de senhas que são entregues apenas uma vez por mês.Pelo menos é o que afirma o servidor público identificado como Mauro. Ele diz que mesmo depois de ter passado a noite esperando o Centro abrir não conseguiu atendimento porque algumas pessoas, ainda não identificadas, venderam senhas para outros pacientes que chegaram no local depois dele.

filas_centro (1)

“Eu cheguei meia-noite e tinha aproximadamente 80 pessoas e às sete e meia da manhã ao distribuírem 250 senhas eu não sou alcançado. O que aconteceu? Quantas pessoas entraram na minha frente? Existe sim. É fato. Pessoas que pegam senhas para vender para outros que chegam mais tarde”, revelou o servidor público.

Outra reclamação dos pacientes que procuram o Centro de Especialidades Médicas é que as senhas não garantem que a consulta ou o exame serão marcados no mesmo dia.

O gerente comercial Girlan Aguiar afirma que não existe prioridade entre os grupos e que todos ocupam uma mesma fila na hora de serem atendidos. “Primeiro que não tem prioridade para ninguém. Nem para idoso, nem para gestante. As pessoas não sabem a sua vez na fila. É uma fila só para todo mundo e até agora a gente está esperando uma senha e não sabe se vai pegar essa senha. Já são oito horas e a gente nem sabe se vai pegar essa fila”, desabafou.

Por meio de nota, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou que o Centro de Especialidades Médicas da Vila Luizão, nesta segunda-feira (27) distribuiu 1.200 senhas para agendamento de consultas para marcação entre as 10 especialidades disponíveis na unidade e que todos os que estavam na fila foram atendidos.

O 2° Departamento de Combate à Corrupção está funcionando dentro do Grupo de Atuação Especial no Combate a Organizações Criminosas (Gaeco), do Ministério Público.




[caption id="attachment_211" align="alignnone" width="640"]Delegado Leonardo Bastian Delegado Leonardo Bastian[/caption]

São dois departamentos, o primeiro funciona na Secretaria de Segurança Pública (SSP-MA). Eles são subordinados à Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (SECCOR/MA), comandada pelo delegado Roberto Fortes.


Promotor Valentim Pinheiro

Promotor Valentim Pinheiro




O 2° Departamento está sendo chefiado pelo delegado Leonardo Bastian, que comandou na semana passada a operação que prendeu o ex-prefeito de Turilândia Domingos Curió e sua esposa Ângela Maria.

Em conversa com o titular do Blog, o delegado disse que está trabalhando em conjunto com os promotores do Gaeco, sendo um deles Valentim Pinheiro.

Valentin, que também esteve na investigação de desvio de recurso público em Turilândia, já coordenou várias operações de combate à corrupção e crime de agiotagem.

O Blog apurou que várias operações deverão ser realizadas para tentar coibir esquemas de gestores que querem se reeleger ou fazer seu sucessor.
486d0531-5885-441a-a241-f6e8d4d6d000Incrível a capacidade de alguns blogueiros de aluguel de A ou de B plantarem notícias sem nenhum conhecimento do assunto. Semana passada, o primeiro veio dizer que o candidato oficial do município (prefeito) teria a maioria dos pré-candidatos do partido alinhado ao seu projeto, enganou-se ou melhor foi enganado e continua sendo (pq foi atrás de ser).

Agora o blogueiro oficial da candidata do governo do estado vem falando em venda de partido. Deveria mostrar algum comprovante.

Para esclarecer esse tal, segue:

1- O seu chefe me disse e repetiu para alguns vereadores (Não cabe citar nomes), que o partido seria obrigado via governo do estado a apoiar sua candidata. Foi avisado várias vezes que nada conseguiria dessa maneira. Deixei claro que o partido estaria aberto ao dialogo, contudo esse passaria pelo vereador Irmão Ivaldo (o mesmo descartou esse apoio).

2- O vereador nunca ficou de fora de nenhuma conversa sobre o apoio a qualquer candidato, pois se trata da maior liderança do partido no município.

3- O apoio a Ocileia foi definido em conversa com os pré-candidatos, não cabendo opinião externa. Tendo esclarecido esses pontos espero que antes de publicarem essas matérias pra justificar o salário procuremos fatos.

Estão dando muita importância para um candidato sem votos. Não acham?
[caption id="attachment_204" align="alignnone" width="688"]O prefeito Clodomir e seu candidato a prefeito, Eudes Barros O prefeito Clodomir e seu candidato a prefeito, Eudes Barros[/caption]

A Raposa está cada vez mais se afundando com a administração do atual prefeito Clodomir.

A tradicional Festa de São Pedro, desde que Clodomir assumiu, só tem perdido o brilho. Este ano mais uma vez a festa de São Pedro (Festa do Pescador) vai ser fraca, contribuindo para o fim de nossas tradições.

Várias modalidades esportivas não serão realizadas por falta de apoio do prefeito. E o pior é que está em ano de eleição.

Ai eu me pergunto cá com os meus botões, como é que Clodomir pretende mesmo eleger o seu candidato a prefeito, o vereador Eudes Barros?

E onde ficam os vereadores neste momento que não falam nada, todos calados vendo nossas tradições sendo destruídas.
[caption id="attachment_201" align="alignnone" width="596"]Talita Lací é aliada do governador Flávio Dino Talita Lací é aliada do governador Flávio Dino[/caption]

A suposta fraude aconteceu na gestão da ex-prefeita Talita Lací aliada do governador Flávio Dino(PCdoB).


Pagamentos realizados pela prefeitura de Raposa a três empresas, que nunca prestaram serviço ao Município e sequer participaram de processo licitatório. As transações bancárias aconteceram no dia 11 de agosto de 2014, na gestão da ex-prefeita, Talita Laci. A quantia total destinada aos ‘fornecedores’ foi de R$ 284,742,20.

