sábado, 8 de outubro de 2016
eduardobraide-3

O candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide (PMN), fez uma caminhada na manhã deste sábado (8) em diversos bairros da Zona Rural de São Luís. Acompanhado de lideranças comunitárias, da esposa Graziela Braide e do candidato a vice-prefeito, Gilmar dos Anjos, o candidato agradeceu e recebeu apoio da comunidade.

“Fico muito honrado em receber esse apoio mais uma vez. É o reconhecimento do nosso projeto para São Luís. Os bairros precisam ser efetivamente integrados às melhorias da cidade”, destacou.

Durante a caminhada pelo Cruzeiro Santa Bárbara, Vila Magril, Vila Vitória, Brasília, São Domingos e São Jerônimo, Eduardo Braide ouviu também reclamações sobre a situação no bairro. “Aqui é só lama ou poeira. Não temos paradas de ônibus e a falta iluminação favorece os assaltos na nossa comunidade” afirmou a dona-de-casa Maria Inácia Sousa.
EduardoBraide2

Braide reafirmou seu compromisso com as necessidades da Zona Rural e de toda São Luís




Na Rua Menino Jesus, na Vila Vitória, os próprios moradores taparam os buracos e asfaltaram parte da via. “A própria comunidade asfaltou a rua e tapou os buracos. Votei nele (Eduardo Braide) no primeiro turno e vou votar no segundo turno. Chega de ser enganada, queremos Eduardo Braide para prefeito!”, destacou a aposentada Maria José Gama.

No encerramento da caminhada, Eduardo Braide reafirmou seu compromisso com as necessidades da Zona Rural e de toda a cidade de São Luís. “O povo escolheu e hoje estamos na disputa neste segundo turno. O problema de São Luís é a falta de gestão. Quero dizer a vocês que fico muito feliz e convicto de que se vocês e Deus me colocarem prefeito de nossa cidade, São Luís será muito melhor de se viver”, finalizou.

Fotos: Milena Cutrim
indice

O Monte Castelo fez festa na transformação do comitê de campanha da vereadora eleita Concita Primo (PEN), esposa do ex-deputado Jota Pinto, em mais uma base de apoio da candidatura do representante da coligação Pra Seguir em Frente, prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT).

O objetivo do ato político é o de fortalecer o engajamento da militância da legenda na reeleição de Edivaldo.

“Agradeço mais este ‘exército’ que se une aos demais partidos da coligação ao nosso projeto de reeleição, que tem como finalidade continuar os avanços nas políticas públicas e de trabalhar por uma São Luís melhor. Unidos seremos vitoriosos no dia 30 de outubro”, afirmou Edivaldo

O presidente do PEN, ex-deputado Jota Pinto, ressaltou a importância da reeleição do prefeito Edivaldo pelas benfeitorias que têm realizado na cidade ao longo de sua gestão. “Além de ser um político sério e que aglutina os partidos em torno de seu nome num mesmo propósito: melhorar a qualidade vida dos ludovicenses”, acrescentou.

indice-jpgi

Segundo a vereadora eleita pelo PEN, Concita Pinto, que obteve 4.426 votos nas urnas, a votação expressiva (239.737 votos) no primeiro turno do prefeito Edivaldo mostra que a polução quer sua reeleição na Prefeitura de São Luís. “Agora com força total neste segundo turno confirmaremos sua vitória.

seletivo


Seduc divulga resultado preliminar para contratações professores no MA.


Ao todo serão contratados 1.400 profissionais para três áreas da educação.
A partir de segunda (10), os candidatos poderão interpor recursos.





O resultado preliminar para contratação temporária de professores foi divulga nessa sexta-feira (7), pela Secretaria de Estado da Educação do Maranhão (Seduc). Os candidatos concorrem a 1.400 vagas além de cadastro de reserva. O resultado individual pode ser consultado pelo endereço http://sistemas.educacao.ma.gov.br/seletivoseduc/.

