domingo, 30 de outubro de 2016
O advogado Felipe Franco, que trabalha para o PMN nas eleições em São Luís, conversou há pouco com o Blog do Gilberto Léda e comentou a notícia que foi espalhada na cidade logo nas primeiras horas de hoje (30) dando conta de que ele teria sido preso.
A informação chegou a ser confirmada por um tenente-coronel da Política Militar.
Por telefone, Franco disse que “isso é conversa” e explicou que uma foto em que ele aparece conversando com PMs foi feita quando ele tentava resolver questões referente à padronização de crachás de fiscais, numa seção eleitoral na Ufma.
“Estávamos em uma seção e os nosso fiscais estavam sendo impedidos de entrar por conta de padronização de crachás e eu fui lá para resolver a situação. Eu estava conversando com a PM normalmente, tanto que os fiscais entraram, eles estão trabalhando normalmente, e tiraram uma foto minha dizendo que eu havia sido preso. mais uma mentira para tentar nos atacar”, declarou.
  • Candidatos Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e Eduardo Braide (PMN) disputam o segundo turno
    Eleitores de São Luís voltam às urnas neste domingo, 30 de outubro, para, no 2º turno, decidirem quem será o prefeito a partir do dia 1º de janeiro de 2017. Concorrem à vaga Edvaldo Holanda Júnior, candidato à reeleição pelo PDT, e Eduardo Braide, do PMN. São 659 mil 778 eleitores aptos a votar. Deste total, 298 mil 250 são homens e 361 mil 529 mulheres que votarão distribuídos em 260 locais de votação, onde funcionam 1.968 seções e irão trabalhar 7.872 mesários.
    Na manhã deste sábado (29), duas urnas foram sorteadas para passarem por auditoria durante a votação do domingo. A primeira é da seção 337 da 2ª zona eleitoral, que fica no Centro de Ensino Médio Fernando Perdigão do bairro Monte Castelo; e a segunda é a seção 271 da 76ª zona, que fica no Colégio Dom Bosco do bairro Renascença.
    Em seguida, o desembargador Lourival Serejo, presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, oficializou o sistema de gerenciamento do 2º turno, procedimento que garante o sigilo do voto e a segurança do resultado do pleito, em cerimônia que demonstra o compromisso da Justiça Eleitoral com a realização de eleições limpas e transparentes.
    O segundo turno das eleições só ocorre nos municípios com mais de 200 mil eleitores, quando nenhum candidato obtém a maioria dos votos válidos (50% mais 1 voto) no primeiro turno. Haverá segunda eleição em 18 capitais e em outros 39 municípios de 11 estados.
    Foto: O Estado

Contatos

Whatsapp: 98-988916524


E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Facebook

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Navigation