O deputado estadual Fábio Macedo (PDT) deve tirar uma licença de 30 dias para tratamento.

A informação foi confirmada ao Blog do Gilberto Léda por membro graduado do PDT maranhense.

O parlamentar decidiu ausentar-se para retomar um tratamento contra alcoolismo, como ele mesmo revelou após envolver-se em confusão na cidade de Teresina, quando agrediu um músico e um policial militar, que também foi ameaçado de morte (reveja).

Como o afastamento é inferior a 121 dias, Valéria Macedo (PDT) – próxima suplente na fila do chapão – não assume.