domingo, 31 de dezembro de 2017
Mega-Sena da Virada de número 2000 tem números sorteados (Foto: Agência Brasil)
Veja dezenas sorteadas: 03 - 06 - 10 - 17 - 34 - 37. Prêmio total é de R$ 306.718.743,71.
Mega-Sena da Virada de número 2000 tem números sorteados (Foto: Agência Brasil) Mega-Sena da Virada de número 2000 tem números sorteados (Foto: Agência Brasil)
Mega-Sena da Virada de número 2000 tem números sorteados (Foto: Agência Brasil)
Os números da Mega da Virada foram sorteados na noite deste domingo (31), em São Paulo. O prêmio total para quem acertou as seis dezenas é R$ 306.718.743,71.

Veja as dezenas: 03 - 06 - 10 - 17 - 34 - 37.

Até as 21h00, o rateio ainda não havia sido divulgado pela Caixa Econômica Federal.
Feliz Ano Novo 2018
Esse ano quero paz no meu coração, Quem quiser ter um amigo, que me de a mão. O tempo passa, e com ele caminhamos todos juntos. Sem parar. Nossos passos pelo chão vão ficar. Marcas do que se foi, Sonhos que vamos ter. Como todo dia nasce novo em cada amanhecer. Ôuo! Marcas do que se foi, Sonhos que ...
Serviço de mensagens passa por dificuldades. Assunto é dos mais comentados no Twitter.

Usuários em todo mundo relatam, na tarde deste domingo (31), problemas com o aplicativo de mensagens Whatsapp. As dificuldades estão no envio de mensagens de texto, áudio e vídeo, além do recebimento de fotos.

O assunto chegou a ser um dos mais comentados no Twitter neste domingo. A hashtag “whatsappdown” aparece, inclusive, nos trending topics. Os relatos sobre os problemas técnico começaram a aparecer por volta das 16h.

Em seus canais de comunicação, o Whatsapp ainda não fez nenhuma menção sobre as falhas ou os motivos.
Governador entrega Ponte da Juçara. (Foto: Nael Reis)
A ponte faz a conexão entre a Estrada de Ribamar (MA-202) e a Estrada da Maioba (MA-201) interligando os municípios da Grande Ilha. Foram 15 metros de extensão construídos em concreto protendido – técnica que reforça a base e permite que a estrutura aguente mais peso. Para a obra, o Governo investiu mais de R$ 1,3 milhão.

Ponte da Juçara foi construída com estrutura de
concreto reforçada na base (Foto: Lorena Ribeiro)
O governador Flávio Dino ressaltou que, além da ponte, o Estado tem feito uma série de intervenções na região, contemplando a Cidade Olímpica, Cidade Operária, Vila Zé Reinaldo, Avenida dos Agricultores e as MAs 201 e 202.

“É uma lógica de intervenção articulada com os municípios para alcançarmos múltiplos objetivos, como o trânsito e a valorização dos imóveis. Isso incentiva a atividade empresarial. Já estamos vendo investimentos privados e as pessoas melhorando as casas. Portanto é um efeito para a economia das cidades”, disse o governador.

Ponte da Juçara foi construída com estrutura de
concreto reforçada na base (Foto: Lorena Ribeiro)
O prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando, lembrou que o governador esteve na cidade no primeiro dia útil de 2017, programando obras. E voltou a estar presente no último dia útil do ano. “Ele volta aqui pela 11ª vez ao longo de 12 meses, para inaugurar obras. É uma parceria que deu certo. Teve começo, meio e não vai ter fim”, afirmou.

Domingos Dutra, prefeito de Paço do Lumiar, também destacou o trabalho realizado pelo governador Flávio Dino e a importância da obra para a população de todos os municípios da Grande São Luís. “A Ponte da Juçara é uma obra fundamental para o desenvolvimento da Região Metropolitana de São Luís”, frisou.

O secretário de Estado de Infraestrutura (Sinfra), Clayton Noleto, lembrou que a gestão estadual trabalha com foco no bem-estar das pessoas. “Trata-se de mais um conjunto de importantes obras para a mobilidade urbana, permitindo o melhor acesso entre os municípios da região. Uma solução inteligente do Governo do Maranhão. Neste trecho não havia passagem e agora há asfaltamento e iluminação, o que vai melhorar a vida de quem trafega por estes trechos diariamente”, ressaltou.

“É mais uma obra importante do governo Flávio Dino, que tem uma repercussão para a mobilidade urbana e também para o meio ambiente. Atende um antigo desejo da comunidade. Eram décadas de abandono. E agora o governo está presente em mais uma área de São Luís, realizando obras importantes para assegurar melhores condições de vida ao nosso povo”, declarou o secretário de Estado de Comunicação Social e Assuntos Políticos, Márcio Jerry.

Para Laurinete Mendonça, 34 anos, que trabalha no Cohatrac e todos os dias passa pelo trecho, a obra encurtará distâncias. Ela lembrou que a ponte antiga não era firme e que, agora, os moradores terão um caminho seguro. “Facilitou muito, porque antes eu dava uma volta enorme por um outro caminho e vou andar menos e ter mais segurança na estrada”, disse.

Água para Todos

Governador Flávio Dino também assinou ordens de serviço
para ampliar abastecimento de água (Foto: Nael Reis)
Beneficiando moradores de São José de Ribamar e Paço do Lumiar, o governador Flávio Dino também assinou ordens de serviço para implantação de sistemas de abastecimento de água. Os sistemas vão garantir condições mais adequadas para a prestação deste serviço em dezenas de comunidades destes dois municípios.
O secretário de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista, disse que a obra vai atender 860 famílias de sete povoados. “Serão mais de 4.500 pessoas com acesso ao direito básico à água. Temos diversas ações do programa Água para Todos no Maranhão; e agora chegou também aqui, porque é necessário que a zona rural da Ilha de São Luís seja atendida com água”, explicou.