Os professores serão contratados para trabalharem na Educação do Campo (300 vagas); Ensino Médio Regular e Quilombola (800 vagas) e nas escolas Indígenas (300 vagas) das Unidades Regionais de Educação de Barra do Corda, Imperatriz, Santa Inês e Zé Doca.

De segunda (10) à quarta (12), os candidatos poderão interpor recursos, conforme explica o edital. Esta opção é possível apenas pela internet, por meio do site da Seduc: www.educacao.ma.gov.br. Pelo mesmo endereço é possível conferir a relação nominal do resultado preliminar.


estevao

Os bastidores da eleição em 2º turno de São Luís continuam bastante movimentados, demonstrando que o clima ainda deve esquentar bastante.

No inicio da manhã de hoje, sábado (8), o titular deste blog ouviu declarações bombásticas do vereador Estevão Aragão (PSB), reeleito para o segundo mandato. PSB é o partido do senador Roberto Rocha, que compunha a base do governo Holanda Jr, mas rompeu com o prefeito para indicar o vice na chapa de Wellington do Curso (PP).

Questionado pelo Blog do Udes Filho, se apoiaria a reeleição do prefeito Edivaldo Holanda Jr (PDT), Estevão Aragão respondeu: “Se eu pudesse tirar 100 mil votos dele, eu faria qualquer coisa […] Queria ser o responsável pela queda dele, só isso […] Espero que ele não se reeleja e suma da política, não é lugar para ele […] Infelizmente, a política é terreno fértil para vicejar canalhas como ele”.

Diante das declarações, digamos, “pesadas” do parlamentar, o questionei sobre a possibilidade de vir a apoiar Eduardo Braide, quando obtive a seguinte resposta:“Nunca fui procurado pelo Braide e como a minha mãe sempre diz: “Oferecido não tem valor”.

Pelo que entendi, há sinais claros de certa inclinação de Estevão a apoiar a candidatura de Braide, no entanto, está faltando um diálogo, que necessariamente deve partir do candidato do PMN.

Se liga, Eduardo Braide!
edivaldoebraide

O juiz Manoel Matos de Araújo Chaves, titular da 91ª zona eleitoral de São Luís, homologou na tarde desta sexta-feira, 7 de outubro, acordo apresentado pela Coligação “Pra seguir em Frente” e pelo Partido da Mobilização Nacional para que a propaganda no rádio e na televisão tenha apenas 10 minutos, sendo 5 minutos para cada um, relativa ao 2º turno destas eleições 2016.

Já o início da propaganda eleitoral no rádio e televisão em São Luís permanece para o dia 11 de outubro, encerrando no dia 28, conforme acertado em audiência pública no Fórum Eleitoral presidida pelo juiz Adelvam Pereira (titular da 2ª zona) realizada no dia 6 de outubro.

Na homologação do acordo, o magistrado assinalou: “tem se observado, nos últimos dias, em diversas capitais no Brasil em que haverá segundo turno que a legislação eleitoral talvez tenha superestimado o tempo da propaganda gratuita no rádio e na televisão no segundo turno das eleições municipais de 2016; seja com relação à imposição dos limites de gastos para o segundo turno (30% do teto determinado para o primeiro turno), seja com relação à qualidade da campanha propriamente dita. Nessa perspectiva, alguns juízos eleitorais, tais como o de Recife e Cuiabá, têm admitido que os candidatos, partidos e coligações, em comum acordo, solicitem a redução, pela metade, do tempo disponível, de modo a adequar os custos das campanhas e os programas a essa realidade. O pedido formulado, portanto, não nos parece causar nenhum prejuízo ao processo eleitoral ou ao eleitor; do contrário, a redução do tempo dos programas de rádio e de televisão ensejará a diminuição dos custos de campanha, tão perseguida pela atual legislação, e possibilitará a maior concentração e qualificação do debate travado entre os candidatos”

