sexta-feira, 22 de setembro de 2017
A prefeita de Raposa (Talita Laci), entregou nesta quinta-feira, 21, vários materiais, insumos agrícolas e equipamentos (carros e moto) para atender a necessidade dos agricultores das comunidades rurais e  da cidade, ao lado da prefeita Talita Laci, estavam presentes os secretários de agricultura Alonso, a secretária-adjunta de agricultura Bianca Lucena o ex-prefeito José Laci, o secretário de obras Fabrício, a secretária de ação social Nádia Oliveira e o presidente da câmara municipal Beka Rodrigues e Vários vereadores(Voney, Joaquim Souto, Ribamar, Professora Eliene, Rosa do Araçagy, Enoque, Josivaldo e Laurivan do Posto.
A prefeita Talita Laci foi recebida pelas famílias de agricultores, numa conversa que elas aproveitaram para assim cobrar da gestora, viabilidade nas estradas, que precisam de maior atenção.
Uma das coordenadoras do movimento naquele assentamento, Maria da Silva (Maria da Horta), destacou a importância da visita da prefeita com o secretário de agricultura, quando ressaltou o compromisso que a gestora demonstrou com as famílias daquelas localidades rurais.
Segundo Maria, a prefeita se prontificou em atender os anseios da comunidade em que moram cerca de 8.000 pessoas, e que precisam de atendimento na saúde, educação, infraestrutura e todos os setores do governo municipal.
Quem também falou do quanto foi importante receber a prefeita, foi o vereador Voney, ele lembrou que gestões anteriores não davam tanta atenção como vem recebendo agora e disse que graças à boa vontade da prefeita, o povo da região tem sido beneficiado.

Segundo ele, entre as cobranças, eles querem melhoria nas estradas, para facilitar a escoação de suas mercadorias e produtos entre outros assuntos que foram debatidos durante uma reunião entre governo municipal e os agricultores.

No evento também foi anunciado o retorno do ônibus para transportar os agricultores para as feiras de São Luis, no intuito de comercializarem suas produções.
Mas o prefeito da cidade, Romildo Soares (PSDB), quer que o dinheiro seja usado em outras áreas. “Hoje o momento que atravessa o nosso Brasil, os nossos municípios eu acho um exagero gastar todo esse dinheiro na educação”.

A Igreja e o Santuário de São José de Ribamar, dois importantes equipamentos considerados referência em todo o país por atrair milhares de fieis, no chamado turismo religioso, agora contam em definitivo com os seus respectivos títulos de propriedade. A entrega foi realizada na manhã desta quinta-feira (21) pelo prefeito Luis Fernando, no auditório da Casa Paroquial da cidade, durante a agenda em comemoração alusiva aos 65 anos do aniversário da cidade.

Durante a cerimônia, que também contou com a presença do vice-prefeito, Eudes Sampaio, do secretário municipal de regularização fundiária, Daniel Souza, além de vereadores, do vice-reitor do Santuário, padre Gutemberg Feitosa e autoridades eclesiásticas, o prefeito se disse satisfeito com o resultado, que além de rápido, vai possibilitar o desenvolvimento de ações religiosas que beneficiem ainda mais a população.

“Em menos de dois meses nossa equipe conseguiu concluir todo o processo e o resultado é a entrega em definitivo dos títulos que, sem dúvida, darão segurança para que continue sendo desenvolvidas ações em prol do nosso povo”, disse o prefeito, parabenizando o papel social que a igreja vem realizando na cidade.

Para o vice-reitor do santuário de São José de Ribamar, padre Gutemberg Feitosa, a conquista é de todos porque a igreja vai poder atingir novos objetivos. “Agradeço imensamente ao prefeito Luis Fernando e sua equipe por essa conquista. Pensamos sempre no social, em ajudar, e o título de propriedade nos assegura maior segurança e a possibilidade de atingirmos esse objetivo”, completou o padre parabenizando ainda o prefeito pelo trabalho que vem sendo realizado em todo o município.

O secretario municipal de regularização fundiária, Daniel Souza destacou a alegria em ter sido designado pelo prefeito Luis Fernando para mais esta missão. "Agradeço ao prefeito Luis Fernando de me ter confiado à missão de expedir o título a centenária Igreja Santuário de São José de Ribamar", incrementou.

As propriedades da Igreja contempladas com os títulos foram: Capela São Benedito, Casa das Velas e o Salão Paroquial. Os documentos conferem o direito ao registro dos imóveis à Paróquia de São José de Ribamar.

São José de Ribamar em festa

Ainda nesta quinta-feira (21), o prefeito Luis Fernando entregou mais dois equipamentos públicos reconstruídos em nove meses de gestão. As praças do Cruzeiro Capitão João Pedro e Nicolau Ramos Sodré (Cemitério) foram entregues à população em comemoração aos 65 anos de emancipação do município de São José de Ribamar.