As empresas favorecidas na gestão da ex-prefeita foram: I F de Oliveira Comércio (R$ 138.438,20), Settimu’s Empreendimentos (R$ 74.340,50) e M Ricardo Marinho Rodrigues (R$ 71.963,50). De acordo com denúncia, as transferências financeiras foram feitas a pessoas ligadas à campanha eleitoral de Talita Laci.

“Esses comprovantes atestam a corrupção no Município de Raposa,na gestão da ex-prefeita Talita Laci. Ela pagou mais R$ 200 mil a essas empresas, que não participaram de licitação. Não existe nenhum contrato com essas empresas no Diário Oficial do Maranhão. A população quer saber onde está o dinheiro que foi desviado”, frisa um trecho da denúncia recebida pelo Blog do Neto Ferreira.

Confira os comprovantes das transferências bancárias:











domingo, 26 de junho de 2016
xoeste.jpg.pagespeed.ic.FIGA4DZ_kz

No apagar das luzes, com um gol de Marcus Vinícius aos 42 minutos do segundo tempo, o Oeste  voltou a vencer na Série B do Campeonato Brasileiro. Jogando na Arena Barueri, o time dirigido por Fernando Diniz venceu o Sampaio Corrêa por 1 a 0, pela 12.ª rodada.

Com apenas seis pontos em 36 disputados, a equipe de Wagner Lopes continua na última posição e agora vê o Avaí, primeiro fora da zona de rebaixamento, com 12. Já o Oeste chegou aos 16, em 12.º lugar, e encerrou uma série de quatro jogos sem vitória – vinha de dois empates e duas derrotas.

1466896650-912772426-610x350

O Oeste começou o jogo com a posse de bola, tentando acuar o adversário, mas encarou um Sampaio Corrêa mais ligado e buscando os contra-ataques para assustar a torcida mandante. Mesmo com o domínio, o time da casa pecou muito nas trocas de passe sem objetividade, enquanto os maranhenses passaram a testar o goleiro Felipe Alves com chutes de longa distância.

Como entrou em campo com três zagueiros, o Oeste sofreu com a transição até o campo de ataque no início da segunda etapa. Assim que acertou o meio-de-campo com a entrada de Francisco Alex, voltou a pressionar o adversário, que não conseguia responder, mas apostava nos avanços pela direita como válvula de escape. No finalzinho, aos 40 minutos, Diego Lorenzi foi expulso ao receber o segundo cartão amarelo.

Assim que deixou o gramado, o volante do Sampaio Corrêa viu o adversário marcar o gol que decretou o placar final no confronto. Em jogada de velocidade, Marcus Vinícius recebeu uma boa bola da direita, entre os zagueiros, dominou na frente e já saiu cara a cara com o Rodrigo Ramos. Assim que o goleiro saiu da meta, ele tocou por cima para balançar as redes.

Na próxima terça-feira, os dois times voltam a campo pela 13.ª rodada. O Sampaio Corrêa recebe o Tupi no estádio Castelão, em São Luís, às 20h30, enquanto o Oeste viaja para Salvador, onde enfrentará o Bahia na Fonte Nova, às 19h15.

FICHA TÉCNICA:

OESTE 1 X 0 SAMPAIO CORRÊA

OESTE – Felipe Alves; Velicka, Bruno Silva e Wellington; André Castro, Danielzinho (Francisco Alex), Mazinho (Betinho) e Matheus Vargas; Crysan (Marcus Vinícius), Ricardo Bueno e Léo Arthur. Técnico: Fernando Diniz.

SAMPAIO CORRÊA – Rodrigo Ramos; Éder Sciola, Wágner, Luiz Otávio e Rafael Estevam; Renan Ribeiro, Diego Lorenzi, Léo Gago (Paulo Marcelo) e Lucas Sotero (Felipe Costa); Jean Carlos (Henrique) e Elias. Técnico: Wagner Lopes.

GOL – Marcus Vinícius, aos 42 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Bruno Arleu de Araújo (RJ).

CARTÕES AMARELOS – Marcus Vinícius (Oeste); Diego Lorenzi e Léo Gago (Sampaio Corrêa).

CARTÃO VERMELHO – Diego Lorenzi (Sampaio Corrêa).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Arena Barueri, em Barueri (SP).


[caption id="attachment_182" align="alignnone" width="727"]Wesley Safadão fez show para mais de 100 mil pessoas em Caruaru (Foto: Divulgação/Ederson Lima - Assessoria) Wesley Safadão fez show para mais de 100 mil pessoas em Caruaru (Foto: Divulgação/Ederson Lima - Assessoria)[/caption]

Justiça questionou cachê de R$ 575 mil e chegou a suspender show do cantor. Artista se apresentou para mais de 100 mil no sábado (25) no São João 2016.




Após a Justiça questionar o cachê de R$ 575 mil no São João 2016 de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, o cantor Wesley Safadão disse que vai doar o dinheiro para instituições de caridade do município. Ele falou neste sábado (25) que "o dinheiro de Caruaru voltará para Caruaru" e que tocaria na cidade "até de graça". Uma ação popular impetrada por advogados pediu o cancelamento do show, alegando suspeita de superfaturamento no cachê do artista.
Wesley Safadão usou um guarda-chuva durante o show em Caruaru (Foto: Divulgação/Ederson Lima - Assessoria)

Safadão usou um guarda-chuva em Caruaru
(Foto: Divulgação/Ederson Lima - Assessoria)

Saiba tudo sobre o São João 2016 no interior de Pernambuco.

