terça-feira, 27 de fevereiro de 2018
Neymar está fora do amistoso contra Alemanha e preocupa Tite. Neymar vai operar e só volta aos campos em maio.

Ainda não está decidido onde vai ser a cirurgia, semelhante à de Gabriel Jesus logo depois da chegada ao Manchester City.
Por João Ramalho e Colin Vieira, Paris, França

O atacante brasileiro Neymar precisará passar por uma cirurgia para colocar um pino na fissura sofrida no quinto metatarso do pé direito durante a vitória do Paris Saint-Germain sobre o Olympique de Marselha por 3 a 0, no domingo passado. O tempo previsto de recuperação é de dois meses, o que o possibilita voltar aos campos apenas em maio, um mês antes da Copa do Mundo - a estreia do Brasil é no dia 17 de junho. O craque poderia jogar somente as últimas três rodadas do Campeonato Francês e, se o PSG se classificar, a segunda partida das semifinais, no dia 1º, e a decisão da Liga dos Campeões da Europa, marcada para o dia 26.

Tite tem problemas de sobra para convocar a Seleção Brasileira nesta sexta-feira (02/3). É a última chamada antes de fechar a lista dos 23 jogadores que vai levar ao Mundial da Rússia. Neymar está fora dos amistosos. Marquinhos tem lesão na coxa esquerda. Miranda passou duas semanas afastado da Inter por lesão. Fernandinho também é baixa no Manchester City. E Gabriel Jesus voltou ao City apenas no domingo– não jogava desde 31 de dezembro 2017 –, assim mesmo por 15 minutos na decisão da Copa da Liga Inglesa contra o Arsenal.

A convocação nesta semana é para os amistosos contra Rússia, dia 23 de março em Moscou, e Alemanha, 27 de março em Berlim. Treinador esperava contar com a maioria dos jogadores que têm sido a base da Seleção nos últimos dois anos, até porque não terá mais outras oportunidades de relevância para observações.

Dos que estão machucados ou na reta final de recuperação, a preocupação maior é com Neymar. Craque sofreu fissura no quinto metatarso do pé direito, em lance aos 31 minutos do segundo tempo do jogo entre PSG x Olympique Marselha. Saiu chorando de campo.

Nesta segunda-feira (26/03) passou por exames mais detalhados no Hospital Americano de Paris quando se constatou a fissura, segundo comunicado oficial do PSG. Clube francês não estipulou prazo para volta de Neymar ao futebol. A expectativa é de que fique um mês em recuperação.

Neymar vai ficar fora dos próximos dois jogos do PSG na Copa da França (quarta-feira) e Campeonato Francês (domingo) e não poderá enfrentar o Real Madrid, dia 6 de março, na partida decisiva das oitavas de final da Liga dos Campeões – no jogo de ida, Real venceu por 3 a 1. E, claro, também está fora dos amistosos da Seleção nos amistosos contra Rússia e Alemanha.

Marquinhos vive situação parecida com a de Neymar. Zagueiro tem lesão de grau 1 na coxa esquerda e já foi vetado para as próximas duas partidas (Copa da França e Campeonato Francês). PSG ainda não deu também diagnóstico preciso sobre quantos dias Marquinhos ficará afastado dos jogos. Marquinhos também deve ficar fora dos amistosos da Seleção.

Miranda, titular da zaga da Seleção ao lado de Marquinhos, passou duas semanas sem atuar pela Inter de Milão por causa de dores na coxa esquerda. É dúvida para o jogo diante do Benevento neste sábado pelo Campeonato Italiano.

Gabriel Jesus vai aparecer na lista de Tite. Pesa contra o atacante de Manchester City o longo período parado após sofrer lesão no joelho no dia 31 de dezembro de 2017. Jesus voltou neste domingo e até os amistosos da Seleção não vai estar no ritmo ideal – neste momento é reserva de Aguero no time de Pep Guardiola.

Aliás Guardiola adiantou neste domingo que Fernandinho é baixa no City no Campeonato Inglês. “Ele está machucado. Nos próximos jogos ele ficará fora. Vamos avaliá-lo amanhã (nesta segunda-feira), mas ele é uma grande, grande perda”, disse o técnico espanhol depois de se sagrar campeão da Copa da Liga na Inglaterra diante do Arsenal.

Tite, assim como Guardiola, elogia Fernandinho e já trabalha com a possibilidade de fazer do volante titular da Seleção Brasileira ao lado de Casemiro e Paulinho no meio-campo.

Se os jogadores machucados tiram sono de Tite, outros em ótima fase fortalecem o treinador do Brasil. Willian (Chelsea) e Firmino (Liverpool), por exemplo, têm feito a diferença em seus clubes no futebol inglês. O mesmo se pode dizer do volante Fred e do atacante Taison, ambos do Shakhtar Donestk.

Veja o que José Mourinho, técnico do Manchester United, disse de Willian e Seleção Brasileira em entrevista à ESPN Brasil:

Ausência de Neymar

Neymar, baixa de jogadores importantes e outros fora de ritmo estão no pacote de preocupações de Tite. Treinador teria uma boa oportunidade de escalar força máxima contra Alemanha – primeiro confronto entre as duas seleções após o 7 a 1 na Copa de 2014 – e tirar conclusões importantes para a Copa do Mundo na Rússia. Sem a base do time em campo, essa fase da preparação do Brasil estaria comprometida.

Parece sina, mas Neymar não vai enfrentar a Alemanha mais uma vez. Nos 7 a 1, o craque não participou do jogo porque havia sofrido uma lesão nas costas na partida contra a Colômbia nas quartas de final do Mundial de 2014.

Em contrapartida, Tite poderá observar outros jogadores do segundo escalão diante dos atuais campeões do mundo. Um teste e tanto. Definitivo para o treinador fechar a lista dos 23 que vai levar a Moscou em junho.

0 comentários:

Postar um comentário

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Facebook

Contato

Whatsapp: 98-988916524

E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Blogroll