Terminal de Integração
Flávio Dino entrega novo posto do VIVA do
Terminal do São Cristóvão. (Foto: Nael Reis)
Usuários do serviço de transporte público no bairro Cidade Operária terão mais condições de mobilidade e acesso a importantes serviços de cidadania com o novo terminal de integração da área, inaugurado pelo governador Flávio Dino durante esta sexta-feira. O espaço foi todo reformado e ganhou um posto do serviço VIVA/Procon; e uma base da Polícia Militar.

O diretor-presidente do VIVA e do Procon, Duarte Junior, explicou que o serviço atende a uma demanda da população desta região da cidade. “Esta entrega é parte do plano do Governo de expansão do serviço. Assim, estamos garantindo aos cidadãos acesso a ações de cidadania com comodidade e segurança”, enfatizou. De  2015 até agora já foram inauguradas 38 unidades do VIVA.

O VIVA vai oferecer serviços de emissão da 1ª e 2ª via do RG, inscrição e consulta do CPF, antecedentes criminais e serviços do balcão do cidadão, que incluem emissão de boletim de ocorrência, consultas (NIT, PIS/Psep, Bolsa Família), inscrições em concursos e outros serviços on-line. Os usuários poderão ainda formalizar denúncias contra empresas e receber orientação sobre direitos do consumidor.

Pedro Câmara, de 63 anos, morador da Cidade Operária, aprovou a nova unidade. “O terminal já é um ponto de referência, atende a todos os passageiros da região da Cidade Operária e da Cidade Olímpica e esse posto do VIVA/Procon vai contemplar essas pessoas que dependem de algum atendimento na área do consumidor, é uma boa iniciativa”, contou.

Mais Asfalto
Na Cidade Olímpica, em São Luís, um total de 22 ruas e avenidas receberam melhorias na pavimentação com as ações do programa Mais Asfalto. Em continuidade à agenda, o governador Flávio Dino esteve no local durante a tarde e inaugurou as obras. Algumas estavam em condições precárias de tráfego e agora contam com asfalto novo. Foram mais de 15 quilômetros de asfalto contemplando vias urbanas do Bloco C, um investimento de R$ 6,2 milhões.

O prefeito Edivaldo Holanda Junior enfatizou a resolutividade que a obra traz, uma vez que melhora a mobilidade na região. “Essa ação garante infraestrutura em vias que estavam precárias beneficiando centenas de famílias. Assim, a gestão honra o compromisso com a dignidade, qualidade de vida e de moradia à população”, disse o prefeito.

Para quem mora no local, as condições mais adequadas vão possibilitar um tráfego bem mais tranquilo, sem riscos de acidentes. É o que pensa Rosana Gomes, de 31 anos, moradora da Cidade Olímpica. “Quando chovia era horrível, a gente tinha que ir para outra avenida para pegar ônibus. Hojeestá maravilhoso. Eu adorei e dá até para fazer umas caminhadas”, comentou.
Dawit Admasu conquista bicampeonato da São Silvestre (Foto: Reprodução/Gazeta)
Com isso, a disputa entre homens continua sem um campeão brasileiro desde a edição de 2010, quando o vencedor foi Marílson Gomes dos Santos.
Da Gazeta

A prova masculina da 93ª Corrida Internacional de São Silvestre foi marcada por muita chuva, mas também uma disputa bastante equilibrada pelo mais alto lugar no pódio. Depois de um início de prova intenso, o corredor nascido na Etiópia Dawit Admasu teve um tempo de 44m17s chegou na primeira posição, conquistando o bicampeonato da corrida. Com isso, a disputa entre homens continua sem um campeão brasileiro desde a edição de 2010, quando o vencedor foi Marílson Gomes dos Santos.

Depois de não começar entre os primeiros no início da prova, Admasu apresentou excelente resistência e mostrou porque era um dos favoritos para ganhar a prova masculina. O etíope foi o campeão em 2014 e na edição do ano passado terminou na segunda colocação e agora é mais um atleta com duas conquistas na Corrida Internacional de São Silvestre.

Além de Admasu , outro etíope terminou entre os cinco primeiros da prova masculina. Belay Bezabh brigou na reta final pelo principal lugar da corrida e ficou com a segunda posição. Já Paul Kipchumba Lonyangata se esforçou até os metros finais para garantir a quinta posição e fechar o pódio, segundo queniano no pódio. Já o melhor brasileiro foi Ederson Vilela, que terminou na 11° posição.

A corrida – Assim que a largada foi dada, o primeiro pelotão destacou-se do restante já nos metros e quilômetros iniciais, situação comum durante a Corrida Internacional de São Silvestre. Nos primeiros minutos de prova o brasileiro Andre Luiz Silva Antonio era o corredor a frente dos demais, logo após a saída da Avenida Paulista, local de largada da prova.

Pouco tempo depois, o grupo formado por alguns favoritos já se distanciou dos demais. Com o brasileiro Wellington Bezerra da Silva entre eles, os dois destaques eram os quenianos Paul Kipkorir Kipkemoi e Stanley Biwott que lideravam o montante.

Com pouco mais de dez minutos de prova, um pequeno deslize marcou a prova masculina. Wellington Bezerra da Silva escorregou e acabou entrelaçando as pernas durante o trajeto do Pacaembu, derrubando acidentalmente o queniano Edwin Rotich. No entanto, mesmo com a pausa devido à queda, o africano mostrou incrível poder de reação e tomou a liderança da prova após 15 minutos desde a largada da 93ª Corrida Internacional de São Silvestre.

Depois do começo de prova com troca de posições na liderança, dois corredores começaram a se destacar: o queniano Edwin Rotich e o etíope Dawit Fikadu Admasu mantiveram um bom ritmo e lideravam o pelotão de frente. Depois de metade da prova, o campeão de 2014 conseguiu uma ótima arrancada e aumentava a vantagem a cada quilômetro percorrido.

