terça-feira, 18 de abril de 2017
O Maranhão vai ter concurso público para novos policiais ainda neste ano. O anúncio foi feito nesta terça-feira (18) pelo governador Flávio Dino, durante entrevista ao programa “Comando da Manhã”, na Rádio Timbira, transmitida para quase 40 emissoras de todo o estado.

“Temos feito um esforço bastante grande de qualificação e recomposição do contingente da polícia. Temos hoje um número recorde de policiais, de mais de 12 mil, após muitas contratações e nomeações”, disse.

Flávio afirmou que, se contar policiais militares, civis e bombeiros, são quase 3 mil nomeações desde 2015.

“Agora é hora de novo concurso. Já autorizei a Polícia Civil, a Militar e os Bombeiros para que façam o edital e que as provas saiam neste ano, para que no próximo tenhamos mais policiais nomeados.”

Ele também lembrou a distribuição de 577 viaturas aos municípios maranhenses nestes pouco mais de dois anos. Flávio ainda disse que em 2017 serão entregues mais 130 novos carros e 100 novas motociclistas.

“Vamos entregar 230 novas viaturas neste ano para os policiais novos que chegarem encontrem os veículos novos, além dos equipamentos que temos comprado”, afirmou.
Em resposta a ação movida pelo Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA), a Justiça Federal reconheceu a responsabilidade da União, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Renováveis (Ibama) por omissão no combate à pesca de arrasto (com rede) no litoral maranhense, principalmente na área do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. As instituições não estavam adotando medidas eficazes de fiscalização da atividade pesqueira na região.
De acordo com as denúncias que embasaram a ação civil pública proposta pelo MPF/MA, a pesca ilegal de arrasto tem sido comumente desenvolvida por pescadores artesanais no Parque, em especial na região da Ponta do Mangue e Canto do Atins, no município de Barreirinhas (MA). Esse tipo de pesca causa sérios impactos ambientais na região, como destruição de habitat do fundo oceânico, captura de espécies não-alvo, como estrelas-do-mar, ouriços, tubarões e tartarugas, e prejuízo à biodiversidade marinha, além de impactos sociais negativos aos pescadores do litoral.
Segundo consta na sentença proferida pelo juiz federal da 8ª Vara, “a injustificada e inaceitável omissão da Administração Pública representa perigo – real – ao direito fundamental ao meio ambiente sadio, pois é da inércia dos demandados que decorre a continuidade da pesca de arrasto”.
Por conta disso, a Justiça Federal condenou a União, Ibama e ICMBio a promoverem, no prazo de um ano, a implantação efetiva de estruturas ou equipamentos capazes de impedir ou reduzir a pesca de arrasto, precedidos dos estudos necessários para a instalação de artifícios anti-redes em pontos estratégicos no fundo do oceano, conforme planejamento administrativo. Além disso, deverão, em até um ano, disponibilizar agentes de fiscalização e equipamentos (inclusive embarcações) apropriados ao escritório do ICMBio no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, a fim de manter a fiscalização contínua nas águas da região, e promover as atividades de planejamento necessárias à fiscalização da pesca com rede no litoral maranhense, especialmente na região do Parque.