A reforma dos espaços conta com áreas ajardinadas em boa parte de sua extensão, bancos, rampas de acesso para pessoas com mobilidade reduzida, pintura nova e estruturas totalmente reformuladas. Os espaços também ganharam nova iluminação em toda sua extensão.

O secretário municipal de Recuperação da Malha Viária, Prédios e Logradouros Públicos (SEMMAV), Hilário Ferreira, destacou a grandeza da obra para a comunidade. “Além de proporcionar melhorias à qualidade de vida dos moradores, as praças promovem uma mudança na dinâmica nas duas áreas, que passam a usufruir com espaços modernos e dignos”, destacou Hilário.

Ainda nesta quinta também foram assinadas as ordens de serviços que versam sobre a requalificação da área externa do Complexo do Hospital e Maternidade Pública. 
O dinheiro é referente a uma Ação movida pelo o Ministério Público Federal de São Paulo que detectou que durante os anos de 1998 e 2006 o governo federal depositou menos do que deveria para a educação dos municípios de 19 estados.
A União foi condenada a pagar 98 bilhões de reais a esses municípios. Um dinheiro que segundo o procurador do Ministério Público de Contas do Maranhão, Jairo Vieira, poderia revolucionar a educação nos municípios mais pobres.

“É como se o município ganhasse na loteria. Nestas circunstâncias nós acreditamos que esses recursos eles podem efetivamente mudar a realidade e melhorar muito a realidade da educação destes municípios”, explicou.

No início do mês, o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que a verba deve mesmo ser usada somente na educação.

Porém, têm municípios utilizando o dinheiro, inclusive, para pagar advogados na tentativa de agilizar o processo para receber a verba. Só no Maranhão 170 municípios fecharam contratos com escritórios de advocacia e ofereceram 20 por cento do dinheiro recebido. Uma comissão bilionária do dinheiro que deveria ir para as escolas.

Ao todo, os 217 municípios maranhenses devem receber 7,7 bilhões de reais. O secretário de controle externo do TCU, Alexandre Caminha, ressalta que o gestor que destinar os recursos fora da educação ele poderá sofrer penalidades.

“O gestor que aplicar esses recursos fora da educação ele poderá ter tomado de conta especial, que é um processo do TCU para verificar quem cometeu irregularidade, por qual motivo e qual o valor ele vai ter que devolver em eventuais multas podem ser aplicadas, entre outras penalidades”.

O município de Parnarama, situado na região leste do Maranhão e com quatro mil habitantes, recebeu quase 37 milhões de reais da União. Mais de seis milhões foram para pagar um escritório de advocacia e para gastar o restante a Câmara Municipal que aprovou uma lei prevendo a utilização do dinheiro em reformas. Entre outras obras no portal de entrada serão gastos 300 mil reais. Outros 300 mil na reforma do cemitério e 700 mil para a reforma de campos de futebol e ginásios de esporte.

O dinheiro poderia ser usado, por exemplo, para melhorar a situação de escolas onde falta infraestrutura. Em algumas na região as paredes são de barro e o teto é de palha. O professor Patrício Pereira enfatiza que espera que um dia a escola onde leciona possa ter um ambiente adequado tanto para ele quanto aos alunos que ensina. “

A gente sempre sonha com um ambiente bem melhor tanto para o professor quanto para as crianças, principalmente”, disse.

O procurador-geral de Justiça do Maranhão, Luis Gonzaga Martins Coelho, pontua que os recursos recebidos pelos gestores de cada município devem ser destinados para a educação.

“Esses recursos deverão ser aplicados exclusivamente na educação. É a primeira solução para resolver todas as outras mazelas começa na educação. Educação é a base de tudo”, finalizou.

G1,MA
ASCOM/SJR | Fotos: Wanderson Silva
A prefeitura de São José de Ribamar, por meio da Secretaria de Saúde (SEMUS), entregou nesta quarta-feira (20), de uma só vez, duas Unidades Básicas de Saúde (UBS), uma beneficiando o bairro São José dos Índios e a outra o Jardim Tropical. Os aparelhos públicos compreendem o complexo de obras que estão sendo entregues no período do aniversário de 65 anos de emancipação do município.
Acompanhado do vice-prefeito, Eudes Sampaio, autoridades e secretários, o prefeito Luis Fernando entregou a unidade em São José dos Índios totalmente equipada. Da recepção aos consultórios, todos os espaços receberam nova mobília, além de ampliação e outros serviços de infraestrutura. Durante a solenidade de entrega, o prefeito falou sobre a satisfação em poder entregar mais esta importante obra que, para a comunidade, significa trabalhar em favor do povo.     

