terça-feira, 7 de fevereiro de 2017
O deputado estadual e Líder do Governo na Assembleia Legislativa, Rogério Cafeteira (PSB), utilizou a Tribuna da Assembleia Legislativa para assegurar que o secretário de Infraestrutura do Governo Flávio Dino, Clayton Noleto, irá prestar esclarecimentos aos parlamentares estaduais do Maranhão.
Cafeteira foi à Tribuna após o deputado Edilázio Júnior (PV) dar entrada num Requerimento de Convocação do secretário Clayton Noleto, conforme o Blog destacou (reveja).
“Eu quero fazer um compromisso com o deputado Edilázio Júnior, até porque no fim do ano passado o secretário Clayton me procurou e se colocou à disposição, que o requerimento seja retirado de pauta e o secretário virá aqui, basta que marquemos uma data. Falei com ele e ele está à inteira disposição de vir”, assegurou Cafeteira.
Edilázio até pensou duas vezes antes de retirar o requerimento de pauta, afinal o Governo Flávio Dino tem se tornado expert em prometer e não cumprir. Entretanto, para não dizer que faz uma oposição do quanto pior, melhor, Edilázio retirou o requerimento da pauta da Sessão Ordinária desta terça-feira (07) e deu um prazo até amanhã para que fosse confirmada a data da ida de Clayton Noleto ao parlamento estadual.
“Irei retirar o requerimento de pauta hoje em confiança a palavra do Líder do Governo, Rogério Cafeteira, mas se não trouxer a data amanhã em que o Secretário virá, eu reapresento o requerimento e espero contar com o voto do próprio Cafeteira, que ficará numa situação delicada”, destacou Edilázio.
Agora é aguardar e conferir.
O deputado estadual Edilázio Júnior (PV) apontou uma série de divergências ontem, no discurso do governador Flávio Dino (PCdoB), proferido na última quinta-feira na Assembleia Legislativa.
Na ocasião Dino havia pontuado projeção econômica no estado com aumento de dois pontos percentuais do Produto Interno Bruto (PIB), investimento para a melhora da balneabilidade das praias da capital e disposição dos secretários de estado, assim que convocados, para comparecimento no Legislativo.
“Nada bate a realidade em relação ao que ele falou naquela tribuna com o que vem passando o nosso estado e o que vem acontecendo aqui nesta Casa”, disse.
Edilázio falou de algumas incoerências do governador. “Só para citar alguns exemplos, ele falou da segurança, que a segurança vem melhorando, que os índices vêm melhorando, e quando chega o final de semana dois policiais mortos; fala do crescimento da economia do estado do Maranhão, aí vem agora os números do PIB 6,9% menor no Maranhão com relação ao ano de 2015 e aí ele fala das praias, vem o jornal da Folha de São Paulo e diz que todas as praias de São Luís estão impróprias para banho”, completou.
Edilázio também criticou o fato de Flávio Dino ter assegurado a presença de todos os secretários de estado na Assembleia, em 2016, assim que convocados pelos deputados. Na mesma ocasião, o parlamentar anunciou a convocação do secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto (PCdoB), para dar esclarecimento a respeito do Programa Mais Asfalto.
“O que ainda mais me chamou atenção é que ele disse que toda a semana tem secretário de governo aqui na Assembleia, para prestar esclarecimentos. Enquanto nós sabemos que sequer um requerimento de informações nós conseguimos aprovar e todos os requerimentos nesta Casa de convocação de secretários foram barrados. Então, meus colegas parlamentares, imprensa, senhor presidente em exercício, hoje eu já apresentei um pedido de convocação do secretário de Infraestrutura Clayton Noleto. Vamos começar esse ano de 2017, esse ano parlamentar, para que na semana que vem ele se faça presente nesta Casa para prestar os esclarecimentos do Mais Asfalto e, assim, fazer jus às palavras do governador Flávio Dino”, finalizou.
Visando a redução de custos e gestão racional de recursos públicos, o governador Flávio Dino anunciou na manhã desta segunda-feira (6), mudanças em secretarias e órgãos de governo válidas para o ano de 2017. 

As novas estruturas foram modificadas com fusões e extinções, como explicou o governador. 

“Prosseguindo com medidas de racionalização administrativa, estamos realizando algumas extinções e fusões de órgãos e entes”, detalhou.

Entre as mudanças, o governador anunciou a fusão da Secretaria de Estado de Minas e Energia com a Secretaria de Indústria e Comércio e o Viva com o Procon.

Além desses, houve ainda a fusão da Agência de Serviços Públicos com a Agência de Mobilidade Urbana, haverá, ainda, a instalação da Agência Metropolitana, um dos passos dados pelo Governo para a metropolização de São Luís.

“A organização da Região Metropolitana de São Luís é um antigo sonho, que vamos lutar para viabilizar agora, com a união dos prefeitos e prefeitas”, destacou. Também será criada a Secretaria de Relações Institucionais. “Com as mudanças, haverá economia de gastos e não haverá criação de cargos”, frisou o governador.

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Contatos

Whatsapp: 98-988916524


E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Facebook

Navigation