sábado, 13 de agosto de 2016
FABIO

Na Sabatina O Estado o vereador Fábio Câmara (PMDB), que vai disputar a Prefeitura de São Luís, falou a respeito do legado deixado pelo seu partido durante as gestões de peemedebistas no governo estadual. Câmara foi o quinto entrevistado. Na segunda­-feira, será a vez da candidata do PSTU, Cláudia Durans.

Fábio Câmara durante a apresentação dos motivos que o levaram a querer ser prefeito de São Luís disse que seu partido, o PMDB, foi o responsável pelas maiores obras que existem na capital maranhense.

Segundo ele, o PMDB tem um legado na cidade. “Basta tirar a Lagoa da Jansen, Tire o aeroporto, o Porto do Itaqui. Tire a Avenida Litorânea e os elevados da cidade. O que resta? Nada. Esse é o legado do PMDB feito durante o tempo que membros peemedebistas comandaram o estado”, afirmou Câmara.

Além dessa área de infraestrutura, o vereador resgatou ainda o legado deixado pelo PMDB na área da Cultura.

Sem ataques – Ao contrário do Fábio Câmara ativo e com tom elevado na tribuna da Câmara dos Vereadores, o candidato Fábio Câmara reduziu seu ritmo e preferiu a apresentação de propostas a apontar falhas na gestão de seu adversário, o prefeito de São Luís Edivaldo Júnior.

Crítico ácido do gestor municipal, Fábio Câmara chegou a garantir durante a entrevista que acreditava no que disse Edivaldo Júnior sobre a implantação do VLT quando este foi entrevistado na Sabatina O Estado.

0 comentários:

Postar um comentário

Contatos

Whatsapp: 98-988916524


E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Facebook

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Navigation