A propaganda vai ao ar no rádio às 7h e 12h e na televisão às 13h e 20h30, onde os candidatos Edivaldo Holanda Júnior e Eduardo Braide terão 5 minutos em cada horário para expor suas idéias. No mesmo período, de 11 a 28 de outubro, os candidatos terão 35 minutos diários cada um divididos em tempos de 30 e 60 segundos para veicularem inserções que começam às 5h e encerram às 24h.
[caption id="attachment_2152" align="alignnone" width="600"]Candidato Eduardo Braide (PMN) faz caminhada na Ilhinha e recebe apoio da comunidade Candidato Eduardo Braide (PMN) faz caminhada na Ilhinha e recebe apoio da comunidade[/caption]

O candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide (PMN), voltou aos bairros do São Francisco e Ilhinha, nesta sexta-feira (7), para agradecer o apoio recebido pelas duas comunidades, onde realizou uma caminhada no primeiro turno das eleições.

“Hoje, aqui, o sentimento é de gratidão. Estivemos aqui no primeiro turno, pedindo apoio, apresentando nosso plano de governo. E fomos muito bem recebidos. Hoje, volto à Ilhinha e ao São Francisco e tenho um orgulho imenso de ver tanta gente com o 33 no peito!”, afirmou Eduardo Braide.

Acompanhado de lideranças da comunidade, vereadores, correligionários e da esposa Graziela Braide, o candidato do PMN recebeu o apoio do seu colega da Assembleia, o deputado estadual Ricardo Rios (PTdoB).

“Eu conheço Eduardo desde pequeno, trabalho junto com ele na Assembleia, conheço o trabalho dele como deputado e sei que ele é o melhor pra São Luís”, declarou o parlamentar.

Durante a caminhada, uma das reivindicações da comunidade foi a falta do fardamento escolar. Em seu Plano de Governo, Eduardo Braide propõe o fardamento escolar gratuito para que as famílias que tenham filhos em escolas públicas, possam escolher em qual estabelecimento do ramo de malharia e afins, querem adquirir o produto e dessa maneira gerando emprego e renda local propiciados pelas vendas. O acesso ao fardamento escolar vai se dar através de um Cartão Fardamento Escolar com o valor creditado.

“Eu achei maravilhosa essa ideia. O fardamento das crianças não é feito nem em São Luís, se pudéssemos fazer e comercializar as fardas, seria muito bom para nós. Aumentaria nossa renda. Ele é muito inteligente, ele pensa no povo! Por isso que ele vai ser o próximo prefeito de São Luís”, afirmou a costureira, Maria José França.

Foto: Milena Cutrim
caminhadacamboa

Uma multidão de pessoas, formadas por moradores e simpatizantes da reeleição do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior, participou na tarde desta sexta-feira (7), no bairro da Camboa, da caminhada “Todos com Edivaldo”. Em meio à empolgação e a festa, o candidato da coligação “Pra Seguir em Frente” (PDT, PCdoB, DEM, PROS PTB, PSC, PRB, PTC, PEN, PR, PT e PSL) agradeceu a entusiasmada recepção popular.

Ao lado do vice na chapa, Júlio Pinheiro (PCdoB), o prefeito e candidato à reeleição chegou a concentração por volta das 17h, Rua Nova, sendo aguardado por muitos moradores. A “Charanga 12” animava os populares que iam chegando de vários locais do bairro da Camboa.

“Vim até aqui a porta de minha casa para ver o prefeito Edivaldo e lhe agradecer pelo que tem feito no nosso bairro, pela cidade de São Luís”, disse Domingos Ribeiro Araújo, morador da Segunda Travessa da Rua Nova, que acrescentou utilizar a Academia da Saúde da Praça da Camboa. “Gostei do trabalho dele. Nosso voto é 12, pra dar continuidade ao que começou na Camboa”, completou Marta Ribeiro.