“É fundamental que as pessoas se sintam bem e a função dos administradores municipais é dar total apoio às estruturas físicas e de pessoal, possibilitando um atendimento humanizado, trabalhando com a saúde preventiva e proporcionando qualidade de vida à população”, parabenizou.

No período da tarde, o prefeito seguiu o cronograma de entregas e realizou a inauguração da UBS do Jardim Tropical. A unidade, totalmente reconstruída, que hoje conta com atendimentos de Clínico Geral, Ginecologista e Odontologia, também deverá promover à realização de exames, projetos e programas, voltados a saúde da família.

Para dona Antônia do Carmo de 64 anos, moradora da região, ter uma unidade de saúde com o padrão oferecido atual, além de ser um presente, significa ter de volta o respeito e a dignidade de quem precisa ser atendido pelo serviço, “Faz tempo que a gente não olha uma unidade assim, tão bem feita e em pouco tempo. Agora sim nós podemos receber os serviços que a gente tinha que buscar longe”, disse a aposentada.

Para o vice-prefeito, Eudes Sampaio, a entrega da nova unidade é mais que uma realização, é um sonho tirado do papel e posto em prática pela atual gestão. “Não apenas a inauguração desta unidade como toda a programação de entregas que ocorrerá até domingo, data do aniversário da cidade, mostra o comprometimento do prefeito Luis Fernando em cumprir todos os seus compromissos de governo, e essa unidade simboliza a concretização do trabalho em menos de nove meses de gestão”, salientou o gestor.

Castigada na gestão passada pela falta de manutenção e conservação, a Avenida Paraíso, principal via do bairro Jardim Tropical será a próxima reconstrução a ser executada. A avenida foi uma obra linda entregue na primeira gestão do prefeito Luis Fernando e que, por falta de manutenção e conservação nos últimos seis anos, foi totalmente destruída. O edital para a elaboração do projeto da obra já se encontra em sua fase final.

A programação de aniversário dos 65 anos do município segue com a entrega nesta quinta-feira (21), das Praças do Cruzeiro e Cemitério, além da entrega de título da propriedade à Paróquia de São José de Ribamar e a ordem de serviço para Requalificação da Maternidade e do Hospital Municipal. 
msn.com

A profecia de Nibiru, o suposto planeta que alguns grupos dizem que levará ao fim do mundo no dia 23.

A última teoria do apocalipse afirma que um corpo celeste desconhecido, chamado Nibiru ou Planeta X, vai colidir com a Terra em 23 de setembro de 2017.

A profecia sobre Nibiru e o fim do mundo circula na internet há mais de duas décadas e ganhou força nas últimas semanas. A teoria, que combina astronomia, pesquisa científica e passagens bíblicas, já foi descartada pela Nasa em diversas ocasiões.

Inicialmente, a profecia afirmava que a catástrofe ocorreria em maio de 2003. Quando nada aconteceu, seus seguidores fizeram uma nova interpretação e a programaram para dezembro de 2012, fazendo uma conexão com um dos ciclos do calendário maia.

Por que beijamos (e outros animais não)?
Por que às vezes temos a sensação de cair quando estamos adormecendo?
6 alimentos que um especialista em segurança alimentar diz que nunca comeria
A mais recente previsão teria sido formulada a partir de uma teoria de David Meade, autor do livro Planet X - The 2017 Arrival ("Planeta X - 2014, a Chegada", em tradução livre para o português), que se autodescreve como "especialista em pesquisas e investigações".

Segundo ele, a nova estimativa é baseada em passagens da Bíblia e em superstições que rondam o número 33 - número de dias do intervalo entre o eclipse solar de 21 de agosto, considerado um "presságio", e a data prevista para a colisão de Nibiru.

"Jesus viveu 33 anos. O nome de Elohim, que é o nome de Deus para os judeus, foi mencionado 33 vezes [na Bíblia]. É um número muito significativo biblicamente, numerologicamente significativo. Estou falando de astronomia. Estou falando da Bíblia... e mesclando os dois", disse Meade em entrevista ao jornal americano The Washington Post.

Eclipses, como o do último 21 de agosto, eram interpretados por culturas antigas como presságio de eventos negativos© Foto: Fornecido por BBC Eclipses, como o do último 21 de agosto, eram interpretados por culturas antigas como presságio de eventos negativos
Como tudo começou
De acordo com jornal britânico The Telegraph, as teorias conspiratórias sobre a existência de Nibiru começaram em 1995, quando a americana Nancy Lieder criou o site ZetaTalk. Ela afirma ser um canal de comunicação com alienígenas, que a teriam alertado sobre a catástrofe de Nibiru.

A teoria ganhou força novamente agora com as previsões de David Meade.

"A passagem do Planeta X pode ser a maior catastrófe sobre a humanidade desde a Arca de Noé".

