quinta-feira, 5 de janeiro de 2017
A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Raposa repudia de forma veemente a atitude do senhor Fernandez Barbosa, irmão de um membro deste parlamento, que usou uma rede social para tentar denegrir a imagem desta Casa de Leis e de seus representantes, com acusações levianas.
A Presidência da Câmara comunica à toda a sociedade raposense que o departamento jurídico do Poder Legislativo já foi acionado para solicitar as reparações legais. A imagem do vereador jamais poderá ser atingida com declarações irresponsáveis desta natureza.

A Câmara Municipal de Raposa se solidariza, também, com todos os profissionais de comunicação que atuam no município, cobrindo o dia-a-dia dos bastidores da política local, através de portais de internet, jornais impressos, programas de rádio e, principalmente, os ativistas da blogosfera, por conta dos ataques que o senhor supracitado disparou contra a liberdade de imprensa.
Os vereadores, em maioria, entendem que o trabalho da imprensa é de fundamental importância para o bom funcionamento do processo político e democrático no município.
Por fim, lamentamos este triste incidente, que de forma alguma manchará a imagem do Poder Legislativo de Raposa.
Beka Rodrigues
Presidente da Câmara de Raposa
Raposa, 5 de janeiro de 2017
Após postagem do blogueiro Adrianinho Mais, que reproduziu matéria do portal O Quarto Poder, o irmão do vereador de Raposa, Wagner Fernandes (PRB), mostrando total descontrole e despreparo para receber críticas ao irmão parlamentar, usou a rede social facebook para insultar todos os setores da imprensa política de Raposa, além de ir mais longe, quando acusou os oito (8) vereadores da base governista de terem recebido propina no valor de R$ 15 mil reais, mais 10 vagas de emprego, para apoiarem a prefeita Talita Laci (PCdoB).
O irmão do vereador que se identifica apenas como Fernandez Barbosa no facebook, deve entender que desde o momento em que o Wagner Fernandes resolveu se candidatar, passou a ser figura pública, e depois de eleito, se tornou mais público ainda.
Os erros e acertos do vereador Wagner estão sujeitos às criticas da mídia especializada, assim como da própria população. O vereador e seu irmão devem respeitar o livre trabalho da imprensa e, caso se sintam injustiçados, devem procurar o caminho das pessoas civilizadas, que é o diálogo, solicitando o direito de resposta e não atacando covardemente aqueles que apenas estão fazendo o trabalho de bem informar a população.
Vários comunicadores de Raposa estão repudiando a atitude imatura do irmão do vereador Wagner Fernandes.
Para Udes Filho, autor da matéria principal, a atitude do irmão do vereador é lamentável.
“Veja bem, enquanto pessoa pública, os atos dos vereadores estão sujeitos à critica da imprensa especializada. Na matéria em questão, não houve nada que denegrisse a imagem dos parlamentares […] O irmão do vereador agiu pela emoção e acabou perdendo a razão”, disse Udes.
O blogueiro Nonato Aguiar também saiu em defesa dos companheiros de imprensa. “É lamentável o ocorrido, nem o Adrianinho, nem o Udes falaram nada que não fosse realidade na matéria, inclusive, também a reproduzi no meu blog. Espero que os novos vereadores e seus familiares tenham mais cautela antes de atacar os profissionais de imprensa injustamente”, disse.
Para o blogueiro Joceiton Gomes, é complicado trabalhar assim sendo atacado pelos próprios políticos locais.
“Será que querem impedir a liberdade de imprensa na Raposa? Parece que a imprensa da Raposa deve correr sérios riscos nestes próximos 4 anos, não podemos aceitar a pressão ao a censura dos políticos”,  desabafou.
O presidente da Câmara não foi encontrado para falar sobre as acusações do irmão do vereador contra oitos dos 11 parlamentares.
Magno da Colônia, Laurivan do Posto e Wagner Fernandes

A candidata a prefeita de Raposa, vencida em 2016, Ocileia Fernandes (PRB), se reuniu, na noite de segunda-feira (2), na residência de Andréa Sayre – presidente da Colônia de Pescadores do município – com os vereadores oposicionistas do seu partido, Magno da Colônia e Wagner Fernandes, além do vereador Laurivan do Posto (PMDB).
De acordo com informações repassadas ao Blog do Udes Filho , o grupo tenta se encontrar como oposição na Câmara, definindo ações para tentar desestabilizar a nova Mesa Diretora da Casa de Leis e a recém-iniciada gestão da prefeita Talita Laci (PCdoB).
Outro vacilo da banqueta de oposição na Câmara de Raposa se estendeu, também, à formação das poderosas comissões parlamentares. O G3 – grupo de três vereadores da oposição – talvez por inexperiência, dormiu no ponto e não conquistou destaque nas principais comissões. Já o G8 – grupo de oito vereadores da base governista – se organizou a marcou território nas principais, para não dizer em todas.
Já na manhã de terça-feira (2), os vereadores Magno, Wagner e Laurivan tentaram fazer movimentos estratégicos, mas por falta de conhecimento técnico sobre os tramites internos dos requerimentos da Casa, acabaram ficando em saia justa e tendo as primeiras ações como oposição culminando em fracasso.
O Blog do Udes Filho procurou o vereador Laurivan do Posto para tratar sobre a tal reunião da oposição. O peemedebista confirmou ao blog que reunião com os colegas de parlamento Magno da Colônia e Wagner Fernandes de fato aconteceu na noite de segunda-feira (2), mas negou que estivessem tratando sobre assuntos contra a Mesa Diretora da Câmara ou contra a administração Talita Laci.
As comissões parlamentares têm funções como elaboração das leis e acompanhamento das ações administrativas, no âmbito do Poder Executivo, as Comissões promovem, também, debates e discussões com a participação da sociedade em geral, sobre todos os temas ou assuntos de seu interesse.