A subida da Avenida Brigadeiro Luis Antônio não foi um problema para o campeão de 2017. A diferença para o segundo colocado Belay Bezabh chegou a diminuiu, porém Admasu permaneceu com o ótimo desempenho e garantiu pela segunda vez o lugar mais alto do pódio da 93ª Corrida Internacional de São Silvestre.

Confira o pódio da prova masculina:
1: Dawitt Admasu (ETI) – 44m17s
2: Belay Bezabh (ETI) – 44m33s
3: Edwin Rotich (QUE) – 44m43s
4: Birhanu Balew (BAH) – 45m06s
5: Paul Kipchumba Lonyangata (QUE) – 45m28s

11: Ederson Vilela (BRA)
Em três anos de gestão, o governador Flávio Dino fez 7.974 promoções de policiais e bombeiros militares no Maranhão. Em post nas redes sociais, ele informou que foram, em média, sete promoções por dia.

“Com as promoções de policiais e bombeiros militares que efetuei no último (28), chegamos a 7.974 promoções no nosso governo. Maior número da nossa história, média de 7 promoções por dia”, escreveu Flávio Dino.

Governador já fez 7.974 promoções de policiais e
bombeiros militares no Maranhão. (Foto: Divulgação)
Ele acrescentou que as promoções representam “valorização e respeito que trazem melhorias à segurança de todos”. Antes de 2015, policiais levavam até 20 anos para conseguir uma promoção.

Desde 2015, o Maranhão vem aumentando o número de policiais, capacitando os profissionais e valorizando a carreira. Hoje, o Estado tem a maior tropa da história, com mais de 12 mil profissionais, resultado de nomeações feitas ao longo destes três anos.

O Governo do Estado também já entregou mais de 830 viaturas e reformou e construiu dezenas de prédios para as forças de segurança maranhenses.
O ator Dado Dolabella teve a prisão decretada pelo juiz Marco Antonio de Souza, da 1ª Vara da Família do Fórum do Rio. 
O magistrado decretou a prisão pelo prazo de 60 dias por conta da dívida de R$ 196.397,54 referente à pensão alimentícia de um de seus filhos com Fabiana Vasconcelos Neves. 
A prisão foi decretada  no último dia 15 e a Justiça entrou em recesso de fim de ano cinco dias depois. 
O juiz ressalta que o mandado de soltura só acontecerá diante do pagamento da dívida. 
Em 17 de agosto, Dado foi preso pelo mesmo motivo e horas depois foi solto.
sábado, 30 de dezembro de 2017
Mega-Sena da Virada (Foto: Heloise Hamada/G1)
Apostas para Mega da Virada podem ser feitas até 14h do dia 31 de dezembro
Sorteio acontece no mesmo dia e pode pagar R$ 280 milhões.
Por G1 em São Paulo

Neste domingo, 31 de dezembro, acontece o sorteio da Mega da Virada, prêmio especial de fim de ano da loteria da Caixa. As apostas podem ser feitas até as 14h do dia 31. A aposta simples custa apenas R$ 3,50 e pode ser feita tanto nos volantes específicos da Mega da Virada quanto nos volantes comuns da Mega-Sena.

Em 2017, a Mega da Virada pagará o maior prêmio da história: a previsão é que chegue aos R$ 280 milhões. O G1 transmitirá o sorteio ao vivo a partir das 20h50 (horário de Brasília).

Segundo a Caixa Econômica Federal, se um apostador acertar sozinho as seis dezenas e aplicar todo o prêmio na poupança, ele receberá cerca de R$ 1,2 milhão em rendimentos por mês.
Bandeira verde - Chuva ajudou a recuperar represas de usinas. Em dezembro, taxa foi de R$ 3 a cada 100 kWh.
Bandeira tarifária será verde em janeiro, sem custo extra para consumidor
Segundo a Aneel, mudança se deve às condições mais favoráveis de geração de energia por hidrelétricas, devido à volta das chuvas. Em dezembro, cobrança extra foi de R$ 3 a cada 100 kWh.
Por Fábio Amato, G1, Brasília

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta sexta-feira (29) que a bandeira tarifária será verde no mês de janeiro, o que significa que não haverá cobrança extra nas contas de luz.

"O acionamento dessa cor indica condições favoráveis de geração hidrelétrica no Sistema Interligado Nacional. Mesmo com a bandeira verde é importante manter as ações relacionadas ao uso consciente e combate ao desperdício de energia elétrica", informou a Aneel em nota.

Nos últimos meses de 2017, devido ao baixo nível dos reservatórios das principais hidrelétricas do país e à falta de chuvas, a bandeira tarifária aplicou taxa adicional nas contas de luz. Isso ocorre para arrecadar recursos necessários para cubrir custos extras com a produção de energia mais cara, gerada por termelétricas.

Em dezembro, vigorou a bandeira tarifária vermelha em patamar 1, o que representa cobrança extra nas contas de luz de R$ 3 a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos. Em novembro, a bandeira ficou na cor vermelha patamar 2, a mais alta da escala criada pela agência para sinalizar o custo real da energia gerada. Na ocasião, a cobrança adicional para cada 100 kWh consumidos foi de R$ 5.

A mudança da baneira para verde agora significa, portanto, que as chuvas das últimas semanas ajudaram na recuperação dos reservatórios das hidrelétricas e que há expectativa de que essa melhora continue nos próximos meses.
Troca de mensagens - Polícia investiga motoristas que usam aplicativos de mensagens e redes sociais para avisar locais de blitze no RS
Eles responderão por atrapalhar serviço público e organização criminosa.
Punição para quem atrapalha a prestação de serviço de utilidade pública pode chegar a cinco anos de cadeia. Conforme as autoridades, até agora 17 pessoas foram indiciadas.
sexta-feira, 29 de dezembro de 2017
Reajuste de 1,8% é o menor em 24 anos e se deve à fórmula do cálculo.

