terça-feira, 14 de agosto de 2018
Solicitação foi do juiz Itaércio Paulino da Silva. Voto deve ser apresentado já na próxima sessão, marcada para o dia 21.
“Confiante”, diz Ricardo após pedido de vista em julgamento no TRE-MA.
O ex-deputado Ricardo Murad, pré-candidato a deputado federal pelo PRP, manifestou-se há pouco sobre o julgamento de um recurso no TRE-MA, por meio do qual ele tenta reverter uma decisão de 1º grau pela sua inelegibilidade.

Murad foi declarado inelegível no ano passado pela juíza Josane Araujo Farias Braga, então respondendo pela 8ª Zona Eeitoral, de Coroatá, no bojo de uma ação por abuso de poder nas eleições de 2012 (reveja).

O recurso dele ao TRE começou a ser julgado hoje (13), mas a apreciação foi interrompida por um pedido de vista do juiz Itaércio Paulino da Silva.

“Espero confiante o reconhecimento da Justiça Eleitoral de todos os atos que pratiquei como secretário de Saúde”, declarou Ricardo Murad.

Antes da suspensão do julgamento, o placar já estava 3 x 1 pelo indeferimento do recurso do ex-deputado.

Votaram pela manutenção da decisão da juíza Josane Braga Júlio Praseres, relator da matéria, além do desembargador Vicente de Paula Castro e do juiz federal Wellington de Castro. Inaugurou a divergência o advogado Eduardo Moreira.

O caso será retomado na sessão do dia 21 de agosto.

0 comentários:

Postar um comentário

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Facebook

Contato

Whatsapp: 98-988916524

E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Blogroll