terça-feira, 27 de junho de 2017
Cursos técnicos gratuitos são destinados a estudantes matriculados no Ensino Médio da rede pública do MA, pelo Programa Mediotec.
Ao todo, estão são ofertadas 6.525 vagas, sendo 2.925 para a capital e 3.600 para o interior do estado, abrangendo 27 municípios.

Estão abertas até o dia 14 de julho as inscrições para os cursos técnicos gratuitos destinados a estudantes matriculados no Ensino Médio (preferencialmente do 1º e 2º anos do Ensino Médio), da rede pública do Maranhão, pelo Programa Mediotec, iniciativa do Ministério da Educação, em parceria com o governo do Estado. Interessados em participar do programa deverão se inscrever no site da Seduc, até o preenchimento total do número de vagas de cada curso. 

Ao todo, estão são ofertadas 6.525 vagas, sendo 2.925 para a capital e 3.600 para o interior do estado, abrangendo 27 municípios. A execução do Mediotec se dá em parceria com a rede federal de educação profissional, científica e tecnológica, redes públicas estaduais de educação e as instituições privadas de ensino técnico de nível médio. No Maranhão, a Seduc é responsável pela pré-matrícula dos candidatos inscritos e aprovados na seleção. 

Após a seleção, os estudantes pré-matriculados receberão uma Carta de Encaminhamento (documento a ser emitido pelo Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica – Sistec), via e-mail, na qual constarão os prazos e as informações para a confirmação de sua matrícula, que deverá ser feita – pelo aluno e de posse da carta – na instituição de ensino ofertante do curso, por ele escolhido e para o qual foi selecionado. 

Os estudantes matriculados nos cursos do Mediotec terão assistência estudantil, por meio dos serviços de transporte e alimentação (durante o período de permanência na escola) ou por meio de pagamento de bolsa, com valor mínimo de R$2,00 por hora/aula cursada. Além disso, os estudantes receberão gratuitamente todo o material didático/escolar e uniforme.
Vera Fischer (Foto: Rodrigo Gorosito/G1)
Vera Fischer é internada no Rio com pneumonia. Atriz está na UTI da Clínica São Vicente, na Gávea, Zona Sul. Assessoria do hospital diz que não há previsão de alta hospitalar.

A atriz Vera Fischer, de 65 anos, foi internada na Clínica São Vicente, na Gávea, Zona Sul do Rio de Janeiro. 

A assessoria do hospital informou que a atriz foi internada na UTI, com quadro de pneumonia. "Vera encontra-se com boa evolução clínica, respondendo ao antibiótico realizado e respirando espontaneamente", dizia o boletim. 

Não há previsão de alta hospitalar. A assessoria de imprensa da atriz disse que ela se internou por uma questão preventiva, por conta de uma forte gripe mal curada.
O senador João Alberto, dá entrevista depois de ter sido reeleito presidente do Conselho de Ética do Senado (Foto: Gustavo Garcia / G1)
Presidente do Conselho de Ética do Senado, João Alberto é internado às pressas. Depois de sentir tontura e sofrer desacelaração cardíaca, ele será submetido a cirurgia para colocação de um marca-passo, informou assessoria.

O senador João Alberto (PMDB-MA) foi internado às pressas no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, e será submetido a uma cirurgia cardíaca, informou na tarde desta terça-feira (27) a assessoria do parlamentar. 

Segundo a assessoria, ele sentiu tontura e sofreu desacelaração cardíaca. O objetivo da cirurgia é a colocação de um marca-passo. 

