Prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo, trabalha para
atrapalhar contra a reeleição do governador do PCdoB
A direção do PCdoB precisa tomar providência contra os comunistas de ocasião que fazem gestos para candidatos de outros partidos sem levar em conta sua vinculação partidária. É o caso do prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo (PCdoB), um político sem expressão estadual que se coloca em posição de confronto com a legenda comunista ao anunciar uma suposta pré-candidatura ao Senado e ainda acenar com a possibilidade de compor a chapa majoritária de outros candidatos ao Governo do Estado.
A toda eleição majoritária Hilton Gonçalo, ainda que não possua a menor condição de disputar dentro do partido a qual esteja filiado a condição de candidato. Foi assim em 2014 quando era filiado ao PDT e insistia em dizer que seria candidato, mesmo com os pedetistas compromissados com o então candidato governador Flávio Dino. E somente depois de levar muito “puxão de orelha” se sossegou, mas continuou resmungando nos bastidores. Já em 2016, mesmo estando filiado ao PCdoB, partido que ofereceu o candidato a vice do prefeito Edivaldo (PDT), fez campanha e votou com Eduardo Braide.
Continue lendo no Jorge Vieira…