Prepare o binóculo, a máquina de fotografar ou mesmo o celular, porque hoje é dia de superlua! 
Na noite deste domingo, será possível observar a primeira, de uma série de três superluas que vão acontecer nos próximos dois meses. De acordo com agência espacial dos Estados Unidos, a NASA, os próximos evento serão nos dias 1º e 31 de janeiro.
O fenômeno acontece quando a Lua está totalmente cheia e se encontra em seu ponto mais próximo da Terra. Cientistas chamam este momento de perigeu. Estima-se que a superlua apareça 13% maior do que seu tamanho original e 30% mais brilhante do que no seu apogeu – quando está mais distante.

Embora possa ser observada a olho nu, a Nasa afirma que é difícil distinguir essas mudanças porque o satélite se encontra, de fato, muito distante do planeta Terra. Mas, para quem não quer perder o fenômeno, a Nasa diz que o melhor horário para olhar para o céu será 30 minutos após o pôr do sol.