No dia 22 de junho, o juiz José Fernando Santos de Souza deferiu uma liminar para suspender o show de Wesley Safadão. A decisão foi tomada após três advogados do município entrarem com uma ação popular para pedir o cancelamento do show. No mesmo dia, o desembargador José Viana Ulisses acatou o pedido da Prefeitura de Caruaru e decidiu que a apresentação deveria ser realizada.
saiba mais

  • MPF investiga valores de cachês de artistas no São João 2016 de Caruaru

  • Prefeitura confirma show de Wesley Safadão no São João 2016 de Caruaru

  • Liminar suspende show de Wesley Safadão no São João 2016 de Caruaru



O Ministério Público Federal (MPE) chegou a questionar a diferença dos preços dos cachês cobrados em Caruaru e Campina Grande. Na Capital do Forró, o valor é de R$ 575 mil, já na cidade paraibana seria de R$ 165 mil - valor confirmado pela prefeitura de Campina e negado pela empresa que cuida dos shows do artista.

Durante a apresentação deste sábado no Pátio de Eventos Luiz Gonzaga, Wesley Safadão disse que foi questionado nas redes sociais sobre o valor cobrado no cachê e afirmou que vai doar o dinheiro  para instituições carentes do município. O anúncio foi feito quase no final do show - que durou duas horas. "Se o problema é dinheiro, pode espalhar aí que o meu cachê está voltando para Caruaru para ajudar a quem realmente precisa. Em Caruaru eu toco até de graça. O que eu não quero é ficar de fora desta festa", afirmou o artista.
Pátio de Eventos Luiz Gonzaga ficou lotado neste sábado (25) em Caruaru (Foto: Divulgação/Ederson Lima - Assessoria)

Pátio de Eventos Luiz Gonzaga ficou lotado neste sábado (25) em Caruaru (Foto: Divulgação/Ederson Lima - Assessoria)

 

SÃO JOÃO 2016

'Maior e Melhor São João' em Caruaru



O show mais esperado da noite foi o último e teve início com a música "A Dama e o Vagabundo" e seguiu com uma sequência de sucessos do cantor - acompanhados pelo público, que apesar da chuva continuou dançando e cantando. Ele também cantou hits do sertanejo e do funk. A noite ainda contou com as apresentações de Gatinha Manhosa, Bichinha Arrumada e Jorge de Altinho - que desfilou os maiores sucessos dele.

Confusão nos portões
Os portões do Pátio de Eventos Luiz Gonzaga foram fechados antes das 21h - quando a capacidade máxima do espaço, 100 mil pessoas, já havia sido atingida. Sem acesso ao Pátio do Forró, milhares de pessoas ficaram do lado de fora. Insatisfeitas, algumas pularam os muros, já outras quebraram as grades das entradas de emergência.

Uma das grades foi invadida por duas vezes - uma correria tomou conta da rua e houve tumulto. Em um dos portões, a polícia precisou conter a multidão com spray de pimenta. Algumas pessoas jogaram pedras e latas de cerveja dentro do Pátio de Eventos. A cavalaria foi acionada, mas não conseguiu conter as pessoas que invadiram o espaço.

Muitos reclamaram que se sentiram insatisfeitos pela falta de organização. "É um absurdo isso com os moradores de Caruaru e com os visitantes. A gente ficar do lado de fora e ainda essa confusão nessas entradas", afirmou a comerciária Isabela de Azevedo. Milhares de pessoas também se aglomeraram nas entradas principais do Pátio do Forró e vaiaram porque não conseguiram entrar.

A confusão não foi apenas do lado de fora. Na entrada para o show, forrozeiros reclamaram de tumulto nas filas. Flávia Gabriela da Silva, de 15 anos, veio de São Caetano, no Agreste, e chegou ao espaço às 17h, mas só conseguiu entrar às 20h. "Levei muitos empurrões, estava uma grande confusão na entrada, mas mesmo assim eu vim porque eu queria ver o Wesley", disse a estudante.



[caption id="attachment_167" align="alignnone" width="687"]Carga vinha da cidade paulista de Marília e tinha como destino final Belém, no Pará (Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal) Carga vinha da cidade paulista de Marília e tinha como destino final Belém, no Pará (Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal)[/caption]

Veículo estava sendo conduzido por Sérgio Aparecido Ricardo. Ele foi atuado pelos crimes de contrabando e uso de documentação falsa.






A Polícia Rodoviária do Maranhão (PRF) apreendeu na tarde de sexta-feira (24), no km 260, da BR-010, próximo do Povoado Lagoa Verde, no município de Imperatriz, a 626 km de São Luís, um caminhão com 50 mil pacotes de cigarros contrabandeados.

Segundo informações dos policiais, o veículo de placas ODH-3807 do estado do Espírito Santo estava sendo conduzido por Sérgio Aparecido Ricardo, de 41 anos. O motorista que também é pedreiro é natural do estado do Paraná.

Ainda conforme os policiais da PRF, o material contrabandeado não possuía nota fiscal. Em depoimento, o motorista Sérgio Aparecido, que também apresentou documentação falsa durante a abordagem, afirmou que a carga foi passada a ele na cidade paulista de Marília e tinha como destino final Belém, no Pará.

O motorista também teve apreendida pela equipe da PRF oito mil quinhentos e quatorze reais em espécie, um GPS e mais dois aparelhos celulares.

Sérgio Aparecido Ricardo foi preso e autuado e encaminhado para a Sede da Delegacia da Polícia Federal em Imperatriz. Ele responderá pelos os crimes de contrabando e uso de documentação falsa. Do G1 MA

sexta-feira, 24 de junho de 2016
 

[caption id="attachment_161" align="alignnone" width="660"]Ex-presidente Lula e mais seis pessoas na mira da Justiça Federal... Ex-presidente Lula e mais seis pessoas na mira da Justiça Federal...[/caption]

Teori envia à Justiça Federal de Brasília denúncia contra Lula.




