segunda-feira, 5 de agosto de 2019
Definitivamente no Maranhão tudo é mais complicado, até mesmo um concurso público é difícil ser realizado sem polêmicas.

Nesta segunda-feira (05), o Tribunal de Justiça do Maranhão confirmou que abriu um sindicância para apurar o vazamento do edital do concurso que o órgão pretende realizarem setembro deste ano.

De acordo com a Nota, assinada pelo próprio presidente do TJ, desembargador José Joaquim, a tramitação do Edital para sua publicação aconteceu através de um sistema que qualquer servidor do Poder Judiciário tem acesso.

NOTA OFICIAL

Tendo em vista matéria divulgada no ‘Jornal Pequeno’ sobre suposto vazamento do Edital do Concurso Público do Tribunal de Justiça do Maranhão, vimos informar à sociedade que instauramos sindicância administrativa para apurar eventual envolvimento de servidores no fornecimento de informações do mencionado concurso, esclarecendo, porém, que a tramitação do referido Edital para sua publicação oficial no Diário da Justiça Eletrônico ocorreu pelo Digidoc, sistema acessível a qualquer servidor do Poder Judiciário, sendo necessário acrescentar também que o Edital é um documento público e, portanto, não sigiloso.

O problema foi ocasionado pelo fato do edital só ter sido oficialmente divulgado no dia 1º de agosto, mas na noite do dia anterior, 31 de julho, já estava circulando em sites de cursinhos preparatórios para o concurso.

0 comentários:

Postar um comentário

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Facebook

Contato

Whatsapp: 98-988916524

E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

nonatoaguiarraposa@gmail.com

Blogroll