Medida exclui Reino Unido e começa na sexta(13). Território americano registrou mais de mil infecções e 37 mortes. 
Para conter coronavírus, Trump decide barrar estrangeiros que estiveram na Europa...
Medida exclui Reino Unido, vale por 30 dias e começa na sexta. Território americano registrou mais de mil infecções e 36 mortes.

Do G1 

Presidente dos EUA, Donald Trump, durante pronunciamento sobre coronavírus, na quarta-feira (11).

Brasileira mostra realidade da Itália após surto de coronavírus: "Muito vazio"
Os Estados Unidos suspenderam as viagens vindas da Europa por um período de 30 dias, a partir da noite de sexta-feira. A decisão foi anunciada pelo presidente Donald Trump, nesta quarta-feira (11). A única exceção será para o Reino Unido.

Atualmente há mais de mil casos de Covid-19, e 37 pessoas morreram nos EUA devido à doença. Em um pronunciamento na TV, Trump disse que os norte-americanos estão "respondendo com grande velocidade e profissionalismo" à crise e acusou a Europa de não ter tomado as medidas necessárias para evitar o crescimento da pandemia.

"Tomamos uma ação dura com a China, e agora estamos fazendo o mesmo com a Europa", afirmou.

O presidente também falou que a situação não é uma crise econômica, e que tomará ações de emergência - com apoio do Congresso - para providenciar auxílio financeiro para trabalhadores que estejam doentes, em quarentena ou afastados para cuidar de pessoas afetadas pelo coronavírus.

Trump disse ainda que está instruindo setores do governo que lidam com pequenas empresas a garantir capital e liquidez para aqueles que forem afetados pelo coronavírus, fornecendo empréstimos com pequenos juros.

Ele pediu ainda ao Congresso que vote a favor de reduções fiscais para ajudar a combater possíveis perdas econômicas causadas pelo vírus.