Rodrigo Janot, da PGR, queria enviar caso a Sérgio Moro, de Curitiba. Para ministro do Supremo, maior parte dos delitos ocorreu em Brasília.




O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta sexta-feira (24) o envio para a Justiça Federal de Brasília de denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela suposta tentativa de comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. Também são alvos da mesma denúncia o senador cassado Delcídio do Amaral, o banqueiro André Esteves e outras quatro pessoas.

Os sete são acusados de obstrução à Justiça, por suposta tentativa de atrapalhar a delação de Cerveró na Operação Lava Jato.


 

OPERAÇÃO LAVA JATO

PF investiga esquema de corrupção



Para Teori Zavascki, "tais fatos não possuem relação de pertinência imediata com as demais investigações relacionadas às fraudes no 'ambito da Petrobras'". Por isso, ele entendeu que deve ser considerado o local onde o suposto crime foi consumado, em Brasília.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo que o caso fosse remetido para o juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato no Paraná, por entender que havia conexão dos fatos com o esquema de corrupção na Petrobras. Segundo Janot, alguns dos denunciados, como o empresário José Carlos Bumlai, o filho dele Maurício Bumlai e o próprio Cerveró já são alvos de processo no Paraná.

Advogados de defesa dos acusados, no entanto, contestaram o pedido de envio ao Paraná. O banqueiro André Esteves, um dos denunciados, argumentou que o suposto crime foi cometido em Brasília. Já o ex-presidente Lula afirmou que o caso deveria ir para Justiça Federal de São Paulo porque fatos narrados ocorreram naquele estado.

O ministro Teori Zavascki reconheceu que o que permitia que o inquérito seguisse no Supremo era o foro privilegiado de Delcídio. Mas, depois que ele foi cassado, o caso deve continuar na primeira instância, frisou o ministro.

Mas ele entendeu que o próprio Supremo já decidiu que não há a chamada "prevenção" para o que não se referir especificamente à corrupção na estatal. Segundo o ministro, a definição do juízo que deve tocar o caso deve ser feita conforme o local onde o crime foi cometido.

Conforme o ministro, os delitos ocorreram no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Brasília, "com preponderância desta última porque onde desempenhava o ex-parlamentar sua necessária atividade".

Teori Zavascki também frisou que foi em Brasília que o filho de Cerveró, Bernardo, gravou a conversa que deu origem à descoberta da trama.


saiba mais

  • Janot apresenta denúncia contra Lula no Supremo Tribunal Federal

  • Janot pede investigação de Lula, Berzoini, Edinho, Wagner e mais 27



Denúncia
Para denunciar Lula e os outros seis, a Procuradoria usou as delações premiadas do senador cassado Delcídio do Amaral e do chefe de gabinete dele, Diogo Ferreira, e apresentou extratos bancários, telefônicos e passagens aéreas.

Para Janot, há provas de que Lula se juntou ao amigos, o pecuarista José Carlos Bumlai, e que eles pagaram R$ 250 mil para comprar o silêncio de Cerveró.

Na denúncia, a Procuradoria afirmou que Lula “impediu e/ou embaraçou investigação criminal que envolve organização criminosa , ocupando  papel central , determinando e dirigindo a atividade criminosa praticada por Delcídio do Amaral, André Santos Esteves, Edson de Siqueira Ribeiro, Diogo Ferreira Rodrigues, José Carlos Bumlai” e pede a condenação dos denunciados por obstrução da Justiça.

[caption id="attachment_158" align="alignnone" width="688"]Uma homenagem digna de bênção e glória aos maranhenses... Uma homenagem digna de bênção e glória aos maranhenses...[/caption]

Dom José Belisário da Silva, arcebispo Metropolitano de São Luís, recebeu, nesta quinta-feira (23), o Título de Cidadão Maranhense em reconhecimento ao trabalho que desenvolve junto à comunidade católica e toda a sociedade do Maranhão. A comenda foi fruto de um Projeto de Resolução Legislativa proposto pelo deputado Sousa Neto (PROS) e aprovado por unanimidade pelo plenário.

A sessão solene de entrega da honraria foi presidida pelo deputado Eduardo Braide (PMN) e contou ainda com a presença dos deputados Wellington do curso (PP), Júnior Verde (PRB), Roberto Costa (PMDB), Zé Inácio (PT) e Edivaldo Holanda (PTC), além de autoridades e comunidade católica.

Dom José Belisário é mineiro, nascido em Carmópolis, em 1945. Está na arquidiocese desde 1999, quando foi nomeado bispo do município de Bacabal pelo papa João Paulo II. Lá, ele permaneceu como administrador até 2005, ano em que recebeu do papa emérito Bento XVI a nomeação para o episcopado na Arquidiocese de São Luís, no qual permanece até os dias atuais. Belisário também já foi vice-presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) durante o quadriênio 2011-2015. No ano passado foi eleito segundo vice-presidente do Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM).

O deputado Sousa Neto, autor da proposição, destacou ser de grande felicidade conceder o título ao arcebispo de São Luís, cuja trajetória é reconhecida não só no Maranhão, mas em todo o país.

“É de uma felicidade enorme, até porque sou de uma família católica. O Dom Belisário é uma pessoa sem palavras, porque tem muitos serviços prestados a toda a Igreja Católica no Brasil e, depois de ter sido consagrado arcebispo de São Luís, tem feito trabalhos extraordinários. Eu fiquei surpreso por saber que ele ainda não tinha recebido essa comenda e é mais que merecida essa homenagem”, declarou.
sindjus

Transitou em julgado no Supremo Tribunal Federal-STF a ADPF 317, que desconsiderou os argumentos utilizados pelo Governo do Maranhão na tentativa de retirar os 21,7% dos servidores do Judiciário.