Equipe do SAAE botando novas bombas em poços que abastece a Raposa, nesta segunda -feira 20/02/2017.
"Nós estamos só dando continuidade a um trabalho que a gente já começou desde o dia 2 de janeiro, inclusive essa aqui é a 5ª bomba nova que a gente está instalando. E essa é só mais uma, e daqui pra frente será assim, enquanto a gente não trocar as 30 bombas que estão danificadas, todas elas quebrando uma após a outra, " declarou Newton - diretor do Saae.
"Essa aqui é zero quilometro! Uma das maiores bombas do município - Tudo novo, bomba nova, coluna nova e, de 4 polegadas. Esse aqui é o poço que abastece a área central de Raposa, inclusive o Garrancho. Agente já começa a melhorar a água daquele setor, e com mais uma bomba que a gente tá aguardando, pra gente retirar a água salgada que abastece o Garrancho, " disse.
"RECEBEMOS O SAAE (SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO DE RAPOSA-MA) NO DIA 02/01/2017, EM PLENO FUNCIONAMENTO, TODOS OS 30 (TRINTA) POÇOS FUNCIONANDO, PORÉM TODOS ELES COM BOMBAS INFERIORES AO QUE SE NECESSITAVA PARA O ABASTECIMENTO NORMAL DO MUNICÍPIO DE RAPOSA-MA.
ALÉM DE ESTAREM TODAS EM ESTADO TERMINAL DE USO. (BOMBAS VELHAS).
NO ESCRITÓRIO; NÃO TINHA PAPEIS, CANETAS, CALCULADORAS, GRAMPEADORES, PLANCHETAS, CLIPIS, E ENTRE OUTROS; NO ALMOXARIFADO FALTAVA TUDO.
TIPO: CANOS DE TODOS OS DIÂMETROS, COLAS, SERRAS, CONEXÕES DE TODOS OS TIPOS, (MATERIAIS DE USO DIÁRIO).
 MATERIAIS DE CAMPO (FERRAMENTAS)
NÃO TINHA PÁS, ENXADAS, PICARETES, ENXADECOS, CHIBANCAS, CAVADEIRAS, ALAVANCAS, LUVAS, CHAVES E ENTRE OUTROS.
MATERIAIS DE LIMPEZA
NÃO TINHA NADA. NÃO EXISTIA NEM UM AR-CONDICIONADO.
NO LABORATÓRIO NÃO TINHA MATERIAL BÁSICOS.
DO ABASTECIMENTO
O SAAE EMITE CONTA DE ÁGUA PARA 6.000 (SEIS MIL) CONSUMIDORES NO MUNICÍPIO DE RAPOSA
E ABASTECE CERCA DE 11.000 (ONZE MIL) RESIDENCIAS.
ESSA DIFERENCIA É PROVENIENTE DE LIGAÇÕES CLANDESTINA E AUTO RELIGAÇÕES , TENDO EM VISTA QUE A GESTÃO ANTERIOR VIROU AS COSTAS. DAÍ O SUCATEAMENTO.
EM NOSSA GESTÃO. JÁ CONSEGUIMOS ABASTECER TODOS OS CONSUMIDORES DO MUNICÍPIO. SOMOS HUMILDES EM DIZER QUE A ÁGUA FORNECIDA PELO SAAE, AINDA NÃO ESTÁ 100% EM QUALIDADE , MAS O PRÓXIMO PASSO É MELHORAR A QUALIDADE DA ÁGUA DO NOSSO MUNICÍPIO...
A RECEITA TOTAL DO SAAE É PROVENIENTE DA ARRECADAÇÃO, PORTANTO O SAAE DEPENDE DE SEUS USUÁRIOS. EM REFERENCIA AO PAGAMENTO DE SUAS CONTAS EM DIAS.
PRA QUE O SAAE, CONTINUE COM O ABASTECIMENTO NORMAL, E MELHORIAS NA QUALIDADE DA ÁGUA FORNECIDA.
LEMBRANDO QUE O CORTE NO FORNECIMENTO DE ÁGUA É O ÚLTIMO CASO. MAS SE NECESSÁRIO É CERTO QUE FAREMOS," PALAVRAS DO DIRETOR Newton.
DÉBITO DO SAAE COM A CEMAR
O SAAE ADQUIRIU UM DÉBITO COM A CEMAR NO VALOR APROXIMADO DE R$626.000,00 (SEISCENTOS E VINTE SEIS MIL REAIS) DESDE JULHO DE 2016. O GESTOR ANTERIOR NÃO PAGOU UMA CONTA SE QUER.
FUNCIONAMENTO DO SAAE - HOJE
DOS 30 (TRINTA) POÇOS, EM FUNCIONAMENTO. 14 (QUATORZE) DELES FORAM RECUPERADOS.
AS 05 (CINCO) BOMBAS NOVAS FORAM COMPRADAS E INSTALADAS.
09 (NOVE) BOMBAS FORAM RECUPERADAS, 02 (DUAS) AINDA Á SER RECUPERADAS.
“Compramos três bombas e adaptamos outras 14 para aumentar a capacidade de distribuição de água, mas estamos trabalhando no limite do limite, se não for tomada uma medida para revitalizar o SAAE vamos parar”, explicou o diretor Neuton de Sena Silva.
Situação caótica
Para o Contador do órgão, Raimundo Nonato Marques Silva, medidas enérgicas precisam ser tomadas o mais rápido possível, no sentido de salvar o SAAE e não deixar a população prejudicada por conta do descaso dos gestores anteriores.
“A Câmara precisa puxar essa discussão, porque hoje temos uma inadimplência de 70%, ou seja, mais de 4 mil casas usam águas mais não pagam. Por mais que seja ruim, é preciso reajustar o valor da tarifa urgentemente. Outra medida que ajudará o SAAE é fazer o mesmo que as operadores de telefonia e a própria Cemar faz, que é usar o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) para quem não paga as contas”, desabafou Marques.
“É um absurdo ainda ter que receber dinheiro público em mãos como acontece no SAAE, contas públicas têm que ser pagas no banco com o devido código de barras, já solicitei que seja firmado uma parceria com uma instituição bancária para recebimento dos valores referentes a água do nosso município”, disse a gestora. A prefeita Talita explicou que não basta os investimentos feitos nos três primeiros meses de gestão, é necessário oferecer descontos de até 50% para quem estar em atraso poder sanar suas dívidas, além disso, a gestora explicou que já autorizou o órgão formalizar parceria com uma agência bancária.
Durante conversa com os vereadores, a prefeita também falou da importância de um recadastramento geral de todos os consumidores, uma ampla campanha de consonantização do não desperdício de água, do pagamento em dias, e por fim, de um estudo amplo para futura instalação de hidrômetros.
Registro fotográfico - Nonato Aguiar / Folha Do Município

Contatos

Whatsapp: 98-988916524


E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Facebook

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Navigation