MA registra 38 novos óbitos e ultrapassa 50 mil casos de Covid-19.
A pandemia do novo coronavírus segue em alta no Maranhão, tanto que nesta terça-feira (09), ultrapassamos os 50 mil casos da doença e tivemos a confirmação de 38 novas mortes.

De acordo com o novo boletim da SES, tivemos o recorde de 38 novos óbitos (11 na Região Metropolitana e 27 no interior maranhense), mais 2.698 novos casos (313 na Região Metropolitana e 2.385 no interior maranhense) e a confirmação de mais um município, Nova Iorque, com registro da doença.

Com isso, o balanço atual do coronavírus no Maranhão é o seguinte: 52.069 casos, com 1.285 mortes, 25.120 pessoas recuperadas, 1.042 suspeitos e já são 213 municípios maranhenses que já tiveram registros oficiais Covid-19. Ou seja, já temos quase 98% das cidades do Maranhão com pessoas infectadas.

Para a SES, apenas quatro cidades não teriam o registro da doença, são elas: Loreto, Lagoa do Mato, São Félix de Balsas e São Francisco do Maranhão.

Sobre os leitos, atualmente a ocupação de leitos de UTI na capital é de 87,92%, já de leitos clínicos é de 23,14%. No interior, com exceção de Imperatriz, a ocupação de leitos de UTI está em 78,08% e leitos clínicos em 78,72%. Já em Imperatriz, a ocupação de leitos de UTI alcançou 81,48%, já de leitos clínicos, a taxa é de 76,54%.

Vale destacar ainda que, até o momento, já tivemos 1.483 profissionais da Saúde infectados, mas com 1.337 recuperados e, infelizmente, 23 óbitos durante toda a pandemia.

Os 38 novos óbitos vieram: Água Doce (01); Alcântara (01); Anapurus (01); Bacuri (01); Balsas (01); Barreirinhas (01); Colinas (01); Duque Bacelar (01); Itinga (01); Presidente Dutra (01); Raposa (01); Rosário (01); Santa Helena (01); São Mateus (01); São José de Ribamar (01); São Raimundo das Mangabeiras (01); Cândido Mendes (02); Timon (02); