sexta-feira, 30 de junho de 2017
O juiz eleitoral José Jorge Figueiredo dos Anjos Júnior, da comarca de Guimarães, decretou na manhã da última quarta-feira (28) a cassação do prefeito de Mirinzal, Jadilson Coelho, e do vice-prefeito, Derson Ribeiro e suas inelegibilidades por 8 anos.
A decisão foi fruto de uma ação movida pela defesa do ex-prefeito Amaury Almeida, em consequência da prisão ilegal do mesmo. O juiz do caso deu parecer favorável à cassação da chapa tendo em vista a gravidade das circunstâncias que caracterizam o todo.
Assim sendo, o juiz decretou nulos os diplomas de prefeito e vice de Jadilson e Derson, além de decretar a perda do mandato eletivo outorgado dos dois investigados nas eleições municipais/2016. Ou seja, os dois foram cassados.
Por força de uma disposição legislativa, o prefeito Jadilson poderá recorrer no cargo à decisão da comarca de Guimarães, entretanto, assim que o Tribunal Regional Eleitoral der o parecer favorável à decisão do juiz Figueiredo, haverão novas eleições em Mirinzal.

0 comentários:

Postar um comentário

IPVA

Contatos

Whatsapp: 98-988916524


E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Facebook

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Navigation