segunda-feira, 14 de novembro de 2016
Decretada prisão preventiva de Lucas Porto

Durante a audiência de custódia, a defesa do acusado ainda tentou o relaxamento da prisão em flagrante, sob a alegação de que não foram anexadas nos autos as imagens do circuito de TV do condomínio onde morava a vítima.
As gravações apontam que Porto passou de 30 a 40 minutos no local do crime e depois saiu de lá correndo (reveja).
Apesar da alegação do advogado de defesa, a magistrada manteve a prisão, sob o argumento de que o próprio suspeito confirmou ter estado no local do crime.
“O autuado em seu interrogatório ma Delegacia de Polícia confirmou que estivera no apartamento, local onde ocorreu o crime e lá permaneceu por cerca de 30 minutos”, destacou.
Para a juíza, a relação de confiança entre vítima e suspeito e a possibilidade de que ele, sendo parente de testemunhas, possa intimidá-las e atrapalhar a instrução processual também reforçam a necessidade da manutenção da prisão. Do blog do  
Veja abaixo o despacho.
img-20161114-wa0558img-20161114-wa0559


RESTAURANTE TIA TEREZA ” Venha provar essas delicias “

Anchova na Raposa, Tarioba na Raposa, Camarão na Raposa, Isca de peixe na Raposa, Carne de sol trinchada na Raposa, Caranguejo toc toc na Raposa, Peixe pedra na Raposa, Peixada na Raposa, Torta de Sururu na Raposa, Galinha caipira na Raposa

