sexta-feira, 26 de maio de 2017
O bacharel em Direito Roberto Elísio de Freitas, flagrado em vídeo agredindo a própria mãe (reveja), foi preso na manhã de hoje (26) pela Polícia Civil.
Ele já foi encaminhado para a Superintendência de Polícia Civil da Capital.
O pedido de prisão foi feito pelo promotor de Defesa do Idoso, Augusto Cutrim, e o mandado expedido pela Justiça Estadual.
A idosa, Josete Coutinho de Freitas, de 84 anos, foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML), e será submetida a exame de corpo de delito.
“Umas biscas no braço”, diz agressor sobre violência contra a mãe.
Agressor diz que tem esquizofrênico…
O bacharel em Direito Roberto Elísio Coutinho, preso preventivamente hoje (26) depois de ser flagrado agredindo a própria mãe, tentou amenizar a sua conduta, numa espécie de entrevista coletiva, após sua prisão.
Aos jornalistas ele disse que nunca deu “um murro nela” e que os vídeos mostram apenas “umas biscas no braço”.
“Você pode ver que em momento algum eu dei um murro nela, no rosto dela. Não tem um vídeo que mostre isto. Mostra o quê? Que eu tava dando umas biscas no braço, que eu fiz. Falei coisas que não devia ter falado, mas não que eu fiz uma agressão do jeito que estão falando”, comentou.
Ele segue sustentando que tem surtos psicóticos e que sequer se lembra das agressões – especialistas em Direito ouvidos pelo blog acreditam que, com essa tese, Elísio já prepara a sua defesa.
“Aquele dia [registrado no vídeo-flagrante] já estava uma hora e pouca que a funcionária lá de casa, a cuidadora dela e minha mulher, as três, para fazer ela comer e ela não queria comer de jeito nenhum, entendeu? (sic)”, destacou.

0 comentários:

Postar um comentário

Contatos

Whatsapp: 98-988916524


E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Facebook

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Navigation