O presidente da República, Michel Temer, assinou nesta sexta-feira (29) decreto que fixa em R$ 954 o valor do salário mínimo em 2018, aumento de R$ 17 em relação ao valor em vigor. Atualmente, o salário mínimo está em R$ 937.

A medida será publicada ainda nesta sexta em edição extra do "Diário Oficial da União". O reajuste valerá a partir de 1º de janeiro.

O reajuste do salário mínimo é menor do que a estimativa que havia sido aprovada pelo Congresso Nacional, de R$ 965. Com isso, o governo prevê economizar R$ 3,3 bilhões no ano que vem.
O decreto presidencial estabelece ainda que o valor diário do salário mínimo corresponderá a R$ 31,8, e o valor horário, a R$ 4,34.

O valor de R$ 954 que valerá para 2018 é 1,81% maior que os R$ 937 do salário mínimo de 2017.

Cerca de 45 milhões de pessoas no Brasil recebem salário mínimo, entre aposentados e pensionistas, cujos benefícios são, ao menos em parte, pagos pelo governo federal.

Como é reajustado o salário mínimo
O reajuste do salário mínimo é feito a partir de uma fórmula que soma:

A variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior, calculado pelo IBGE;
E o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes.
No caso de 2018, portanto, está sendo somado o resultado do PIB de 2016, que foi de queda de 3,6%, com o INPC de 2017. Como o resultado do PIB de 2016 foi negativo, o reajuste do salário mínimo é feito apenas pela variação do INPC.
Neste caso, portanto, o 1,81% de variação do INPC é uma estimativa do governo, já que o percentual exato só será conhecido em janeiro.

Entre janeiro e novembro de 2017, a variação do INPC foi de 1,80%. Já a mais recente avaliação do mercado financeiro, colhida pelo Banco Central na semana passada, estima que a variação do INPC neste ano fique em 2,16%.

Economia de R$ 3,3 bilhões
Com a decisão de conceder um reajuste R$ 11 menor em relação à estimativa anterior de R$ 965, o governo economizará cerca de R$ 3,3 bilhões em gastos em 2018.

"Cada um real de aumento no salário mínimo gera um incremento de R$ 301,6 milhões ao ano nas despesas do governo", informou o Ministério do Planejamento na proposta da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) encaminhada ao Congresso em abril.

Números oficiais mostram que o benefício de cerca de 66% dos aposentados equivale ao salário mínimo. A correção do mínimo também impacta benefícios como a RMV (Renda Mensal Vitalícia), o seguro-desemprego e o abono salarial.

O valor do salário mínimo proposto para o próximo ano ainda está distante do valor considerado como "necessário", segundo cálculo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).
De acordo com o órgão, o salário mínimo "necessário" para suprir as despesas de uma família de quatro pessoas com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência deveria ser de R$ 3.731,39 em novembro deste ano.
Lucimari e o marido, também pastor, Sandro Barro Foto: Reprodução Facebook
Lucimari Alves Barro tirou a própria vida e é o quarto caso de suicídio de pastores este mês, no Brasil.

O Brasil registrou o quarto caso de suicídio de um líder evangélico apenas no mês de dezembro. O último caso aconteceu nesta quarta-feira (27), em Criciúma, Santa Catarina (SC). A pastora Lucimari Alves Barro, da Igreja do Evangelho Quadrangular, foi encontrada morta pendurada por uma corda em casa.
Ela não deixou bilhete explicando o motivo de ter tomado essa atitude. Lucimari era casada com o também pastor Sandro Barro e deixa um filho. O marido utilizou as redes sociais para mostrar o sentimento pela morte da mulher.

– Que momento é esse? É muita dor. Senhor me ajuda, meu amigo espírito santo. Desde os 14 anos de idade nunca amei outra mulher. Você foi para mim um achado, um tesouro que não se mede valor. Seu sorriso sempre foi minha alegria. Te amei com todas as minhas forças. Desculpa, minha linda – lamentou.

O enterro da pastora aconteceu nesta quinta-feira (28), no Cemitério Municipal de Morro da Fumaça, em Criciúma.

Com a confirmação do caso, diversos líderes evangélicos postaram mensagens nas redes sociais demostrando tristeza pela morte de Lucimari.

A pastora Aimée Chaves escreveu um texto de pesar, mas também fez um alerta sobre os casos recentes de suicídios de outros líderes no país.

– Meu coração está dilacerado, pela perda dessa pastora tão amada, tão querida e dedicada a obra, que infelizmente tirou sua própria vida. Com certeza não fez isso porque era fraca. Muitos de nós pastores andamos muito sozinhos, precisamos de amigos, pessoas pra desabafar, pessoas que não vão expor nossas feridas, mas nos amar e ter misericórdia. (…) Vamos parar de julgar, vamos amar mais, vamos ouvir uns aos outros sem julgamento. Eu passei pela depressão, pensei várias vezes tirar minha vida, mas tive amigos que me sustentaram em oração, amor e fé – confessou Aimée.

Último post da pastora
Em seu perfil no Facebook, dois dias antes de tirar a própria vida, a pastora Lucimari compartilhou o clipe da música “Liberdade” da cantora gospel Priscilla Alcântara, com a seguinte frase:

– É por isso q celebro o Natal. “A liberdade me ensinou a voar”. Aleluia!

Quarto caso de suicídio este mês
A suicídio da pastora Lucimari Alves Barro é o quarto caso entre religiosos apenas em dezembro deste ano. O primeiro foi registrado na cidade de Cornélio Procópio (PR). Aos 28 anos, o pastor Ricardo Moisés, da Igreja Assembleia de Deus, foi encontrado enforcado nos fundos da igreja.

