sexta-feira, 9 de setembro de 2016
precandidatos-2

Nesta sexta-feira, 9, o Data M, instituto que possui o melhor histórico de acertos em eleições no Maranhão, divulgou mais uma pesquisa de intenção de voto para a corrida eleitoral em São Luís. O levantamento confirmou a tendência registrada nas últimas pesquisas realizadas na capital: Edivaldo lidera, Wellington é o segundo colocado e Eliziane Gama cai “drasticamente”.

A vantagem de Edivaldo é folgada em todos os cenários avaliados. Na pesquisa espontânea, o candidato pedetista abriu 15,9 pontos à frente do segundo colocado. Edivaldo Holanda Junior aparece com 34,8% das intenções de voto, seguido à distância por Wellington do Curso com 18,9%, Eliziane Gama com 6,1%, Eduardo Braide com 2,5%, Fabio Câmara com 1,7%, Rose Sales com 1,4%, Cláudia Durans 1,1%, Zé Luís Lago com 0,1%, e por último Valdeny com 0,0%. Não sabem ou não responderam 23,6% e os que não irão votar em prefeito somam 9,9%.

Na pesquisa estimulada, em que são apresentados os nomes dos candidatos, Edivaldo Holanda Júnior (PDT) aparece com 39,6% das intenções de voto, seguido de Wellington (PP) com 23,7%, Eliziane Gama (PPS) com 7,9%, Eduardo Braide (PMN) com 3,0%, Fabio Câmara (PMDB) com 2,2%, Rose Sales (PMB) com 1,8%, Cláudia Durans (PSTU) com 0,9%, Zé Luis Lago (PPL) com 0,1% e Valdeny Barros (PSOL) não pontuou. Estando ainda indecisos 8,6%, e os que responderam que não votariam em nenhum dos candidatos somam 12,3%.

estimulada-1

Na simulação de votos válidos – quando são descartados os votos nulos, brancos e os eleitores indecisos – Edivaldo venceria a eleição no primeiro turno, com 50,0% dos votos, contra 29,9% de Wellington, 10,0% de Eliziane Gama, 3,8% de Eduardo Braide, 2,8% de Fábio Câmara, 2,3% de Rose Sales, 1,1% de Cláudia Durans, 0,1% de Zé Luís Lago e 0,0% de Valdeny Barros.

estimulada-2

Os entrevistados também deram sua intenção de voto em três cenários de segundo turno. Em todas elas, Edivaldo aparece em primeiro lugar. Em uma possível disputa com a candidata do PPS, Eliziane Gama, Edivaldo seria reeleito com 50,6% das intenções de voto, contra 21,5% da adversária Eliziane Gama.

Num hipotético segundo turno entre Edivaldo e Wellington, Edivaldo também sairia vitorioso com 45,0% das intenções de voto, contra 35,9% de Wellington.

Em uma possível disputa de segundo turno entre Eliziane Gama e Wellington do Curso, Wellington aparece com 51,1% das intenções de voto contra 19,0% de Eliziane.

segundo-turno-1

segundo-turno-2

No quesito rejeição, a candidata Eliziane lidera pela primeira vez com 26,6%, seguida de Edivaldo com 21,6%, Wellington 5,9%, Zé Luís Lago 5,5%, Fábio Câmara 5,2%, Cláudia Durans 4,0%, Rose Sales 2,7%, Eduardo Braide 2,6%, Valdeny Barros 1,6%.

O levantamento, encomendado pela TV Difusora e Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado do Maranhão/ Sinduscon, entrevistou 1.000 eleitores, entre os dias 05 e 07 de setembro, e foi registrado no TRE sob o protocolo MA-03852/2016. A margem de erro da pesquisa é de 3,1% para mais ou para menos, sendo 95% de confiabilidade.


greve

Segundo os bancários, as negociações devem continuar. A paralisação entrou em seu quarto dia nesta sexta.






A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) propôs um novo reajuste de 7% aos bancários nesta sexta-feira (9), informou a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT). Segundo o sindicato, as negociações devem continuar. Os bancários querem reposição da inflação do período mais 5% de aumento real.

Foi proposto ainda aumento de 7% na PLR e nos auxílios refeição, alimentação, creche, além de abono de R$ 3,3 mil. A reunião de negociação aconteceu nesta sexta em São Paulo.

