sábado, 11 de fevereiro de 2017
A Universidade Estadual do Maranhão divulgou nesta sexta, 10, o resultado do Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (PAES 2017). Mais de 54.700 pessoas se inscreveram nesta edição do Vestibular.
Para este ano, foram ofertadas 4.220 vagas distribuídas em todos os campi. Quatro novos cursos terão início em 2017 na UEMA: Filosofia, Campus São Luís; Educação Física, Campus São João dos Patos; Ciências Contábeis, em Codó e; Ciências Naturais, no Campus Caxias.
O curso mais concorrido do PAES 2017 foi o de Formação de Oficiais – Bacharelado em Segurança Pública da Polícia Militar do Maranhão (CFO), na categoria feminina. Foram 600,25 candidatas concorrendo a uma vaga.
O segundo curso mais disputado foi o de Formação de Oficiais – Bacharelado em Segurança Pública da PMMA, na categoria masculina, com 251,06 candidatos por vaga; seguido do curso de Medicina, com 244,62 candidatos por vaga.
O Processo Seletivo foi realizado nos seguintes campi: São Luís , Pedreiras, São João dos Patos, Caxias, Timon, Barra do Corda,Imperatriz,  Grajaú, Codó, Bacabal, Lago da Pedra, Coelho Neto,Balsas, Zé Doca, Pinheiro, Santa Inês, Itapecuru-Mirim, Presidente Dutra, Açailândia, Colinas  e Coroatá.
A partir de maio de 2017, o governo do Maranhão pagará o sexto maior subsídio ao Policial Militar em início de carreira no país. Medida neste sentido está assegurada pelo orçamento estadual e o subsídio inicial do soldado da PMMA e do CBPMA será de R$ 4.019,62. Esse valor será de R$ 4.558,24, a partir de maio de 2018. 

O pagamento será efetuado ainda dentro do mês, como tem feito o governo desde janeiro de 2015, mesmo diante de um cenário de crise econômica, que tem inviabilizado as finanças de vários estados.

A esse valor do novo subsídio ainda são acrescentadas gratificações que no total o aproxima de R$ 5 mil. No estado do Rio de Janeiro, onde os policiais estão com salários atrasados e parte do décimo terceiro ainda não foi pago, o subsídio inicial do soldado da PM não alcança R$ 2 mil.

Pela tabela de salários da PM do país, o Maranhão ficará apenas abaixo de Brasília, Goiás, Santa Catarina, Minas Gerais e Tocantins. Na capital do país, o salário do PM em início de carreira atualmente é de R$ 4.700,00, seguida de Goiás, com R$ 4.485, 00; Santa Catarina com 4.143,67; Minas Gerais que paga R$ 4.143,87, e, por fim, Tocantins onde soldado tem subsídio de R$ 4.056,67.

A corporação no Estado hoje é formada por cerca de 9 mil policiais militares. Mil destes foram incorporados por ato do governador Flávio Dino ao assumir o governo, em 1º de janeiro de 2015. No país inteiro está havendo um esvaziamento dos quartéis da PM. Em Brasília entre janeiro e a primeira semana de fevereiro, mas de 1,2 mil policiais pediram desligamento, ingressaram com pedidos de aposentadoria ou simplesmente trocaram a corporação por outra profissão.

Em maio os subsídios do coronel, maior posto da Policia Militar e Corpo de Bombeiros Militar, que passará a R$ 15.312,82, sem contar as gratificações. Segundo ainda a tabela de subsídios, o aluno do Centro de Formação da Policia do primeiro, segundo e terceiro ano terão subsídios entre R$ 3.062,56 e R$ 3.368,82.

Com informações do Blog Marrapá
A partir de agora adolescentes apreendidos em flagrante na jurisdição do Termo Judiciário de São Luís serão encaminhados pela polícia civil diretamente aos núcleos de atendimento da Fundação da Criança e do Adolescente (FUNAC), e não mais ao Promotor de Justiça. A decisão é objeto da Portaria Conjunta nº 001/2017, assinada pela 2ª Vara da Infância e Juventude de São Luís, Ministério Público, Defensoria Pública e FUNAC.

Em caso de adolescente masculino, a polícia o encaminhará ao Núcleo de Atendimento Inicial (NAI), da FUNAC, instalado no Centro Integrado de Justiça Juvenil (CIJJUV), localizado à Rua das Cajazeiras, 190-Centro (Anel Viário), onde também funcionará a partir de segunda-feira (13), a 2ª Vara da Infância e Juventude de São Luís. Se adolescente feminino, ele será apresentado ao Centro da Juventude Florescer (CJF), localizado no bairro do Anil.

O juiz de Direito titular da 2ª Vara da Infância e Juventude, José dos Santos Costa, esclarece que a medida objetiva melhorar a prestação da assistência. “Essa portaria dará maior celeridade e deve assegurar um atendimento mais humanizado ao adolescente, porque a própria Vara da Infância já irá ouvi-lo após a apreensão”.

Feita a apreensão e apresentação ao foro devido, o juiz da unidade judicial fará audiência preliminar, ouvindo o Ministério Público, que poderá decidir por representar ou remir o adolescente. O juiz José Costa acredita que o processo será mais ágil e apresentará resultado em 45 dias. “A Vara fará mais do que uma audiência de custódia, já passa à audiência preliminar com o adolescente, a fim de resolver logo a situação (a internação do infrator ou outra medida cabível)”.

De acordo com a Portaria, os adolescentes apreendidos em flagrante no Termo Judiciário de São Luís, inclusive no período noturno, aos finais de semana e feriados, devem ser apresentados pela polícia diretamente ao Núcleo de Atendimento Inicial (NAI), para oitiva informal pelo Promotor de Justiça. O NAI deverá informar ao Promotor de Justiça plantonista para a oitiva informal, quando os autos de flagrante forem apresentados após as 18 horas de sexta-feira, aos finais de semana e feriados.


De segunda a sexta-feira, das 08h às 18h, incluindo o período noturno de segunda a quinta-feira, as comunicações de flagrante de auto infracional da Polícia Civil devem ser entregues perante as recepções da 2ª Vara da Infância e Juventude, Promotoria de Justiça e Defensoria Pública, todos instalados no Centro Integrado de Justiça Juvenil. Nos finais de semana e feriados serão apresentadas no Plantão Judiciário do Fórum do Calhau.

Contatos

Whatsapp: 98-988916524


E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Facebook

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Navigation