"Vulcões em toda a Terra vão entrar em erupção junto com múltiplos terremotos de alta magnitude, tsunamis e tempestade de meteoros", descreve Meade em seu site.

'Teoria conspiratória'
Mas essa profecia tem alguma evidência científica?

A agência espacial americana já afirmou em diversas ocasiões que o planeta Nibiru não existe e que não há fundamentos para tal crença.

"É uma teoria conspiratória de internet", garante.

Em artigo publicado em 2012 por conta do suposto apocalipse previsto para aquele ano, a agência foi contundente:

"Se o Nibiru ou Planeta X fosse real e se dirigisse à Terra, os astrônomos estariam seguindo ele há pelo menos uma década, e agora seria visível a olho nu. Obviamente, não existe."

David Morrison é um dos cientistas mais críticos da Nasa e já se manifestou publicamente para desmentir a teoria de Nibiru. Em 2011, ele afirmou que chegou a receber até cinco e-mails por dia de pessoas perguntando sobre o suposto planeta.

© Foto: YouTube
Morrison definiu ainda como "absurdas" as teses de que Nibiru talvez não tenha sido localizado porque está escondido atrás do Sol, ou porque só pode ser visível do Polo Sul.


Em entrevista ao jornal americano The Washington Post, em janeiro, o cientista lamentou que ainda haja cerca de 2 milhões de páginas na internet sobre a suposta colisão de Nibiru com a Terra.
O terceiro maior município do Maranhão, São José de Ribamar, voltou a contar com uma fábrica especializada em Mariscos e Pescados, a Casa da Marisqueira. O equipamento, totalmente reconstruído, foi entregue nesta terça-feira (19) pelo prefeito Luis Fernando, juntamente com o vice-prefeito, Eudes Sampaio, em concorrida cerimônia que marcou mais um dia da programação do aniversário de 65 anos do município.

A fábrica, localizada no bairro São Raimundo, na região da sede, além de ter seu prédio recuperado recebeu novas máquinas e peças, dando mais segurança, rapidez e qualidade no processamento de mariscos.

Para o prefeito ribamarense, Luis Fernando, a reconstrução do importante equipamento vai elevar o potencial pesqueiro e produtivo do município além de incentivar ainda mais a produção local. “Estamos em mais um dia de entregas em comemoração de aniversário do município e sem dúvida, a entrega da fábrica vai incentivar o mercado pesqueiro local, proporcionando trabalho, renda para o setor”, destacou o prefeito.

O secretário de agricultura pesca e abastecimento, (SEMAGRI), Isaac Buarque, explicou que o processamento dos mariscos será feito na Casa da Marisqueira, cujos produtos terão o selo de autorização da Vigilância Sanitária Estadual para serem comercializados em todo o Maranhão.

“Os produtos que serão processados aqui têm mercado garantido por sua qualidade, higiene e preços atrativos. Boa parte será adquirida por meio do programa Compra Local Municipal”, afirmou.   

Além dos funcionários contratados, a casa conta com 48 marisqueiras que fazem parte da parceira Prefeitura/Associação de Marisqueiras do Município e Banco do Brasil, por meio de linha de financiamento de créditos.

Trabalhando com mariscos há mais de 8 anos, Goreth Silva, de 38 anos, é uma das marisqueiras beneficiadas. “Se não fosse o empenho dessa nova gestão em reformar o nosso local de trabalho, nada disto estaria acontecendo hoje aqui”, afirmou.

Programação de Aniversário

Como parte da programação de aniversário do município, também foi realizada nesta terça-feira (19), a certificação de cerca de 700 voluntários no projeto voluntariado municipal. O projeto criado em 2005, quando da primeira gestão do prefeito Luis Fernando, traz em sua nova edição, a proposta de integração das comunidades além de ampliar a participação popular no estímulo de práticas que levem a cidadania, melhoria da qualidade de vida e aproximação com a gestão pública.

São mais de 100 bairros envolvidos nas mais variadas ações voluntarias em prol da melhoria do município.

Até o final deste ano, as comunidades serão premiadas por meio das melhores práticas. O primeiro, segundo e terceiro colocados, receberão pavimentação de até 2km de asfalto, construção de praças, área de lazer, academia ao ar livre, ateliê de costura, kits de cozinha, esportivo, aparelho de som completo além de eletrodomésticos como forma de estímulo para as boas práticas.

O prefeito Luis Fernando ainda entregou o sistema simplificado de abastecimento de água na Trizidela da Maioba. A obra também deverá trazer mais conforto e qualidade no fornecimento de água para os moradores da região.

Nesta quarta-feira (20), a programação de aniversário de 65 anos da cidade vai contar com as entregas das Unidades Básicas de Saúde de São José dos Índios e Jardim Tropical.  

Contatos

Whatsapp: 98-988916524


E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Facebook

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Navigation