A greve dos bancários entrou em seu quarto dia nesta sexta. A paralisação começou na terça-feira (6) por tempo indeterminado.

Até o balanço divulgado na quinta-feira (8) pela Contraf, a greve havia fechado 8.454 agências e 38 centros administrativos. De acordo com o Banco Central, o país tem 22.676 agências bancárias (dado de julho).

A Fenaban não divulgou balanço de agências fechadas e afirmou apenas que a população tem à sua disposição uma série de canais alternativos para realizar transações financeiras. Veja como pagar contas durante a greve dos bancários.

Reivindicações
A Fenaban disse em nota que "o modelo de aumento composto por abono e reajuste sobre o salário é o mais adequado para o atual momento de transição na economia brasileira, de inflação alta para uma inflação mais baixa".

A categoria havia rejeitado a primeira proposta da Fenaban - de reajuste de 6,5% sobre os salários, a PLR e os auxílios refeição, alimentação, creche, e abono de R$ 3 mil. Os sindicatos alegam que a oferta ficou abaixo da inflação projetada em 9,57% para agosto deste ano e representa perdas de 2,8% para o bolso de cada bancário.

Os bancários querem reposição da inflação do período mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial - no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$ 3.940,24 em junho) -, PLR de três salários mais R$ 8.317,90, além de outras reivindicações, como melhores condições de trabalho.

Segundo a Fenaban, a proposta representa um aumento, na remuneração, de 15% para os empregados com salário de R$ 2,7 mil, por exemplo. Para quem ganha R$ 4 mil, o aumento de remuneração seria de 12,3%; e, para salários de R$ 5 mil, equivaleria a 11,1%. O piso salarial para a função de caixa, com o reajuste, passaria a R$ 2.842,96, por jornada de 6 horas/dia.

Atendimento
Em nota, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) lembra que os clientes podem usar os caixas eletrônicos para agendamento e pagamento de contas (desde que não vencidas), saques, depósitos, emissão de folhas de cheques, transferências e saques de benefícios sociais.

Nos correspondentes bancários (postos dos Correios, casas lotéricas e supermercados), é possível também pagar contas e faturas de concessionárias de serviços públicos, sacar dinheiro e benefícios e fazer depósitos, entre outros serviços.

Greve passada
A última paralisação dos bancários ocorreu em outubro do ano passado e teve duração de 21 dias, com agências de bancos públicos e privados fechadas em 24 estados e do Distrito Federal. Na ocasião, a Fenaban propôs reajuste de 10%, em resposta à reivindicação de 16% da categoria.

[caption id="attachment_1705" align="alignnone" width="616"]Udes Filho representa Ocileia no Festejo da Igreja de Nossa Senhora de Nazaré Udes Filho representa Ocileia no Festejo da Igreja de Nossa Senhora de Nazaré[/caption]

O candidato a vereador Udes Filho 10000, representando a candidata à prefeita de Raposa, Ocileia 10, participou, na quarta-feira (7), do Festejo da Igreja de Nossa Senhora de Nazaré, localizada na Rua 7 de setembro, na Vila Bom Viver.

Este ano, o tema do Festejo foi: Maria Modelo de Misericórdia e Exemplo de Fé.

O evento teve inicio no dia, 3, sendo encerrado na noite do dia 7 de setembro, com um show do cantor católico e apresentador de televisão, Clay Viana. Udes Filho quer trabalhar para celebração de parceria com escolas profissionalizantes para a capacitação dos jovens da Raposa.

[gallery ids="1712,1705,1711,1709,1710"]
"É neste domingo (11/09) o grande bandeiraço do 10 nos bairros: Alto do Farol, Boa Esperança e Araçagy. Tenho a honra de convidar você e sua família, traga a sua bandeira e sua alegria!
Concentração: Comitê Central do 10 a partir das 15:00 horas!
Chegou a hora Raposa, vamos mostrar a força do povo!
Vamos juntos construir uma nova história para o nosso município!" - Ocileia Fernandes - #SomosTodos10 #Raposa10
#Verde&Amarelo


14264847_591857124330435_1779252553886424327_n

Contatos

Whatsapp: 98-988916524


E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Facebook

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Navigation