O OUTRO LADO DA MOEDA
Laurivan confirmou, também, que a líder do PRB na Raposa, Ocileia Fernandes, esteve presente na reunião, mas afirma ter sido um encontro ocasional.
Sobre a presença de Ocileia Fernandes, líder do PRB, na reunião, Laurivan disse: “Amigo Udes, você sabe que na Raposa todo mundo é amigo de todo mundo independente de política. A Ocileia passou por lá, coincidentemente, na hora que chegávamos à casa da Andreia e acabou nos fazendo companhia, tomando um saboroso café, durante uma rápida conversa que nada teve com a política local”.
“Nós somos vereadores da oposição e periodicamente precisamos nos reunir, isso é normal, faz parte das atividades dos vereadores, mas ninguém estava tramando nada contra a mesa diretora da Câmara e muito menos contra a atual gestão”, assegurou Laurivan.
O líder do bloco Unidos pela Raposa, vereador Enoque (PMDB)
Vereadores dos partidos PCdoB, PSDB, PR, PT e PMDB, mediante deliberação da maioria de seus membros, criaram o blocão parlamentar “Unidos Pela Raposa”, tendo como líder o vereador Enoque (PMDB).
Bloco parlamentar é um grupo de parlamentares de vários partidos constituído com, no mínimo, um décimo da composição da Casa. A bancada do bloco é comandada por um líder. Os líderes dos respectivos partidos que compõem o bloco perdem suas atribuições e prerrogativas regimentais, mas assumem, preferencialmente, as funções de vice-líder do bloco.
Compõem o blocão, liderados por Enoque, os vereadores Josevaldo, Beka, Laurivan, Eliene, Ribamar, Rosa do Araçagy e Voney.
O post Vereador Enoque é eleito líder do blocão Unidos pela Raposa apareceu primeiro em O Quarto Poder.
A Câmara Municipal de São José de Ribamar aprovou em sessão extraordinária na tarde desta terça-feira, dia 03, matérias do Executivo Municipal. Nas duas sessões realizadas, segunda e terça-feira, atendendo à convocação feita pelo prefeito Luis Fernando Silva (PSDB), os vereadores ribamarenses aprovaram por unanimidade os cinco projetos encaminhados.
As matérias aprovadas pela Câmara são parte do conjunto de dez medidas anunciadas pelo prefeito no primeiro dia da sua gestão. As cinco mensagens dispõem respectivamente sobre a reinstituição do Projeto Meninos do Santuário, sobre a instituição do Projeto Voluntariado Municipal, dispõe sobre o Programa de Recuperação de Créditos Fiscais (PREFIS), fixa novo salário mínimo para os servidores públicos e reorganiza a estrutura da administração direta do Município.
Na nova gestão o Executivo funcionará com as seguintes pastas: Secretaria Municipal de Planejamento, Administração e Finanças (SEMPAF), Secretaria Municipal da Receita e Fiscalização Urbanística (SEMREC), Secretaria Municipal de Transporte Coletivo, Trânsito e Defesa Social (SEMTRANS), Secretaria Municipal de Educação (SEMED), Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS), Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Renda (SEMAS), Secretaria Municipal do Ambiente (SEMAM), Secretaria Municipal de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer (SEMTUR), Secretaria Municipal da Juventude (SEMJUV), Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (SEMAGRI), Secretaria Municipal de Regularização Fundiária e Cidadania (SEMREF), Secretaria Municipal de Obras, Habitação, Serviços Públicos e Urbanismo (SEMOSP), Secretaria Municipal de Recuperação e Manutenção da Malha Viária, Prédios e Logradouros Públicos (SEMMAV).
Para o prefeito Luis Fernando, a aprovação dos projetos foi de suma importância para o funcionamento das políticas públicas na nova administração. “Além da reforma administrativa aprovada, imprescindível para o bom funcionamento da gestão, os projetos da área social (Voluntariado Municipal e Meninos do Santuário) influenciam diretamente no resgate da autoestima do ribamarense. São projetos que dignificam as pessoas e valorizam os esforços de reconstruirmos uma cidade melhor para todos”, disse.
Na mesma linha de raciocínio avaliou o presidente da Câmara, Beto das Vilas: “A aprovação dessas medidas é essencial para que o prefeito possa iniciar imediatamente o trabalho no município. A população espera por melhorias em todas as áreas. A volta de projetos importantes como Meninos do Santuário e Voluntariado mostram o interesse da nova administração em colocar o município no rumo do desenvolvimento”.
“Por outro lado, o projeto que fixa o novo salário mínimo e o que dispõe sobre PREFIS contribuem diretamente para a recuperação da nossa economia, ajudando no enfrentamento à crise econômica que o país vive atualmente”, complementou o prefeito Luis Fernando.

Contatos

Whatsapp: 98-988916524


E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Facebook

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Navigation