domingo, 3 de julho de 2016


1_acidente_2-301441

Colisão entre caçamba e carro de passeio ocorreu neste domingo (3). Segundo PRF, acidente foi causado por uma caçamba que transportava lixo.




Do G1 MA







Após acidente, carro de passeio ficou completamente destruído (Foto: Camila Aranha/TV Mirante)

Após acidente, carro de passeio ficou completamente destruído (Foto: Camila Aranha/TV Mirante)

Um acidente grave envolvendo uma caçamba e um veículo de passeio registrado por volta das 8h da manhã deste domingo (3), no km 36 da BR-135, em Campo de Peris, em São Luís, deixou oito pessoas mortas. A informação foi confirmada pelo inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Antônio Norberto.

(Correção: as primeiras informações repassadas ao G1 davam conta de que sete pessoas morreram. No entanto, após processo de retirada de corpos, a Polícia Rodoviária Federal voltou atrás e confirmou oito mortes. A informação foi corrigida às 12h12.)
saiba mais

  • Ônibus tomba e deixa dois mortos e 18 feridos na BR-222 no MA

  • Ônibus desgovernado mata adolescente de 12 anos em São Luís



Ainda segundo o inspetor, o carro de passeio seguia rumo à capital quando uma caçamba que transportava lixo e que vinha no sentido contrário entrou na contramão causando o acidente. A caçamba tombou às margens da rodovia e o veículo de passeio ficou destruído.

A inspetora Valdirene, da Polícia Rodoviária Federal, confirmou que todos os oito passageiros do corsa classic, de placa OJI-5012, não resistiram.

“Nós só podemos confirmar sobre as vítimas. O que nós temos é que todos os passageiros do veículo de passeio morreram. Agora nós vamos cuidar da retirada dos corpos. Estamos esperando uma equipe do IML e do Icrim para realizar uma perícia técnica”, afirmou.

Segundo familiares, os ocupantes do veículo vinham do município Humberto de Campos para São Luís para realizar alguns exames médicos. Equipes da PRF estão no local para ajudar a organizar o fluxo de veículos.

O motorista do caminhão fugiu do local. A PRF também não confirma a procedência da caçamba que transportava lixo.
Segundo PRF, acidente foi ocasionado por uma caçamba que trasnportava lixo (Foto: Reinaldo Luzzan)

Segundo PRF, acidente foi ocasionado por uma caçamba que transportava lixo (Foto: Reinaldo Luzzan)


ocileia

A população de Raposa se manifestou de maneira negativa à divulgação do resultado da pesquisa Escutec divulgada, na quinta-feira (30), pelo grupo Laci, apresentando sondagem eleitoral realizada em cima de trezentos entrevistados.

A pesquisa, recheada de dados contraditórios, dizem os internautas raposenses, despertou a atenção dos eleitores, que questionaram, no facebook e nos grupos de whatsapp, dados divergentes.

A pesquisa Escutec diz que Talita Laci apresenta a segunda maior rejeição no município (23%), mas, estranhamente, na mesma pesquisa, Talita aparece com nove pontos na frente de Ocileia. A pergunta que o blog faz é: Como uma candidata com altíssimo índice de rejeição pode aparecer com 9 pontos a frente de Ocileia, que tem a menor rejeição em Raposa? Perguntar na ofende!

Aliados de Talita Laci afirmam que a comunista venceria a eleição, mesmo no caso da união de Ocileia, com Eudes Barros, que está em terceiro lugar. No entanto, qualquer um que saiba somar, descobre que, segundo a própria pesquisa Escutec, Ocileia e Eudes Barros, juntos, somam mais de 46% das intenções de votos, contra os 34% de Talita Laci. 46% é, certamente, bem mais que os supostos 34% de Talita.

AVALIANDO A PESQUISA

Mesmo sabendo que a população discorda totalmente dos números apresentados pela pesquisa Escutec, vamos fazer algumas considerações.

A tal pesquisa, mesmo com resultados duvidosos, mostra que a pré-candidata do PRB, Ocileia Fernandes, está cheia de motivos para comemorar e, desde já, caminha para ser a próxima prefeita da Raposa.

A pesquisa, que foi protocolada no Tribunal Superior Eleitoral com o número 01837/2016, apresenta margem de erro de 5 pontos percentuais para mais ou para menos.

Essa margem de erro mostra que a diferença real da suposta primeira colocada (Talita), para a suposta segunda colocada (Ocileia), pode ser tecnicamente bem menor do que se divulga na internet. Isso mostra, de cara, que mesmo discordando dos números, ainda assim, Ocileia pode comemorar.

