terça-feira, 9 de agosto de 2016
wpid-wp-1470750545419-640x640

Parece piada de mau gosto, mas é a pura verdade. Depois de ficar foragida por quase 40 dias, onze dias presa e aproximadamente nove meses afastadas da Prefeitura de Bom Jardim, Lidiane Leite reassumiu o comando do Município.

Lidiane Leite, que ficou conhecida nacionalmente como “prefeita ostentação”, foi reempossada na manhã desta terça-feira (09). O retorno de Lidiane Leita atende a uma decisão do juiz da 2ª Vara da Justiça Federal no Maranhão, José Magno Linhares Moraes, que revogou a medida cautelar que proibia Lidiane Leite de frequentar a sede da Prefeitura de Bom Jardim.

Tudo começou na semana passada, quando o juiz José Jorge Figueiredo dos Anjos, respondendo pela Quarta Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), revogou uma decisão de 1º grau, em mandado de segurança preventivo impetrado pela atual prefeita, Malrinete Gralhada (PMDB), que proibia a Câmara Municipal de Bom Jardim de anular seu próprio ato de cassação de Lidiane.

Depois dessa decisão, a Câmara de Vereadores, através do presidente do Legislativo local, vereador Arão Silva (PTC), invalidou, então, o decreto legislativo que cassava a prefeita, concedido pela própria Câmara.

Entretanto, Lidiane Leite não poderia assumir o cargo, pois existia uma decisão judicial da Justiça Federal que a impedia de entrar na sede da Prefeitura de Bom Jardim. Decisão essa que foi revogada e deixou o caminho livre para o retorno da “prefeita ostentação”.

Lidiane Leite foi acusada de desviar verbas da Educação e foi presa no dia 28 de outubro do ano passado. Ela foi eleita com 50,2% dos votos válidos (9.575), frente ao principal adversário, o médico Dr. Francisco (PMDB), que obteve 48,7% (9.289).

Mas agora está de volta, como se nada tivesse acontecido.

https://www.youtube.com/watch?v=5sWV_X1hXCo

0 comentários:

Postar um comentário

Contatos

Whatsapp: 98-988916524


E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Facebook

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Navigation