A beira da falência, o  jornal “O Estado do Maranhão”, de propriedade do ex-senador José Sarney (PMDB) publicou em seu editorial [Estado Maior], nesta quinta-feira (23), detalhes da suposta “lista dos 400” funcionários fantasmas que prestam serviços à Secretaria de Estado da Saúde (SES).
Apesar de até o momento ninguém ter tido acesso aos ilusórios nomes, vez que a própria Polícia Federal não trouxe a público a imaginada relação, o Jornal de Sarney afirma que deputados, promotores, juízes, blogueiros e jornalistas fazem parte da tal lista.
“Há suspeitas de que a lista de fantasmas na Secretaria de Saúde tenha desde jornalistas, parentes de jornalistas e blogueiros até parentes de membros da Assembleia Legislativa, Câmara Municipal, Ministério Público e até do Poder Judiciário”, acusa o EMA.
Se o pasquim matutino da oligarquia Sarney sabe tanto, então qual o motivo de não estampar logo essa relação “dos 400” na capa?!