O governador Flávio Dino (PCdoB) anunciou ontem (18) que deve autorizar o que chamou de “abertura progressiva” das atividades comerciais na no Maranhão, após o fim do lockdown na Região Metropolitana de São Luís.

Durante entrevista ao JMTV2, da TV Mirante, o comunista destacou que editará na quarta-feira (20) novo decreto disciplinando as atividades durante a pandemia da Covid-19.

Apesar de citar o estado inteiro, é provável que medidas mais brandas sejam tomadas apenas para a Ilha, já que no interior iniciou-se, na semana passada, uma escalada da doença.

“Vou editar o decreto no dia 20 (quarta-feira), com diretrizes para uma abertura progressiva, mediante protocolos que estão sendo negociados setorialmente. Vamos manter medidas de caráter geral, ou seja, haverá regras sanitárias em todo o estado. Haverá possibilidade de flexibilização por segmento econômico e por região. É o início de um processo de abertura do setor de comércio e serviços. Provavelmente no dia 25 já teremos alguns segmentos que voltarão a funcionar e a cada semana outro segmento. Poderemos ter medidas mais rígidas em algumas regiões, se notarmos uma sobrecarga no sistema hospitalar. No Brasil inteiro, no Maranhão também, temos que observar semana a semana”, disse.