Dessa vez, o relator da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF 317), o ministro Celso de Mello, proferiu voto contrário ao agravo regimental ajuizado pelo Governo do Maranhão, por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE-MA). Através desse agravo, o governador pretendia obter a suspensão dos 21,7%, ganho pelo Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado do Maranhão – SINDJUS/MA.

“Para nós o transito em julgado do STF representa mais uma conquista na luta pela manutenção dos 21,7%.

Agora, de forma concreta a Suprema Corte garante o direito dos servidores públicos do Maranhão, pois nessa ação alguns sindicatos se habilitaram como terceiros interessados, entre eles, o SINDJUS-MA, o dos auditores fiscais do Estado (SINDAFTERMA), o dos servidores da Secretaria de Fazenda (SINTAF), entre outros”, declarou Márcio Luís, presidente em exercício do SINDJUS-MA.

É importante ressaltar que apesar das derrotas nos Tribunais Superiores, o Governo do Estado ainda busca no Tribunal de Justiça do Maranhão, a retirada dos 21,7% dos contracheques dos servidores, por meio da Ação Rescisória de nº 36586/2014 e a de n° 17.465/2016, que foram ajuizadas pela Procuradoria Geral do Estado do Maranhão – PGE-MA, que pretende anular a decisão proferida pelo próprio TJMA.

huufmaflora2


Ministério libera R$ 2,56 milhões para Hospital Universitário no Maranhão. Recursos são destinados à ampliação dos atendimentos de saúde. Em todo o país, Ministério da Saúde repassou R$ 49,8 milhões.







Hospitais universitários do Maranhão e outros oito Estados do Nordeste vão receber mais de R$ 4,8 milhões do Ministério da Saúde para a ampliação e qualificação dos seus atendimentos prestados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Para o Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (HU-UFMA), serão R$ 2.564.159,50.

O montante liberado pelo governo federal por meio do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf) visa reforçar o orçamento das universidades mantenedoras de serviços de saúde, estimulando a oferta de ensino, pesquisa e atendimento de qualidade nas unidades. Em todo o país, Ministério da Saúde repassou R$ 49,8 milhões.

“O Rehuf é um programa que busca qualificar os serviços dos hospitais universitários para atender melhor a população e cumprir a função de hospital escola. Os recursos liberados são significativos e oferecem uma boa possibilidade de estruturação dessas unidades de saúde, que são importantes para a expansão dos atendimentos oferecido pelo SUS à toda população”, destaca o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Em 2015, foram realizados mais de 23 milhões de atendimentos ambulatoriais e internações pelos hospitais universitários do país, o que representa um investimento de R$ 828,3 milhões no setor.



download


Segundo informações, o juiz da comarca de Buriti, José Pereira Lima Filho, determinou a prisão do ex-gestor, o motivo da decisão ainda é desconhecida.


O ex-prefeito de Buriti, Francisco Evandro Freitas Costa, o Neném Mourão, foi preso, na manhã desta sexta-feira (24), em decorrência de um mandado de prisão preventiva.

Segundo informações, o juiz da comarca de Buriti, José Pereira Lima Filho, determinou a prisão do ex-gestor, o motivo da decisão ainda é desconhecida.Ainda de acordo com relatos, Neném Mourão foi preso quando estava saindo da residência localizada naquela cidade. Em seguida, foi recambiado diretamente para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas.O delegado de Buriti Josemar Rocha confirmou as informações referente a prisão do ex-prefeito. Em maio deste ano o Tribunal de Contas do Estado condenou o ex-gestor a pagar multas avaliadas em meio milhão de reais devido a várias irregularidades constatadas na sua gestão.

Hoje pela manhã o ex-prefeito de Turilândia também foi preso pelos crimes de agiotagem e desvio de dinheiro. (Reveja)

[caption id="attachment_139" align="alignnone" width="641"]Polícia na residência de Curió, em Turilândia. Polícia na residência de Curió, em Turilândia.[/caption]

A operação é mais uma etapa das ações de combate à agiotagem no Maranhão, envolvendo gestores e ex-gestores de diversas prefeituras, muitas delas controladas por agiotas financiadores de campanhas eleitorais.

O ex-prefeito de Turilândia, Domingos Sávio Fonseca Silva, o Domingos Curió, e a sua esposa, Ângela Maria, foram presos, na manhã desta sexta-feira (24), pelos crimes de agiotagem e de desvio de dinheiro público, durante a operação Curió, deflagrada pelo 1º Departamento da Superintendência Estadual de Combate à Corrupção (Seccor), órgão ligado a Polícia Civil.

[caption id="attachment_138" align="alignnone" width="277"]Domingos Curió. Domingos Curió.[/caption]

As prisões foram em decorrência de cumprimento de mandado de prisão e foram realizadas em São Luís.

As investigações vinha ocorrendo desde de 2013, e envolve mais de 40 prefeitos suspeitos de cometer crimes de agiotagem e desvios de dinheiro, inclusive o ex-gestor Domingos Curió.

Curió, ainda em 2013, foi conduzido coercitivamente pela Polícia Federal durante a operação Cheque em Branco, pois forneceu 92 cheques em branco para a Gláucio Alencar, acusado de ser um dos mandantes do crime do jornalista Décio Sá.

Os cheques que estavam em posse do agiota foram apreendidos pela Polícia Civil durante a Operação Detonando, que elucidou a morte do jornalista. A PF constatou que o bando de Gláucio foi beneficiado durante a gestão de Domingos Curió, que compactuou com a rede de agiotagem no Estado.

O ex-prefeito, é pai do prefeito de Governador Nunes Freire, Marcel Curió. E tenta eleger, em Turilândia, o seu outro filho, Paulo Curió, nas eleições de 2016.