Além dele, dois pastores do estado do Rio de Janeiro também tiraram a própria vida. Júlio César Silva, ex-presidente da Assembleia de Deus Ministério Madureira, em Araruama; e o presbítero João Luiz Tavares, da Igreja Assembleia de Deus em Iguaba Grande, na Região dos Lagos.
Petrobras anuncia reajuste de 1,7% no preço da gasolina nas refinarias

O reajuste se refere aos preços para as refinarias. O repasse ou não do aumento para o consumidor final depende dos postos de combustíveis.
Por G1

Gasolina está mais cara nas refinarias, a partir desta sexta (29)

A Petrobras anunciou nesta quinta-feira (28) mais um aumento nos preços dos combustíveis nas refinarias. A partir desta sexta (29), a gasolina ficará 1,7% mais cara. O diesel vai subir 1,1%.

Desde julho a companhia adotou uma nova política de reajuste de preços para, segundo a petroleira, acompanhar o mercado internacional.

O reajuste se refere aos preços para as refinarias. O repasse ou não do aumento para o consumidor final depende dos postos de combustíveis.

De acordo com o Conselho Nacional de Política Fazendária, a gasolina mais cara no Brasil é a do Acre, seguido de Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Até sexta (22) da última semana, o valor médio da gasolina chegou a R$ 4,089, segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).
quinta-feira, 28 de dezembro de 2017
PERDÃO DE PENA - 'Indulto não é prêmio ao criminoso', escreveu ministra. Medida editada por Temer reduz exigências para conceder perdão a condenados.
Presidente do STF acolheu ação apresentada por Raquel Dodge. Magistrada afirmou na decisão provisória que 'indulto não é prêmio ao criminoso nem tolerância ao crime'.
Por Valdo Cruz e Bernardo Caram, GloboNews e G1, Brasília

Outro trecho do decreto questionado por Raquel Dodge é o que prevê a possibilidade de livrar o detento beneficiado com o indulto do pagamento de multas relacionadas aos crimes cometidos.

Para a procuradora-geral, o perdão de multas seria uma forma de renúncia de receita por parte do poder público.

Na ação, Raquel Dodge destaca que o decreto natalino deste ano do presidente da República foi classificado como o "mais generoso" entre as normas editadas nas últimas duas décadas e afirma que, se mantido, será causa de impunidade de crimes graves como os apurados pela Operação Lava Jato e outras operações de combate à “corrupção sistêmica”.

Como exemplo, a procuradora-geral da República afirma que, com base no decreto, uma pessoa condenada a 8 anos e 1 mês de prisão não ficaria sequer um ano presa.

Em relação ao perdão das multas, a presidente do Supremo ressaltou na decisão liminar que suspendeu os efeitos de parte do decreto que os valores cobrados dos condenados não provocam “situação de desumanidade” nem são dignos de “benignidade”, por serem parte de uma atuação judicial que beneficia a sociedade.

“Este Supremo Tribunal firmou jurisprudência no sentido de que, para que o condenado possa obter benefício carcerário, incluído a progressão de regime, por exemplo, faz-se imprescindível o adimplemento da pena de multa, salvo motivo justificado”, destacou.

Sem recuo
Após a edição do decreto natalino, o coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, procurador Deltan Dallagnol, usou sua conta no Twitter para criticar o ato de Michel Temer. Segundo o procurador, o indulto deste ano se trata de um “feirão de Natal para corruptos”.

“Pratique corrupção e arque com só 20% das consequências – isso quando pagar pelo crime, porque a regra é a impunidade”, escreveu.

Sobre o decreto de indulto do presidente: antes, corruptos precisavam cumprir apenas 1/4 da pena. Agora, irrisórios 1/5. É um feirão de Natal para corruptos: pratique corrupção e arque com só 20% das consequências - isso quando pagar pelo crime, porque a regra é a impunidade.

— December 22, 2017
Diante da polêmica gerada pela edição do indulto natalino, o ministro da Justiça, Torquato Jardim, afirmou nesta quinta à colunista do G1 Andréia Sadi que o governo não vai recuar em relação ao decreto que mudou os critérios para a concessão do indulto de Natal.

"Não tem recuo. Governo mantém sua posição. Não tem motivo. Agora, é aguardar a decisão da ministra Cármen Lúcia [presidente do Supremo Tribunal Federal]", afirmou o ministro ao Blog.

Em resposta às críticas disparadas contra Temer em razão do indulto natalino, o ministro da Justiça escreveu um artigo defendendo a iniciativa do presidente da República. O texto de Torquato Jardim foi publicado nesta quinta no site do jornal "O Globo".

No artigo, o titular da Justiça disse que considerar que o decreto beneficiará investigados, denunciados ou condenados pela Operação Lava Jato "configura ignorância ou má-fé".

"Não há que se confundir Lava Jato com indulto. Não há qualquer relação de causa e efeito. Lava Jato é uma série de processos administrativos ou judiciais de investigação ora em curso ou na Polícia Federal ou no Ministério Público Federal. Processos sem conclusão, donde sem sentença judicial. Logo, processo administrativo da Lava Jato não é objeto de indulto. O indulto pressupõe decisão judicial – ainda que não definitiva", escreveu o ministro em trecho do artigo.

Randolfe
Nesta quinta, um dia depois de Raquel Dodge ter ingressado com ação no STF questionando o indulto natalino, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) anunciou ter ajuizado uma ação popular na Justiça Federal de Brasília pedindo a anulação do decreto de Temer.

A assessoria de Randolfe informou que, na ação, o parlamentar do Amapá comparou o indulto natalino do presidente da República de um “insulto natalino”, que promove uma “black Friday do crime de colarinho branco, promovendo descontos de até 84% nas penas de poderosos”.

