quinta-feira, 30 de novembro de 2017
Número compreende um total de 12,2% de trabalhadores no meses de agosto a outubro
Desemprego no Brasil atinge 12,7 milhões de pessoas.
A taxa de desemprego no Brasil chegou a 12,2% no trimestre que compreende os meses de agosto, setembro e outubro deste ano. O número apresenta uma redução de 0,6% ao registrado no trimestre imediatamente anterior (maio, junho e julho). Na comparação com o mesmo trimestre de 2016, porém, o resultado apresenta uma alta de 0,4%.

Os dados foram divulgados, nesta quinta-feira (30), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad – Contínua).

De acordo com o IBGE, no trimestre, 12,7 milhões de pessoas se encontram desempregadas. O resultado representa uma queda de 4,4% comparado ao trimestre anterior, mas um aumento de 5,8% se comparado aos meses de agosto a outubro de 2016.

Já a população ocupada teve um crescimento de 1% no período comparado ao trimestre de maio a julho. Se comparado aos mesmos meses do ano passado, o aumento foi de 1,8%. Segundo o IBGE, 91,5 milhões de pessoas possuem ocupação no país.

O número de trabalhadores com carteira assinada se manteve, no trimestre até outubro, igual aos três meses anteriores. Porém, houve uma queda de 2,2% na comparação com o mesmo trimestre de 2016. A quantidade de trabalhadores sem carteira assinada cresceu 2,4% no período, atingindo 11 milhões de pessoas. Na comparação com os mesmos meses do ano passado, houve alta de 5,9%.

Segundo a Pnad, o rendimento real, com a inflação já descontada, dos trabalhadores entre agosto e outubro ficou em R$ 2.127. Nos meses de maio a julho o valor estava em R$ 2.119. Já no trimestre até outubro de 2016, o número chegou a R$ 2.119.

0 comentários:

Postar um comentário

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Facebook

Contato

Whatsapp: 98-988916524

E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Blogroll