O juiz Douglas de Melo Martins, titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, deve decidir hoje (12) se o lockdown decretado na Ilha de São Luís – que vale até o dia 14 de maio – será estendido, ou não.

O magistrado tem uma audiência com representantes do Ministério Público e das prefeituras dos quatro municípios da Ilha às 10h.

“Vamos fazer esta audiência para avaliar as ações e resultados obtidos até aqui para decidirmos em comum acordo se haverá prorrogação ou não do lockdown por mais tempo. Será uma audiência de conciliação para que as partes cheguem a um termo comum para decidir o que será feito”, afirmou Martins, em entrevista a O Imparcial.

Para embasar sua decisão, o juiz solicitou dos representantes do MP em cada municípios informações sobre a ocupação de leitos e taxas de isolamento social.

“Queremos saber quantos leitos de UTI´s e leitos clínicos estão ocupados e livres na capital; o atual percentual de isolamento social, entre outros dados que serão fundamentais para nortear a nossa decisão”, completou.