Abraçado, beijado e solicitado para tirar selfies por onde passava, Edivaldo retribuía o carinho dos moradores, comerciantes e das pessoas que prestigiaram a caminhada. “São essas manifestações de apoio e de carinho que me fazem continuar trabalhando por uma São Luís melhor. Por isso preciso do seu voto”, disse o candidato.

Também prestigiaram, o ato de campanha, os vereadores eleitos Marcelo Poeta (PCdoB), Concita Pinto (PEN), Raimundo Penha (PDT), Pavão Filho (PDT); o deputado estadual Bira do Pindaré (PSB). Além de lideranças comunitárias da Camboa, Liberdade e Centro.

“Edivaldo tem experiência para governar São Luís e mostrou avanços em sua gestão apesar da crise e das adversidades. Vamos todos lutar, pedindo votos até a sua vitória”, salientou Concita Pinto, eleita vereadora com 4.4216 votos.


caixa_wig33lu

Decisão foi tomada um dia depois dos demais bancos voltarem ao normal. Assembleia foi realizada, na noite desta sexta, na sede do sindicato.




Os servidores da Caixa Econômica Federal do Maranhão decidiram acabar com o movimento de greve e a partir de segunda-feira as agências voltam a funcionar normalmente. A informação foi confirmada pelo Sindicato dos Bancários do Maranhão (SEEB) após assembleia realizada na noite desta sexta-feira (7), em São Luís. A greve começou no dia 6 de setembro.

A decisão foi tomada um dia depois dos demais bancos voltarem a atender normalmente os consumidores. Nas assembleias de quinta-feira, em São Luís e Imperatriz, mesmo insatisfeitos com a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), os bancários do Maranhão retomaram as atividades.

De acordo com o sindicato, a proposta aceita pelos funcionários da Caixa foi à mesma apresenta na última quarta-feira pelos banqueiros e aceita pelos demais integrantes da categoria: reajuste de 8% em 2016 e abono de R$ 3.500. Esta foi à terceira proposta lançada para apreciação dos bancários. A proposta inclui ainda aumento de 10% no vale refeição e no auxílio-creche-babá, além de 15% no vale alimentação. Outro compromisso acordado dos bancos foi em garantir aumento real de 1% em todos os salários e demais verbas. Este acordo tem validade de dois anos.

Transtornos

Muitas pessoas voltaram aos bancos nesta sexta para resolver diversas pendências e o movimento intenso criou grandes filas, causando inúmeras reclamações. Algumas pessoas não sabiam que a Caixa ainda estava em greve e o transtorno foi maior ainda.

"Vim achando que ia conseguir resolver meu problema, mas aqui ainda está em greve. Desculpa, mas isso é uma falta de respeito com a população", reclamou o técnico em radiologia Edmilson Moraes.

Em outro caso, dessa vez em uma agência do Banco do Brasil. O universitário Moisés Dias, relatou que tentou fazer um depósito no caixa eletrônico, mas não conseguiu retirar o comprovante. "O problema é que eu vim fazer um depósito. Coloquei o envelope e na hora, o comprovante não saiu. Fui falar com o atendente e ele disse que vou ter que vir aqui amanhã para receber isso", explicou Moisés.

Maior paralisação

Os funcionários da Caixa chegaram ao 32º dia de paralisação, contudo a maior parte das agências foi até o 31º dia. Durante este período, as agências dos bancos públicos em São Luís aderiram 100% ao movimento. As agências da iniciativa privada tiveram adesão parcial. Esta foi a maior greve dos bancários já registrada.

A última paralisação dos bancários ocorreu em outubro de 2015, com duração de 21 dias. À época, a maioria da categoria aceitou a proposta apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) de reajuste salarial de 10%, aplicáveis aos salários, benefícios e participação nos lucros, além de correção de 14% no vale-refeição e no vale-alimentação. A greve mais longa havia sido a de 2004, quando a categoria paralisou os serviços por 30 dias.

Contatos

Whatsapp: 98-988916524


E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Facebook

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Navigation