No último dia 6, João Alberto (MA) foi reeleito presidente do Conselho de Ética do Senado. É a sexta vez que o parlamentar do Maranhão assume a função. Na sexta-feira (23), João Alberto decidiu arquivar pedido de cassação do mandato do senador Aécio Neves (PSDB-MG). 
O pedido foi formulado pelos partidos Rede e PSOL. Nesta terça, um grupo de senadores protocolou recurso contra a decisão
Mazinho e Robervânia foram presos em suas residências em Centro Novo
O Poder Judiciário determinou a prisão temporária, por cinco dias, dos vereadores de Centro Novo do Maranhão, Robevânia Maria da Silva (PR) e Sinomar Farias Vieira (PMDB), conhecido como Mazinho. O pedido foi feito pelo Ministério Público do Maranhão. Os parlamentares são suspeitos da prática dos crimes de corrupção e associação criminosa.
Além dos mandados de prisão cumpridos na manhã desta terça-feira, 27, por membros do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e do Departamento Estadual de Combate à Corrupção (Deccor) da Polícia Civil, foram cumpridos mandados de busca e apreensão na residência dos dois vereadores e de um terceiro, Evaldo Chaves de França, conhecido como Neto da Agricultura.
Os vereadores também foram afastados das funções parlamentares e proibidos de manter contato entre si ou com qualquer outro vereador de Centro Novo do Maranhão até nova deliberação judicial.
Segundo o MP, a eleição da mesa diretora da Câmara Municipal foi manipulada pelo pagamento a outros vereadores, com a suspeita de participação de agiotas na transação criminosa.
Robevânia Silva teria recebido R$ 40 mil do presidente do Poder Legislativo municipal, Sinomar Vieira, para pagar agiotas e votar nele. Evaldo França também teria recebido vantagens financeiras.
Os promotores de justiça tiveram acesso a uma gravação em que a vereadora admite o recebimento do dinheiro e a negociação com agiotas com o objetivo de intervir na eleição da mesa diretora da Câmara Municipal.
“Os R$ 40 mil que eu peguei do Mazinho na Câmara só deu pra pagar dois agiotas. O dinheiro que eu tirei pra mim foi só R$ 8 mil pra poder tirar esse carro pra mim (sic)não andar a pé, que isso era uma vergonha de o vereador sair de quase dois mandatos e sair a pé(…)”, afirmou a vereadora Robevânia Silva, flagrada na gravação.
Os pedidos de prisão e afastamento foram assinados pelos promotores de justiça Saulo Jerônimo Leite Barbosa de Almeida e André Charles Martins Alcântara Oliveira, titulares da Comarca de Maracaçumé, da qual Centro Novo do Maranhão é Termo Judiciário.
Os membros do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) também assinaram a manifestação. A decisão é do juiz Rômulo Lago e Cruz.
“O fato em questão trata de eleição para a escolha do presidente do parlamento municipal, responsável, entre outras atribuições, pela fiscalização da gestão municipal, e que os fatos noticiados e as provas até então colhidas, indicam o viés criminoso dos envolvidos, manipulando a citada eleição através da compra e venda de parlamentares”, destacam, os promotores de justiça, na manifestação ministerial.
Governador Flávio Dino entrega oitava Escola Digna em oito dias. (Foto: Divulgação)
O governador Flávio Dino entregou nesta segunda-feira (26) a oitava Escola Digna em oito dias. Foi uma por dia ao longo da última semana.
A de hoje foi a reconstrução do Centro de Ensino São José de Ribamar, escola da rede estadual localizada na cidade de mesmo nome, que ganhou nova biblioteca, auditório, laboratórios, além de espaços administrativos.
“Não existe desenvolvimento sem investimento na educação”, disse Flávio ao entregar a escola.  Nesta semana, outras três unidades escolares ainda serão entregues pelo Governo do Maranhão.
Uma por dia
Pedreiras, Peritoró, São João do Sóter, Aldeias Altas e São José de Ribamar são as cidades beneficiadas com as escolas nestes últimos oito dias.
As inaugurações promovidas pelas secretarias estaduais de Infraestrutura (Sinfra) e Educação (Seduc) começaram com a entrega de três unidades escolares em Peritoró e Pedreiras.
Em Peritoró, foram construídas duas Escolas Dignas em substituição a casebres de taipa e palha. No Povoado Bacuri, a população recebeu as novas instalações da Unidade de Ensino Municipal Juarez Nunes; e no povoado Santa Maria, agora as crianças estudam em novo prédio da Escola Municipal Gonçalves Dias.
“Estou muito feliz por receber essa escola para trabalhar com mais dignidade”, diz a professora Narcisa Correa após a entrega na comunidade Bacuri. “Essa escola é muito melhor que a outra onde a gente estudava antes”, afirma a aluna Ingrid Coqueiro sobre a nova unidade escolar.
Em Pedreiras, o Centro de Ensino Olindina Nunes Freire foi totalmente reconstruído e entregue aos estudantes, juntamente com 3.390 mil uniformes escolares. “As instalações são maiores, não vai ter lotação, tem ar condicionado, laboratório”, afirma a aluna Isabelle Lopes.
As entregas continuaram na sexta-feira (23), com mais uma unidade escolar reformada em Peritoró. O Centro de Ensino João Mohana recebeu ventiladores novos, sala de leitura, secretaria, diretoria, pátio e outros espaços revitalizados, em benefício a 680 alunos.
No sábado (24), foram inauguradas duas unidades construídas em Aldeias Altas: a Escola Municipal Dioclesiana de Morais Silva e Escola Municipal Antonio Gonçalves Dias. No mesmo dia, foi entregue em São João do Sóter a Escola Municipal Rogério da Silva Mota, também construída em substituição a unidade de taipa.

Contatos

Whatsapp: 98-988916524


E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Facebook

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Navigation