Domingos e a esposa serão apresentados na tarde desta sexta-feira, por volta das 14h30, na sede da SSP.
gilberto

O ex-prefeito de Paço do Lumiar, Gilberto Aroso (PRB) segue viabilizando apoios importantes para sua tentativa de retornar ao comando da prefeitura do município. Desde que confirmou que seria mesmo pré-candidato, Gilberto Aroso tem conseguido adesões fundamentais para a disputa eleitoral.

Depois de viabilizar apoios importantes de vereadores de Paço do Lumiar e deputados estaduais, Gilberto Aroso conseguiu agora a confirmação que terá o apoio integral de seu partido, do senador maranhense Edison Lobão e da ex-governadora Roseana Sarney, ambos do PMDB.

Durante esta semana, Gilberto Aroso, em companhia dos presidentes do PRB de Paço do Lumiar, Fred Campos, e do Maranhão, deputado federal Cléber Verde, fizeram uma visita ao senador maranhense Edison Lobão, que se comprometeu a trabalhar pelo retorno de Gilberto Aroso, por entender que é o melhor caminho para o município.

gilbero

No mesmo dia, o presidente nacional do PRB, o advogado Marcos Pereira, também foi visitado e assegurou apoio integral da legenda para a pré-candidatura de Gilberto Aroso.

Já na quinta-feira (23), o pré-candidato Gilberto Aroso, em companhia do deputado estadual Edilázio Júnior (PV) esteve visitando a ex-governadora Roseana Sarney, que, da mesma forma, não só prometeu apoio como também participar da campanha em Paço do Lumiar.

ROSEANAGILBER

“Fico feliz que estejamos conseguindo viabilizar essas adesões para fortalecer a nossa pré-candidatura. O povo de Paço do Lumiar merece uma administração comprometida com o nosso município”, afirmou Gilberto Aroso.




EDITORIAL 

Por Sebastião Cavalcante

Conversando ontem no Viva com alguns barraqueiros e transeuntes, busquei saber os motivos da ausência dos festejos juninos, para minha surpresa fui informado de dois motivos:
O primeiro foi que, por determinação do Ministério Público o arraial foi embargado pois deveria ser cercado e oferecer total segurança ao público e brincantes.

O curioso é que somente a prefeitura foi notificada, pois diversos arraiais estão funcionando no Município, inclusive os arraiais como o de hoje da Vereadora Orlete e o do Vereador José Itaparndi não tiveram tal exigência.
O segundo motivo foi ainda mais curioso, pois foi argumentado que a crise e os problemas financeiros estariam levando os investimentos a priorizar Educação, Saúde, Infraestrutura, etc.
Com escolas ainda hoje com falta de professores, merenda, infraestrutura e materiais didáticos inadequados excesso de contratos além da não nomeação dos excedentes do concurso, fazem cair por terra essa justificativa.


A saúde dispensa comentários.
A infraestrutura é algo surpreendente também, pois apesar do Município viver um caos neste setor a 6 meses, foi descoberto um contrato milionário neste setor, o curioso é que uma micro empresa com faturamento máximo de 360 mil anuais carrega consigo contrato de quase 6,5 milhões, o mais curioso ainda é que a empresa é de um cunhado do Presidente do TCE Jorge Pavão mesmo órgão que manteve contrato fantasma lotado no Gabinete de Edmar Cutrin por 10 anos Thiago Maranhão, filho de Waldir Maranhão e padrinho do atual secretário de Cultura de Paço do Lumiar Hamilton Martins, ou seja, o mesmo que segundo os barraqueiros em companhia de Ronald levou tais argumentos aos que esperavam pelos festejos. http://googleweblight.com/…



Pelo que dar para perceber parece que existem mais quadrilhas se apresentando nestes festejos no arrail de TCE do que em Paço do Lumiar não é mesmo Dr Marconi Lopes???




MOMENTOS DE INDIGNAÇÃO 

Por Ana Catharine Melo

13510886_1106376706096753_909417732526044596_n

"Diante da imagem desta barraca agora no chão não mais de pé armada pelas mãos de trabalhadores que tinham a esperança de ter um trabalho extra no período junino, podemos dizer que estão exterminando com a alma do povo luminense , certo dia terminando um artigo sobre cultura percebi a importância da cultura e principalmente do período junino.
O São João teve suas origens nas promessas das famílias em querer reivindicar proteção aos santos do mês de junho ( Santo Antonio, São João, São Pedro e São Marçal) devido as epidemias que se alastravam na Europa e vinham se espalhando por todos os países desta forma surge como pedido de proteção no tempo dos nossos ancestrais brasileiros no Brasil ainda colônia de Portugal que foi tradicionalmente passada de geração a geração pra perpetuar o inicio e seguir o costume familiar mas que foi ameaçada por uma gestão desastrosa, incompetente que por birra ou desculpa esfarrapada insiste em criar fatos para não dar continuidade as tradições populares e até mesmo o aniversário do bairro do Maiobão foi deixada pra trás.
Perante tal situação paira uma pergunta será que diante desta situação e de tantas outras que reflete o abandono da cidade de Paço do Lumiar como resistirá por ainda seis meses essas torturas essa terrível falta de compromisso com a população luminense?
Não temos ruas pavimentadas, não temos uma educação de qualidade, nem saúde e nem festas tradicionais pra levar as novas e futuras gerações a terem lembranças da nossa terra natal, dessa forma nos resta lembrar da barraca caída no chão e perceber que esse ano 2016, será repleto de páginas vazias no calendário festivo da cidade e na esperança de nos libertarmos no dia em que esse opressor saia do comando do nosso município pois as eleições estão chegando e ai sim o povo terá sua libertação." 






quinta-feira, 23 de junho de 2016






13535834_1049969378413632_1106444998_nDECEPÇÃO! Esta é a palavra mais ouvida hoje em dia entre os moradores do Porto do Braga no município de Raposa-Ma, distante 24 km da capital São Luís.


