O secretário de Comunicação e Assuntos Políticos, Márcio Jerry, criticou a postura do jornal O Estado do Maranhão – da família Sarney – por atacar o edital de chamamento público, do governo do Estado, que tem como objetivo celebrar convênios com associações mantenedoras de Rádios Comunitárias no Maranhão.
“Como era de se esperar o império midiático de José Sarney já vocifera contra edital de chamada pública do governo para apoio às emissoras de rádios comunitárias no Maranhão”, criticou Jerry por meio de suas redes sociais.
Em uma ação que demonstra ojeriza à democratização da comunicação no Maranhão, o jornal da oligarquia transparece um misto de preocupação e desespero com a abertura de oportunidades para comunicadores em todo o estado. Controladores da mídia por décadas, eles sempre preferiram controlar em vez de democratizar os meios de informação.
“As emissoras de rádios comunitárias são um avanço importante em nosso país no processo de democratização da comunicação. O apoio do governo a estas emissoras é justo e necessário”, ressaltou Márcio Jerry.
Desta forma, o Maranhão vai deixando para trás o passado sombrio e democratizando o acesso à informação para todos.