domingo, 30 de setembro de 2018
Foi preso neste domingo (30) o policial militar Eduardo da Luz Soares. Ele é o soldado, ex-CTA, que agrediu e atirou no servidor público Andreson Pereira da Silva (saiba mais).
O militar foi recolhido à carceragem do Comando-Geral da PMMA, em São Luís. Ele já havia sido desligado do CTA (reveja).
Eduardo da Luz espancou Anderson Pereira após uma discussão numa loja de conveniência de um posto de combustíveis.
Eram 3h da manhã de domingo (23) para segunda-feira (24) da semana passada quando eles dois discutem. A ação foi toda registrada por câmeras de segurança do estabelecimento.
O PM deu um soco e nocauteou a vítima. Um amigo do militar ajuda o rapaz caído a ficar de lado.
Cambaleante, o agredido consegue sair e uma discussão começa do lado de fora do estabelecimento.
Anderson toma uma rasteira do homem que antes o ajudou, e depois é novamente agredido a socos e pontapés. Na sequência, mais discussão e os tiros.
O servidor público teve fraturas no rosto e pegou dois tiros nos pés.
Depoimento
O amigo do PM que também aparece nas imagens agredindo Anderson Pereira da Silva já foi identificado.
Ele será ouvido pela Polícia Civil nesta segunda-feira (1º).

0 comentários:

Postar um comentário

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Facebook

Contato

Whatsapp: 98-988916524

E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Blogroll