O tricampeão mundial de Jiu-jitsu Tiago Guma, de 29 anos, foi vítima por volta das 8h desta terça-feira, 24, de um crime na cidade de São Domingos do Maranhão, a 384 km de São Luís. O atleta foi atingido por um tiro à queima-roupa, efetuado por um homem ainda não identificado, e encaminhado ao Hospital Socorrão de Presidente Dutra. A vítima não resistiu e veio a óbito.
Tiago era tricampeão mundial de Jiu-jitsu, instrutor da modalidade e também professor de Muay thai, sendo dono uma academia na cidade. Guma deixou esposa e dois filhos.
Nas redes sociais do lutador, amigos e familiares prestaram homenagens.“Vá em paz, amigo querido, e Deus dê conforto para sua família, principalmente sua esposa e seus filhos pequenos”, disse uma ex-aluna. “Sei que está em um lugar melhor que esse, pois nesse lugar que está não existe injustiça contra os justos, contra pessoas do bem assim como foi”, disse outro amigo.
Policiais militares de São Domingos do Maranhão e Colinas estão fazendo uma verdadeira caçada para localizar, a qualquer custo, o assassino de Tiago Guma. O suspeito, conhecido pela alcunha de Cimar, teria fugido em direção ao povoado Alto da Cruz e posteriormente ao povoado Baixão Grande. A Polícia Militar e homens da Polícia Civil estão todos mobilizados para prender o suspeito, que está conduzindo uma motocicleta Titan, cor vermelha.
O assassinato de Guma está causando indignação e revolta em toda cidade de São Domingos. A população e as autoridades do município estão cobrando uma resposta imediata das forças policiais no sentido de prender a qualquer custo o suspeito.
Com informações de O Imparcial e blog do Lobão