OCILEIA TEM A A MENOR REJEIÇÃO

Outro aspecto extremamente animador para Ocileia, é o fato ter aparecido com o menor índice de rejeição. A rejeição de Ocileia é de apenas 13,3%, contra as robustas rejeições de Eudes Barros (29%) e Talita Laci (23,7%).

Quem tem a menor rejeição, naturalmente, está apto a crescer com maior facilidade, no decorrer da campanha, conquistando os votos dos indecisos, que somam 40,3%, na espontânea, segundo a própria pesquisa Escutec.

O QUE É REJEIÇÃO?

As pesquisas eleitorais revelam corriqueiramente a rejeição dos candidatos. A tese simplória é: quanto mais um candidato é rejeitado, menor são as suas chances de vencer a eleição.

Geralmente, os institutos de pesquisas questionam o eleitor se ele votaria com certeza ou de maneira nenhuma em dado candidato. Se a resposta for, por exemplo, um percentual consideravelmente alto de pessoas que não votam no candidato X, políticos e publicitários afirmam logo que ele não tem chances de vencer a disputa eleitoral.

A união Ocileia e Eudes decide a eleição de imediato

Outro aspecto ficou muito evidente com a divulgação da pesquisa Escutec, foi a derrota de Talita Laci, de imediato, caso ocorra a união de Ocileia (PRB), como terceiro colocado, Eudes Barros (PR).

A Escutec diz que Ocileia pontua com 25,7% e o terceiro colocado é Eudes Barros com 21,7%. Somando os percentuais de Ocileia com os de Eudes Barros, obtemos um cenário com mais de 46% das intenções de votos, contra os 34% de Talita Laci. Ou seja: a eleição da Raposa pode ser ganha por Ocileia, ainda na pré-campanha, se receber a adesão de Eudes Barros.



[caption id="attachment_288" align="alignnone" width="700"]Na verdade pagamos R$400,00 (quatrocentos reais) pelo abastecimento de água de acarro pipa. Moradores pagaram R$400,00 (quatrocentos reais) pelo abastecimento d`água, de carro pipa.[/caption]

Moradores do bairro Vila Maresia no município de Raposa, usam as redes sociais para denunciar que estão a mais de uma semana sem abastecimento d`água nas suas casas.

Segundo informações dos moradores, "a bomba do principal poço do bairro Vila Maresia queimou por falta de manutenção."

"Estamos há uma semana sem água na Vila Maresia, todos os dias pessoas carregam água em baldes, na cabeça ou em carro de mão. Hoje, porém, sábado, fomos obrigados, diante dessa calamidade, a contratar um carro pipa, nos juntamos e pagamos do nosso próprio bolso; mesmo vivendo em uma crise dessa, infelizmente, temos que comprar água, algo que é indispensável à sobrevivência humana, tudo por causa de uma administração infame, que para aparecer diante da mídia diz que deu R$120.000,00(cento e vinte mil reais) para uma festa do pescador, e para o povo não há perfuração de poços e nem mesmo se preocupam em consertar as bombas. Cada um de nós pagou R$ 25,00 por cada 1.000 litros de água, sendo que o carro comporta 16.000 Litros. Na verdade pagamos R$400,00 (quatrocentos reais) pelo abastecimento de água, de carro pipa," denuncia Jovecir Silva morador daquele bairro.

"É impressionante esse descaso que Raposa vive, estamos em completo abandono," desabafou.

"Diz que é bomba quebrada, mas durante uma semana? Com tanto dinheiro pra festa do pescador, quando já estávamos com esse problema?"- foram as perguntas deixada pelos moradores do bairro Maresia para o atual gestor do município de Raposa.

Com a palavra o prefeito Clodomir Santos.

7a22fb36-d2ea-4428-9ff0-0f4969f4bce7

Pré candidatos prestigiam brincadeiras juninas no Arraial do Xibel no Jussara em Raposa.
A pré-candidata a prefeita Ocileia Fernandes(PRB) e o pré-candidato a vereador Udes Filho(PRB) prestigiaram as quadrilhas e danças portuguesas no encerramento do arraial do Xibel no Jussara na noite deste sábado(02).
O presidente de honra do PRB, Alisson Penha, também prestigiou o evento que reuniu muita gente no bairro Jussara. Lugar esquecido pela atual administração.
Segundo os organizadores, "o evento já está incluído no calendário de suas atividades, para reunir quadrilhas, danças portuguesas e bumba meu boi para apresentações culturais no próximo ano.

39d9db9b-7939-48d8-919f-1ad357cd0117

3a512cb2-0067-47eb-953c-bf352eb70d3a

ace80059-0239-4968-8571-7794888d7b1a

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Contatos

Whatsapp: 98-988916524


E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Facebook

Navigation