Zuila Gomes, Coordenadora de Campanha e mãe de Ronaldo Serra
As eleições 2018 estão sendo responsáveis por uma profunda renovação política e com a possível vitória de Jair Bolsonaro pode representar uma reviravolta maior ainda, tendo em vista que quase 12 anos de Governo de PT podem vir a ser interrompidos. Dentro desse contexto está inserido Ronaldo Serra, que ao alcançar 2.679 votos, marcou seu nome no livro de lideranças políticas do Estado, sobretudo da Grande Ilha, onde concentrou a maioria absoluta dos seus votos. Diríamos que foi uma derrota vitoriosa, levando-se em conta que o jovem não contava com apoio de nenhum cacique da política e tampouco era dotado de algum apadrinhamento.

Traduzindo a Grande Ilha em números, Ronaldo Serra alcançou:
  • São Luís: 1.818 votos;
  • Raposa: 115 votos;
  • São José de Ribamar: 82 votos;
  • Paço do Lumiar: 67 votos.
Destaca-se ainda que nos municípios de São José de Ribamar e Paço do Lumiar o jovem Ronaldo Serra não registrou nenhuma atividade durante a pré-campanha ou campanha e no município de Raposa realizou apenas uma panfletagem e reunião em sua casa e São Luís registrou atividade nas redes em três bairros sendo eles: São Francisco e comunidades, Anil e Tibiri. Provando que a sua mensagem foi propagada além das limitações de sua campanha.

Municípios de Dom Pedro e Presidente Dutra renderam 26 votos juntos, onde, o jovem apenas realizou panfletagem na região comercial e conversou com populares.

Sobre futuro, ao ser procurado pelo titular do Blog, Ronaldo Serra prefiriu não se manifestar. Apenas afirmou que somente após a definição total (escolha de Presidente) é que seremos capazes de pensar no futuro. Entretanto garantiu que estratégicamente os municípios da Ilha, sobretudo Raposa e São Luís estão na mira desses desdobramentos. Tendo em vista ter sido o nome, enquanto morador de Raposa, que mais se destacou, alcançando 0,08% do eleitorado maranhense, contra 0,02% da segunda posicionada.

Outro fato que chamou atenção deste Blog é que Ronaldo Serra alcançou votação próximas de nomes que já ocuparam vaga no Legislativo de São Luís e Parlamento Estadual, sem conta que sua votação ainda representa mais da metade da votação alcançada por José Laci que em 2006 obteve 5.110 votos, com o detalhe de que Ronaldo fez tudo sem a mega estrutura dos comparados.
Com lideranças e populares em lançamento de pré-campanha, em Raposa.