Essa é a rua Travessa da Paz, que da acesso ao Porto do Braga em Raposa. Moradores colocaram galhos de árvores como forma de protesto pelas péssimas condições em que se encontra aquele rua.


Nessas fotos feita pelos moradores, o antes, durantes e depois mostra: O RETRATO DO DESCASO E DO ABANDONO por parte da Prefeitura de Raposa, na gestão do prefeito Clodomir de Oliveira dos Santos(PMDB).




13501575_1049956585081578_4690684117250915026_n










Segundo informações dos moradores dessa localidade, "já faz quase dois anos que essa rua está em péssimas condições de tráfego e o problema só se agravou depois que os transportes coletivos passaram a fazer ponto final nas proximidades do Porto do Braga."

"É desde o tempo que os ônibus andavam por aqui, ai tiraram os ônibus e só veio piorando a cada dia," informou Fernando Carmo, morador dessa localidade.

"Aqui tá precisando de engenheiro pra resolver um problema desse, afinal todo mundo sabe que com barro e terra não se conserta buracos em uma estrada. Isso é uma vergonha, mas a gente sabe que o prefeito Clodomir ta só dando tempo, para que chegue logo as eleições e ele entregue a bomba na mão do próximo prefeito e dizer que ele não tem culpa e que fez um bom trabalho em sua gestão pura enrolação," desabafa Fernando Carmo.

13522000_1049956948414875_8519738552492912810_n

O blog do Nonato Aguiar tentou fazer contato com prefeito Clodomir, mas este não foi encontrado para falar, se antes de deixar a Prefeitura, ainda vai pavimentar a rua Travessa da Paz, que da acesso ao Porto do Braga em Raposa. Isso pode não acontecer se o prefeito alegar que a Prefeitura não tem dinheiro  e a secretaria de Infra-estrutura não funciona!

Os moradores dessa localidade ainda aguardam uma resposta do gestor, que poderá se manifestar com trabalho e sua obrigação, de melhorar a infra-estrutura das ruas do município de Raposa.

Eles esperavam alguma obra... alguma benfeitoria.

 


 


[caption id="attachment_108" align="alignnone" width="690"]Paulo Bernardo, ex-ministro de Dilma e Lula, é preso na Lava Jato Paulo Bernardo, ex-ministro de Dilma e Lula, é preso na Lava Jato[/caption]

PF cumpriu mandado de busca na casa dele e da mulher, Gleisi Hoffmann. Em nota, defesa de Bernardo disse que a prisão é 'ilegal'.




Adriana Justi e Camila BomfimDo G1 PR e da TV Globo, em Brasília








O ex-ministro do Planejamento do governo Lula e das Comunicações no primeiro governo Dilma, Paulo Bernardo, foi preso nesta quinta-feira (23) em um desdobramento da 18ª fase da Operação Lava Jato, em Brasília. Ele é marido da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR). Carlos Gabas, ex-ministro da Previdência do governo Dilma, teve a casa alvo de busca e apreensão.

Inicialmente, a PF informou que Gabas teria sido alvo de condução coercitiva, que é quando a pessoa é levada a depor. No entanto, o juiz que autorizou o mandado disse que Gabas deveria ser informado pelos policiais que teria o direito de ficar em silêncio e, nesse caso, não seria obrigado a ir para a delegacia prestar depoimento. Como Gabas disse que não falaria com as autoridades, pôde ficar em casa.
 

OPERAÇÃO CUSTO BRASIL

Ex-ministro Paulo Bernardo é preso pela PF



Um mandado de condução coercitiva foi para o jornalista Leonardo Attuch, que administra o blog 'Brasil 247'. Ele já havia aparecido nas investigações da Lava Jato como suspeito de ter recebido dinheiro por serviços não executados.

Há ainda um mandado de prisão preventiva para o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, que, condenado na Lava Jato, está preso desde 2015. Outro ex-tesoureiro do PT, Paulo Ferreira, também tem mandado de prisão. Ele é marido da ex-ministra do Desenvolvimento Social no governo Dilma, Tereza Campelo, e próximo ao ex-ministro José Dirceu.

Entre os que têm mandado de prisão também está Valter Correia, secretário de Gestão do prefeito Fernando Haddad, em São Paulo.

Além das prisões relacionadas ao PT, policiais federais foram à sede do partido no centro de São Paulo. Os presos e o material apreendido serão encaminhados à sede da Polícia Federal, na capital paulista.

A PF informou que o objetivo da operação, batizada de Custo Brasil, é apurar o pagamento de propina referente a contratos de prestação de serviços de informática no valor de R$ 100 milhões, entre os anos de 2010 e 2015, a pessoas ligadas a funcionários e agentes públicos ligados ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG).




Agentes da Polícia Federal realizam buscas na sede do PT Nacional em São Paulo. A ação faz parte da Operação Custo Brasil, que integra a Lava Jato, investigando o pagamento de propina entre os anos de 2010 e 2015 a pessoas ligadas ao MPOG (Foto: Suamy Beydoun/Futura Press/Estadão Conteúdo)

Agentes da Polícia Federal realizam buscas na sede do PT Nacional em São Paulo. A ação faz parte da Operação Custo Brasil, que integra a Lava Jato, investigando o pagamento de propina entre os anos de 2010 e 2015 a pessoas ligadas ao MPOG (Foto: Suamy Beydoun/Futura Press/Estadão Conteúdo)

 

Um mandado de prisão preventiva tem como alvo advogado Guilherme de Salles Gonçalves, que participou da campanha da senadora Gleisi Hoffmann para o Senado, em 2010, e à prefeitura de Curitiba, em 2008. Ele não foi detido porque está no exterior, de acordo com a Polícia Federal.
Carro da PF em Curitiba (Foto: Sérgio Tavares/ G1)

PF cumpriu mandado de busca no apartamento
da senadora Gleisi (Foto: Sérgio Tavares/ G1)

Ao todo, a operação tem 65 mandados judiciais em São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Pernambuco e Distrito Federal.