Cármen Lúcia
Michel Temer
Supremo Tribunal Federal
Já consta nas contas de todos os servidores municipais de Raposa o  salário do mês de dezembro. A gestão da prefeita Talita Laci (PCdoB) tem sido de equilíbrio e planejamento. Mesmo com a crise econômica nacional e a queda no repasse de recursos federais, a Prefeitura se mantém em dia com o população e a cidade.
Gestão Talita Laci (PCdoB) tem sido
de equilíbrio e planejamento
“Não tem sido fácil para nenhum prefeitos maranhense manter a folha em dia, mas mesmo diante de inúmeras dificuldades temos conseguido honrar nossos compromissos e muitas vezes anteceder o pagamento da folha, como este mês de dezembro.” Disse a prefeita.

Durante todo o ano, a atual gestão se organizou, planejou e fixou prioridades para o fechamento em dia das contas públicas e o investimento em saúde, educação, infraestrutura, limpeza urbana, entre outros.

Este ano, foram entregues diversas obras e ações em todos os setores municipais. Vale ressaltar que o pagamento do 13° salário dos servidores foi realizado em dia. A primeira parcela foi paga a todos os servidores municipais em julho e a 2° parcela, na semana passada. 
O prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva, autorizou à Secretaria Municipal de Planejamento, Administração e Finanças (SEMPAF), a antecipação do pagamento integral do salário referente ao mês de dezembro, como parte da política de valorização dos servidores efetivos, concursados e nomeados no Município.

Os recursos serão depositados nas respectivas contas bancárias, nesta quinta-feira (28). Apesar da aguda crise financeira que afeta as prefeituras brasileiras, a atual gestão criou e efetivou um  cronograma para pagar em dia o salário dos servidores.

Além do pagamento antecipado, referente ao mês de dezembro, a prefeitura pagou rigorosamente dentro do prazo todas as parcelas relativas ao 13º salário. O último pagamento aconteceu no dia 20 do mês em curso.

De acordo com o prefeito Luis Fernando, o pagamento antecipado tem como objetivo fazer com que o dinheiro possa circular no comércio varejista local, ativando a economia, que sofreu grave recessão nos últimos anos.

“A antecipação salarial é resultado do bom trabalho da nossa equipe de planejamento orçamentário, que tem buscado equilíbrio financeiro, sendo norteado pelo principio da economicidade e a correta aplicação dos recursos públicos do município. Desde o primeiro dia deste ano estamos pagando os servidores da forma correta e honesta. Encontramos o município com altas dívidas, recursos bloqueados e uma total desorganização financeira, mas isso não desanimou a nossa equipe de governo que hoje me propicia esse momento de dar essa notícia aos funcionários”, comemorou o prefeito Luis Fernando.

Reajuste - Fruto também da correta gestão dos recursos, o prefeito Luis Fernando Silva lembrou ainda que concedeu em agosto reajuste salarial de 7,64% aos profissionais do magistério ribamarense

Com o reajuste, o menor valor pago aos profissionais no município passou a ser da ordem de R$1.995,12, o que corresponde ao valor pago acima do piso nacional, considerando carga horária de 20 horas semanais. Para professor de nível superior, na rede de ensino em tempo integral, levando em consideração a carga horária de 40 horas, o salário chega a R$ 10.667,10. O reajuste de 7,64%, deverá impactar cerca de trezentos mil reais a mais no orçamento municipal.

“Tudo isso”, completou o prefeito, “foi conseqüência de muito trabalho, responsabilidade e compromisso”.
Em 2018, as agências reabrirão na terça-feira, dia 2 de janeiro.

As agências bancárias voltaram a funcionar normalmente a partir desta terça-feira (26) em todo o país, após o feriado de Natal no último dia(25).

Na última semana do ano, o atendimento ao público vai até quinta (28) já que, na sexta-feira (29), as instituições financeiras estarão fechadas aos clientes, funcionando apenas para serviços internos, segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Hoje, as contas de consumo, como as de água, luz, telefone e de TV a cabo, bem como os carnês cujos prazos de pagamento venceram durante o feriado podem ser pagas normalmente nas agências.

No caso de boletos bancários, os clientes também podem fazer o agendamento em canais eletrônicos ou fazer pagamentos por meio do Débito Direto Autorizado (DDA). Também é possível usar os caixas eletrônicos, internet banking, mobile banking e o banco por telefone.

Em 2018, as agências reabrirão na terça-feira, dia 2 de janeiro.
Propostas referentes aos editais serão recebidas até 24 de janeiro de 2018, das 13h às 19h.

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), está com editais abertos para a realização do Carnaval 2018 que acontece de 09 a 13 de fevereiro de 2018. Nos editais constam todas as informações de como devem proceder as organizações interessadas em promover e executar as festividades do período momesco, incluindo programação, ações de marketing, captação de recursos e toda a logística do evento. As propostas referentes aos editais serão recebidas até 24 de janeiro de 2018, das 13h às 19h, sendo as sextas-feiras no horário das 8h às 14h, no Protocolo da Secult, na Rua do Mocambo, s/n, Centro.

O Edital de Chamamento Público Nº 15/2017 visa o credenciamento por meio de termo de colaboração entre a Secretaria e Organização da Sociedade Civil para o fomento a ocupações de espaços públicos com ações culturais, planejados e executados pela própria organização para atender à logística e programação artística promovidos no primeiro semestre de 2018.

Por sua vez o Edital de Chamamento Público Nº 16/2017 torna público o interesse da Prefeitura em firmar acordo de colaboração, com Organização da Sociedade Civil, esta como captadora e executora em parceria técnico-financeira, através de acordo de colaboração, para promover e executar o projeto Carnaval de São Luís 2018, com a cessão de espaços públicos e espaços publicitários na passarela e onde se fizer presente as promoções referentes ao carnaval.

