Padre Marcelo Rossi já teve depressão Foto: Reprodução Rede TV
Em entrevista no programa da jornalista Mariana Godoy da Rede TV, nesta sexta-feira (24), o padre Marcelo Rossi admitiu que achava que a depressão “fosse uma frescura” até ser diagnosticado com a doença. Ele contou todos os detalhes sobre o tratamento que fez para se curar e disse que chegou a perder até o sentimento na função de padre.

– Durante a depressão, ser padre se tornou uma profissão. Não deixei de ir em nenhum compromisso, mas já não fazia com amor. Senti que algo estava errado quando o Papa Francisco veio aqui e eu não cantei para ele. Foi aí que me dei conta e pensei: ‘preciso me tratar’ – declarou.

Considerado pelo Vaticano o ‘Evangelizador do Novo Milênio’, padre Marcelo Rossi recusou o título de ‘showman’ a ele atribuído, e se comparou a um colega, ressaltando que seu comentário não tratava de um ataque.

– Padre Fábio de Melo, antes de ser padre, era um cantor, que se tornou sacerdote. (…) Então ele vai e faz o show dele. Eu não, eu sou padre. Não vou fazer e nunca fiz show, e as pessoas confundem. Nunca recebi para isso, é minha missão. Na verdade, é o inverso, vou doando. Então, o padre Fábio de Melo faz show, eu sou sacerdote.

Padre Marcelo Rossi foi ordenado há 20 anos e já gravou dezenas de discos e escreveu livros religiosos. Confira a entrevista completa no programa Mariana Godoy Entrevista: