quarta-feira, 13 de março de 2019
Blog do Jorge Vieira – A Corte do Tribunal Regional Eleitoral apreciou, na sessão desta terça-feira (12), os Embargos com efeitos modificativos apresentados pelo ex-prefeito Gilberto Arosos e seu advogado Fred Campos e novamente, por 7X0, os juízes eleitorais acompanharam o voto do relator Eduardo Moreira, rejeitando o recurso e mantendo o prefeito Domingos Dutra no comando do município de Paço do Lumiar.

Não é de hoje que a família Aroso e os irmãos Fred e Alderico Campos tentam cassar o mandato do prefeito Dutra de Paço do Lumiar. Fizeram campanha milionária, mas perderam a eleição, não se conformam e querem voltar ao poder a qualquer custo para continuar saqueando o município, como ocorria nos tempos de Gilberto e que acabaram motivando sua prisão.

Primeiro recorreram ao Tribunal Regional Eleitoral e por 7×0 foram derrotados no final do ano passado. Agora a oligarquia Aroso e os irmãos Campos, com o apoio do deputado federal Edilazio Júnior e outros políticos eleitos pelo governador Flávio entraram com embargos de declaração na tentativa de cassarem o mandato do prefeito Dutra e foram novamente derrotados.

Os Arosos e os Campos, que são aliados da ex-governadora  Roseana Sarney, comentam que se Dutra for cassado, Dino também será quando for julgado a ação de Coroatá. Este sim é o principal objetivo dos sarneistas.

Nas eleições de 2016, Domingos Dutra, fazendo campanha a pé, derrotou a máquina do então Prefeito Josemar e mais os ex-prefeitos Mábenes Fonseca, Raimundo Filho, Bia Aroso e Giberto Aroso, sendo os dois últimos com passagem pela Penitenciária de Pedrinhas.

Durante a campanha Gilberto Aroso e Josemar solicitaram a cassação de Dutra alegando abuso de poder econômico e político. O juiz eleitoral julgou as duas ações improcedentes.

Inconformados os dois candidatos derrotados recorreram para o TRE. No início de 2018 a Corte Eleitoral julgou improcedente o recurso do ex-prefeito Josemar, o qual, apos uma derrota de 7×0 se acomodou. Já o teimoso Gilberto Aroso, orientado pelos Campos, continua as manobras para cassar o mandato do magro velho.

Após as eleições de 2018, Arosos e os Campos movimentaram o processo, alardeavam que Dutra seria cassado e que novas eleições seriam realizadas. Fred Campos começou a fazer campanha nas redes sociais, financiando batizados, casamentos, missas, cultos e até briga de galo. O afoito Fred dizia que tinha o apoio dos deputados  federais Edilazio, Josimar de Maranhãozinho, Cleber Verde e do Senador Weverton.

No julgamento, a Corte Eleitoral acompanhou o brilhante voto do Relator Eduardo Moreira e impôs novo 7×0 nos Arosos e Campos.

0 comentários:

Postar um comentário

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Facebook

Contato

Whatsapp: 98-988916524

E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

nonatoaguiarraposa@gmail.com

Blogroll