Já o Edital de Chamamento Público Nº 17/2017 trata sobre o Termo de Colaboração com Organização da Sociedade Civil para a execução da logística e premiação do projeto Carnaval de São Luís 2018. Todos os editais podem ser acessados por meio do site organizador do evento.

Prorrogação

O Credenciamento Artístico para o Carnaval de São Luís de 2018 foi prorrogado até o dia 5 de janeiro de 2018. Os grupos estão sendo convocados pelo Edital Nº 14/2017 – PMSL/SECULT, que prevê a habilitação de propostas de atividades artísticas para compor a programação dos eventos de pré-Carnaval e Carnaval apoiados e realizados pela Prefeitura, a serem executados pela Secult.
quarta-feira, 27 de dezembro de 2017
Imagem ilustrativa - internet 
Quem acertar os seis números da Mega da Virada poderá receber um prêmio de R$ 280 milhões, segundo estimativa da Caixa Econômica Federal. O sorteio será no dia 31 de dezembro, e as apostas poderão ser feitas em todas as casas lotéricas do país até as 14h (horário de Brasília) do mesmo dia. Pessoas físicas que são correntistas da Caixa podem fazer as apostas por meio do Internet Banking.

O valor da aposta mínima, que é de seis números, é R$ 3,50. De acordo com a Caixa, quem faz a aposta mínima tem uma probabilidade de acerto de 1 para 50.063.860. Para acertar a quina, essa proporção cai para 1 em 154.518. Já a probabilidade de acerto da quadra fica em 1 para 2.332.

Quem quiser fazer a aposta máxima, que é de 15 números, terá de desembolsar R$17.517,50. Nesse caso, a probabilidade de acerto dos seis números é de 1 para 10.003. No caso da quina, as chances de acerto são de 1 para 370. Já a da quadra fica em 1 para 37.

O primeiro sorteio da Mega da Virada foi feito em 2009, quando dois ganhadores dividiram R$ 144,9 milhões. Em 2016, seis ganhadores dividiram o prêmio, no valor de R$ 220,9 milhões. De acordo com a Caixa, as apostas tinham sido feitas em Salvador (BA), Fortaleza (CE), Trizidela do Vale (MA), Belo Horizonte (MG), Campo Grande (MS) e Fazenda Vilanova (RS).
O deputado federal maranhense Pedro Fernandes foi convidado pelo PTB para ser o novo ministro do Trabalho. Se o nome do parlamentar for confirmado pelo Palácio do Planalto, ele substituirá Ronaldo Nogueira, que pediu demissão do cargo nesta quarta-feira (27), alegando motivos pessoais.

Ao G1, o deputado afirmou que sua nomeação deve ser publicada no Diário Oficial da União até sexta-feira (29) e que a posse acontecerá na próxima semana. O Planalto, contudo, diz não ter nenhuma informação até o momento.

Pedro Fernandes Ribeiro tem 68 anos e é formado em Engenharia Civil, pela Escola de Engenharia do Maranhão. Como político o maranhense já foi vereador de São Luís-MA e atualmente cumpre o seu quinto mandato como deputado federal, eleito desde 1999.

Entre os cargos públicos que ocupou durante a carreira, Pedro Fernandes foi engenheiro do Banco de Desenvolvimento do Maranhão (1975-1982); presidente da Companhia de Limpeza e Serviços Urbanos de São Luís (1989-1992); secretário municipal de Obras e Transportes de São Luís (1993); secretário municipal de Infraestrutura de São Luís (1993-1995); e secretário de Educação de São Luís (2012-2014).

Do G1,MA
terça-feira, 26 de dezembro de 2017
Casa de Apoio Ninar oferece tratamento humanizado. (Foto: Francisco Campos)

Desde a inauguração, em julho, a Casa de Apoio Ninar prestou assistência multiprofissional a 141 crianças e mais de 200 familiares.


A Casa de Apoio do Projeto Ninar tem entre seus pilares a saúde e a qualidade de vida das pessoas. Foi com essa proposta que foi inaugurada pelo governador Flávio Dino, em julho, o equipamento da Secretaria de Estado da Saúde (SES), que, desde então, acolheu famílias de 46 municípios maranhenses.

O processo de pais e familiares com a condição dos filhos com problemas de neurodesenvolvimento revela uma realidade sensível. Para isso, a equipe multiprofissional da Casa de Apoio tem como finalidade acolher, orientar e assistir famílias das crianças em acompanhamento no Projeto Ninar.
A Casa de Apoio Ninar amplia o atendimento realizado no Centro de Referência em Neurodesenvolvimento, Assistência e Reabilitação de Crianças (Ninar), do Complexo Hospitalar Dr. Juvêncio Matos, em São Luís. O equipamento funciona com um circuito de atividades multidisciplinares, voltadas principalmente para o fortalecimento do vínculo entre as crianças e seus familiares.

“Assumimos a missão de cuidar das pessoas, com dignidade e sensibilidade. A Casa de Apoio Ninar, além de ampliar a assistência, melhora a rotina dessas famílias, oferecendo acolhimento e atendimento especializado. Um trabalho humanizado que reflete a postura da gestão Flávio Dino”, afirma o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

Família

A Casa de Apoio Ninar foi criada para ajudar pessoas como a dona de casa Lena Fernanda Lima Passinho, de 36 anos. Natural de Cedral, ele precisou abandonar o emprego e mudar-se para a capital para conseguir tratamento para o filho Paulo Benjamim, de 1 ano e 7 meses, que tem paralisia cerebral, microcefalia e epilepsia.

Fruto de planejamento e amor, Paulo Benjamim veio ao mundo em condições adversas. Depois de todo pré-natal normal, a mãe teve zika às vésperas de dar a luz. Ao nascer, o pequeno passou 42 dias na UTI lutando para viver. Fez diálise, usou sonda, foi entubado. Uma realidade difícil de imaginar, para quem o vê agora tão ativo e atento a tudo ao seu redor.