Culinária Típica

Contato

Rua do Coqueiro. 93 - Bairro Garrancho - Raposa/MA
Raposa, Maranhão 65138000
Brasil
Preso hoje (14) como “único suspeito” do assassinato da jovem Mariana Costa (saiba mais), o empresário Lucas Porto, cunhado da vítima, ainda foi ao Hospital São Domingos, consolar a família.
Segundo relatos da polícia, após a descoberta do corpo de Mariana sobre a cama, ela ainda foi levada ao hospital porque acreditava-se que ela poderia estar viva.
Para o local dirigiram-se alguns familiares. A primeira a entrar na “grande sala” de emergência da unidade foi a irmã, Carolina Costa – com quem Lucas Porto é casado.
Muito abalada, ela foi, pouco tempo depois, consolada pelo marido, horas antes de ele ser preso em flagrante sob forte suspeita de ser o assassino.
Ainda no hospital, ele esteve, também, com o marido da vítima, Marcos Renato – àquela altura apontado por alguns como possível suspeito.
Quem presenciou as cenas, diz que Lucas Porto foi ao local com camisa de mangas compridas. Provavelmente para encobrir as marcas de arranhões que a polícia diz ter encontrado nos braços dele.
Culto
Lucas Porto também esteve com Mariana Costa nos seus últimos momentos em vida fazendo uma das coisas que ela mais gostava: congregar na Igreja Batista do Olho d’Água.
Também frequentador da IBOA, Porto esteve com a vítima e as filhas dos dois, além da mãe dela, comemorando os 6 anos da igreja. Ele até postou uma foto do momento no Instagram, com emojis de família e de prece. Do blog do 
porto
Um detento mandou construir 112 quitinetes dentro da Penitenciária Odenir Guimarães, no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na capital de Goiás, gastando aproximadamente R$ 200 mil na obra. A construção, segundo o jornal O Dia, foi iniciada no fim de 2015 e estava quase terminada. Porém, o “motel” foi descoberto quando estava em fase final de acabamento.
O “dono do empreendimento”, o traficante preso Thiago César de Souza, de 32 anos, esperava arrecadar R$ 120 mil por mês com o “aluguel” das quitinetes íntimas. A obra em si na verdade custou R$ 120 mil, mas o traficante teve que gastar mais R$ 70 com o pagamento de propina ao diretor do presídio na época que a construção começou, Marcos Vinícius Alves. Ele está afastado desde o fim do ano passado.
A DESCOBERTA
Foi a Superintendência de Administração Penitenciária que descobriu o motel, ordenando em seguida a sua destruição.
Prefeitos e prefeitas maranhenses estarão reunidos esta semana, em São Luís, discutindo e recebendo informações importantes sobre o processo de transição municipal e medidas a serem adotadas nos primeiros meses de governo.
Trata-se do seminário “Novos Gestores – Transição Municipal e Início de Governo”, inciativa promovida pela Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM) e que acontece na quinta-feira (17) e sexta-feira (18) no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA).
A programação do seminário, cuja abertura solene acontece às 18h de quinta-feira e contará com as participações de várias autoridades, está disponível no www.famem.org.br
As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas no local do evento. Além de prefeitas e prefeitos, irão participar técnicos municipais que estarão trabalhando nas administrações municipais a partir de janeiro de 2017.
De acordo com o presidente da FAMEM, prefeito Gil Cutrim (São José de Ribamar), o seminário funcionará como um amplo fórum de debates e também servirá para dirimir qualquer tipo de dúvida que o gestor e sua equipe tenham sobre a transição municipal.
“Durante todo o mês de outubro, muitos prefeitos e prefeitas, entre eleitos e reeleitos, nos procuraram, na sede da entidade municipalista, solicitando informações e apoio para realizar a transição municipal, processo que é determinado pela Constituição Estadual. Percebemos que muitos destes gestores, neste momento, ainda, sequer, iniciaram este trabalho. Por conta disso, resolvemos realizar o seminário, que terá uma programação muito técnica, com palestrantes renomados, abordando a transição, início de governo e outros temas, tais como prestação de contas e Lei de Responsabilidade Fiscal”, explicou.
Além das palestras técnicas, os gestores receberão da Federação uma cartilha elaborada pelo setor jurídico da entidade e que aponta o passo a passo na transição municipal.
São parceiros da Federação na realização do evento o Governo do Estado, Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE/Ma), Assembleia Legislativa, Confederação Nacional dos Municípios (CNM), UNDIME, COSEMS, FIEMA e Ministério Público Estadual.
Foi preso nesta segunda-feira (14) Lucas Ribeiro Porto, cunhado de Mariana Costa, a jovem encontrada morta em casa, ontem (13), com sinais de asfixia (reveja).
Ele é apontado pela polícia como o principal suspeito pelo crime, e está sendo investigado porque aparece duas vezes em imagens do sistema de câmeras do condomínio onde a vítima morava, no Turu.
Na segunda, segundo apurou o blog, ele desce correndo pela área das escadas.
Lucas Porto é casado com uma irmã de Mariana, mas não confessou o crime.
Velório
A família de Mariana Costa informa que o velório está sendo realizado na Igreja Batista do Olho D’agua. O sepultamento ocorrerá às 16h, no Cemitério Parque da Saudade, no Vinhais.
Foi encontrada morta hoje (13), em sua residência no Turu, em São Luís, Mariana Costa, filha de Sarney Neto, sobrinho do ex-presidente José Sarney (PMDB).
Ela tinha 33 anos e teria sido achada, em asfixia, no quarto do apartamento onde morava com duas filhas e o marido, Marcos Renato – filho do empresário José Renato, dos Laticínios São José.
A polícia ainda não divulgou detalhes do caso.
Atualização às 23h32
Uma segunda versão, também ainda não oficial, aponta que Mariana Costa pode ter sido encontrada ainda com vida, vindo a morrer no hospital, para onde fora levada.
A polícia segue o trabalho de investigação e deve dar um posicionamento oficial na segunda-feira.
O Sindicato dos Docentes das Universidades Federais do Maranhão (Sindufma) anunciou por meio da sua página na internet que pretende realizar uma consulta entre os professores para decidir se a categoria entra em greve em protesto contra a PEC do Teto.
Em assembleia geral definiu-se, também, uma agenda de mobilizações contra o que consideram “retrocessos do governo Temer”.
Segundo o sindicato, a consulta será eletrônica.

Contatos

Whatsapp: 98-988916524


E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Facebook

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Navigation