segunda-feira, 22 de janeiro de 2018
Por: John Cutrim - jornalpequeno

O governador Flávio Dino deu sua primeira entrevista em 2018 ao jornal Bom Dia MA da TV Difusora (SBT). Durante o diálogo mediado pelo jornalista Adalberto Melo, ele abordou pontos como os programas de governo, as mudanças que estão sendo realizadas em todas as áreas do Estado, comparou a atual gestão com o passado e enfatizou que o Maranhão está virando a página da realidade encontrada.

Dino afirmou que é preciso ter um tempo de caminhada para mostrar “aquilo que temos dito acerca dos resultados”. Pare ele, três anos depois das mazelas, do caos, é “preciso ter continuidade para que possamos evoluir ainda mais”.

Ele citou como exemplo o Plano Mais IDH, que atua nos 30 municípios mais pobres do estado, com múltiplas políticas que reafirmam o novo momento em que “se prioriza de verdade aqueles que tradicionalmente eram esquecidos e lembrados apenas em tempos de campanha eleitoral”.

Ele falou ainda que seu governo hoje atua com um conjunto de ações horizontalizadas, ou seja, diferente da política tradicional que parte do Palácio e aparece em tempos de eleição. “Queremos que as pessoas se emancipem, se libertem, por isso que investimentos, permanentemente, para que elas elevem o seu padrão de vida”, ressaltou.

De acordo com Flávio Dino, “nós fizemos mudanças em todas as áreas”, em qualquer órgão público. Ele citou como exemplos o Detran, que hoje faz programas sociais como o CNH Jovem e o Moto Legal, o Porto do Itaqui atualmente é moderno, competitivo, além de áreas como saúde e educação em que as mudanças são reais. “Não vamos conseguir pegar um estado que sempre teve os piores índices em tudo, e de repente transformá-lo em primeiro lugar em tudo. É impossível”, explicou.

Quando questionado sobre a saída de secretários para a disputa das eleições, Dino esclareceu que a equipe é muito unida, preparada e tem coesão. “Existe uma equipe, de fato, eu coordeno pessoalmente, diariamente, e sei, conheço bem o trabalho das secretarias e posso portanto garantir a todos que não vai haver nenhuma interrupção de nenhum programa, até porque as secretarias que estão no dia a dia do cidadão, como infraestrutura, saúde, educação não haverá mudanças”, realçou.

Sobre olhar para o passado, o governador disse que, em primeiro lugar, “temos que olhar para as realidades para poder transformá-las”. Segundo ele, quando se fala das dificuldades encontradas não é para ficar presos a elas. “Pelo contrário, é para romper essas amarras. Mas nós temos o dever de compartilhar com todos aquilo que nós encontramos. Dívidas, problemas, desorganizações, corrupção, lembremos apenas a Penitenciária de Pedrinhas, para citar um exemplo. Então nós falamos disso para mostrar como nós viramos a página”, destacou.

Flávio Dino salientou também que nenhum governo do país, em janeiro de 2018, fez tanta inauguração como o do Maranhão. “Teremos a conclusão desses programas que plantamos desde o início. Entrega de centenas de escolas, Mais IDH, sistema de água. Inauguração de novo hospitais. Nós teremos alguma obras novas começando. De modo que temos muita coisa boa pela frente”, finalizou.

0 comentários:

Postar um comentário

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Facebook

Contato

Whatsapp: 98-988916524

E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Blogroll