Nenê foi o destaque da partida, marcando dois dos gols que classificaram o Fluminense (Twitter Oficial do Fluminense)
O Fluminense levou um susto, mas conseguiu uma virada diante do Moto Club,  por 4 a 2, na noite desta quarta-feira (26), no Estadio Castelão, em São Luís, e  garantiu a continuidade no mata-mata da Copa do Brasil. O próximo adversário do tricolor carioca será o Botafogo da Paraíba.

O primeiro tempo começou a mil por hora para o time da casa. Logo no primeiro lance, o Moto Club partiu para cima do Fluminense e conseguiu um escanteio. Na cobrança, Walace foi mais alto do que todo mundo e mandou a bola para o fundo das redes do goleiro Muriel.

Aos 11 minutos, foi a vez de George deixar sua marca. Em contra-ataque mortal, o atacante recebeu livre na área e só teve o trabalho de empurrar para o gol. Três minutos mais tarde, Nenê foi lançado e derrubado dentro da área. Pênalti. O próprio meia foi para a bola e diminuiu para a equipe carioca: 2 a 1.

Na volta dos vestiários, foi a vez do Fluminense partir para cima logo nos primeiros minutos. Aos três, Nenê cobrou falta com muita categoria e deixou tudo igual. Resultado que já serviria para classificar o Tricolor das Laranjeiras.

Mesmo com a vaga na mão, os cariocas continuaram buscando o gol e tiveram resultado aos 26. Nenê, em nova cobrança de falta, colocou a bola na cabeça de Nino. O zagueiro completou para o fundo das redes: 3 a 2.

Na reta final de partida, ainda teve tempo para Marcos Paulo fazer grande jogada e bater no canto, fazendo 4 a 2 para o Fluminense.

Com o resultado, saiu da competição o último dos três representantes do Maranhão na competição. Antes, o Imperatriz foi eliminado ao empatar com o Vitória da Bahia e o Sampaio foi derrotado pelo Águia Negra.

(Com informações da CBF e foto do twitter oficial do Fluminense)