Do total de mandados nesta quinta, 11 são de prisão preventiva, 40 de busca e apreensão e 14  de condução coercitiva, quando a pessoa é levada a prestar depoimento. Um dos mandados de busca foi cumprido na casa de Bernardo e Gleisi, no bairro Água Verde, em Curitiba.

Em nota, a defesa de Paulo Bernardo disse que a prisão é ilegal e que o ex-ministro não teve envolvimento em eventuais irregularidades no Planejamento (veja nota dos advogados no final desta matéria).

De acordo com investigadores, há indícios de que o MPOG direcionou a contratação de uma empresa de prestação de serviços de tecnologia e informática para a gestão do crédito consignado na folha de pagamento de funcionários públicos federais com bancos privados, interessados na concessão de crédito consignado, de acordo com as investigações.

"Segundo apurou-se, 70% dos valores recebidos por essa empresa eram repassados a pessoas ligadas a funcionários públicos ou agentes públicos com influência no MPOG por meio de outros contratos - fictícios ou simulados", diz a PF.

Os crimes investigados na operação são de tráfico de influência, corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa, com penas de 2 a 12 anos de prisão.

Outros mandados
A PF cumpriu ainda dois mandados em Porto Alegre, um de busca e apreensão e outro de prisão, e também dois mandados de busca e apreensão em Londrina (PR).

No Recife, pelo menos duas pessoas foram presas. Também há três mandados de busca e apreensão na capital pernambucana.

Entre os presos nesta manhã estão Daisson Silva Portanova, advogado no Rio Grande do Sul e Nelson Luiz Oliveira Freitas, ex servidor do Planejamento.
PF realiza ação relacionada a desdobramento da 18ª fase da Lava Jato (Foto: Sergio Tavares/ G1)

PF realiza ação relacionada a desmembramento da 18ª fase da Lava Jato (Foto: Sergio Tavares/ G1)

Histórico
Paulo Bernardo e Gleisi haviam sido indiciados pela PF em março por suspeitas de que dinheiro desviado da Petrobras abasteceu em 2010 a campanha ao Senado da parlamentar.

A PF disse na ocasião ter indícios suficientes contra o ex-ministro e a senadora. As conclusões da Polícia Federal foram anexadas ao inquérito 3979, que tramita no Supremo Tribunal Federal , na Operação Lava Jato.

Um dos delatores da Lava Jato, o doleiro Alberto Youssef, afirmou em sua delação premiada ter recebido determinação do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa para entregar R$ 1 milhão para a campanha de Gleisi Hoffman do Paraná.

Isso teria sido feito em um shopping de Curitiba. A quantia teria sido entregue pessoalmente por Yousseff a um homem. Youssef afirmou que Gleisi sabia de todo o esquema. E que  Paulo Bernardo pediu um "auxílio" na campanha da mulher.
saiba mais

  • Justiça vê indícios contra Gleisi na Lava Jato e envia documentos ao STF

  • Gleisi Hoffmann assume comando de comissão no lugar de Delcídio

  • Em depoimento à PF, Gleisi Hoffmann nega ter recebido propina de Youssef



Depoimentos
Em depoimentos à Polícia Federal em abril do ano passado, a senadora Gleisi Hoffmann e o marido dela e ex-ministro Paulo Bernardo negaram irregularidades na arrecadação para a campanha da petista ao Senado em 2010.

Gleisi e Bernardo negaram, ainda, solicitações de doações ao doleiro Alberto Youssef. À PF, Paulo Bernardo disse que não fez qualquer pedido de "auxílio" a Costa para a campanha de Gleisi.

Questionado sobre as anotações "PB" e "1,0", encontradas na agenda de Paulo Roberto Costa apreendida pela Polícia Federal, o ex-ministro disse não ter conhecimento das anotações.

Em depoimento à Justiça, Costa afirmou que as anotações diziam respeito ao valor de R$ 1 milhão repassados a Paulo Bernardo para a campanha da petista ao Senado.

Em seu depoimento, Gleisi Hoffmann também disse desconhecer as anotações na agenda de Costa. Ela afirmou ainda que o empresário Ernesto Kugler participou de alguns eventos da campanha de 2010, mas que năo atuou na captação de recursos.

Veja íntegra da nota da defesa de Paulo Bernardo:

"O Ministério do Planejamento se limitou a fazer um acordo de cooperação técnica com associações de entidades bancárias, notadamente a ABBC e SINAPP, não havendo qualquer tipo de contrato público, tampouco dispêndios por parte do órgão público federal. Ainda assim, dentro do Ministério do Planejamento, a responsabilidade pelo acordo de cooperação técnica era da Secretaria de Recursos Humanos e, por não envolver gastos, a questão sequer passou pelo aval do Ministro.

Não bastasse isso, o inquérito instaurado para apurar a questão há quase um ano não contou com qualquer diligência, mesmo tendo o Ministro se colocado à disposição por diversas vezes tanto em juízo como no Ministério Público e Polícia Federal.

A defesa não teve acesso à decisão ainda, mas adianta que a prisão é ilegal, pois não preenche os requisitos autorizadores e assim que conhecermos os fundamentos do decreto prisional tomaremos as medidas cabíveis

NOTA DOS ADVOGADOS"

Contatos

Whatsapp: 98-988916524


E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Facebook

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Navigation