O garoto que já senta sozinho, fica em pé, se apoia. “O desenvolvimento dele melhorou muito depois do trabalho e empenho dos profissionais daqui. Até o sopro que ele tem no coração, a cardiologista disse que está melhorando. Além do trabalho aqui, aprendo o que tenho que fazer em casa com ele. Faço a fisioterapia com ele duas vezes por dia”, conta Lena Fernanda.

A moradora do Parque Vitória sente que tem na unidade uma segunda família, por causa do apoio que tem de toda a equipe. “Pela patologia dele, não era esperado o que ele faz hoje. A gente se sente perto do chão quando descobre que nosso filho apresenta alguma coisa. Mas tive na Casa uma salvação. Perto do que era para ser o desenvolvimento do meu filho e o que tem agora, é um conforto. Fui abraçada na Casa de Apoio Ninar. É uma segunda família”, afirma.

A qualidade da assistência é um dos destaques da Casa de Apoio. “Aqui na Casa, os profissionais não fazem diferença delas com crianças ditas normais. Não tratam crianças com deficiência, mas sim com limitações. E isso nos faz sentir bem”, disse Lena Passinho, mãe de Paulo Benjamim.

Balanço
Desde a inauguração, em julho, a Casa de Apoio Ninar atendeu 141 crianças, das quais 86 tinham Síndrome Congênita do Zika Vírus (SCZv), 16 microcefalia secundária (adquirida devido alguma doença ou fator), cinco com sequelas de toxoplasmose, 10 com epilepsia de difícil controle, 13 com síndrome de Down e 11 com outras síndromes. Além das crianças, 214 familiares foram acolhidos e participaram das atividades e atendimentos.

O local recebe semanalmente famílias da capital e do interior do estado, assim como profissionais da área da saúde que acompanham as atividades. Cada família retorna após três meses para acompanhamento.

“Nunca foi a intenção ser só uma casa para abrigar e hospedar, servindo só de suporte. A intenção era dar amparo, apoio e orientação às famílias. Abrimos as portas primeiro para as crianças com microcefalia por zika, mas hoje recebemos crianças com Down, com paralisia cerebral e outras condições”, comenta a neuropediatra e diretora da Casa de Apoio Ninar, Patrícia Sousa.

No total, a casa fez 4.293 consultas em atenção especializada – 859 em neuropediatria, 416 em oftalmologia, 550 em psiquiatria, 1.213 em pediatria, quatro em neurocirurgia e 1.251 em infectologia.

Já dentro da assistência multidisciplinar, 14.570 atendimentos e 22.699 procedimentos foram realizados. A assistência multidisciplinar inclui enfermagem, fonoaudiologia, psicologia, serviço social, fisioterapia motora, fisioterapia respiratória, musicalização, arte terapia, nutrição, terapia ocupacional, dança e psicopedagogia.

O Serviço de Apoio Diagnóstico e Terapia (SADT), por sua vez, incluem vídeo-eletroencefalograma, medicação, mapeamento de retina, retinografia, pesagem, reuniões/palestras, cozinha amiga e nebulização, contabilizando 1.654 atividades/exames.

Referência

Segundo Patrícia Sousa, o pioneirismo da Secretaria de Estado da Saúde (SES) com a instalação da Casa de Apoio e a forma de conduzi-la tem tornado a casa uma referência em assistência em todo o país – a experiência inclusive já foi apresentada para Reino Unido, Austrália e África do Sul. “Temos uma visão diferenciada porque permite o suporte emocional de saúde mental para pais, cuidadores e para nós profissionais também. A casa ajuda a criar a história da criança na sua família, está permitindo que ela exista como cidadã, não é mais uma criança invisível”, conclui
segunda-feira, 25 de dezembro de 2017
Dois veículos bateram e capotaram entre Marianópolis do Tocantins e Caseara (Foto: Divulgação)
Vítimas foram arremessadas para o lado de fora do carro. Acidente foi entre Marianópolis do Tocantins e Caseara, na região oeste do estado.
Por G1 Tocantins

O motorista João Mar Pereira de Sousa, de 59 anos, e a dona de casa Ueldene Alves Medrado morreram após dois carros colidirem e capotarem na tarde desta segunda-feira (25). Mais cinco pessoas ficaram feridas. A batida foi por volta das 14h30 na TO-080, entre Marianópolis do Tocantins e Caseara, na região oeste do Tocantins. Este é o quarto acidente com morte no feriado.

Segundo a Polícia Militar (PM), um dos carros saiu de uma estrada vicinal e acabou se envolvendo no acidente. As duas pessoas que morreram foram arremessadas após o veículo capotar e cair na ribanceira. As vítimas morreram no local.

A polícia informou que os dois carros estavam com a lotação máxima. Os feridos foram levados para o Hospital Regional de Paraíso do Tocantins Os corpos do motorista e da dona de casa foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) da mesma cidade.

Outros acidentes
Este é o quarto acidente com mortes registrado no estado neste fim de semana. Em Araguaína, norte do estado, uma mulher morreu após ser arremessada de um carro que caiu em uma vala na BR-153, no sábado (23). Outras duas pessoas ficaram feridas.

Na mesma rodovia, o dentista José Dias Almeida Júnior, de 28 anos, morreu ao bater de frente com um caminhão. Ele seguia para casa de parentes, onde passaria o Natal.

Outras duas pessoas morreram em um acidente na TO-201 em Axixá do Tocantins, norte do estado, na noite deste domingo (24). Uma das vítimas estava grávida de quatro meses. Conforme a Polícia Militar, o acidente envolveu três veículos e deixou quatro pessoas feridas.

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Facebook

Contato

Whatsapp: 98-988916524

E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Blogroll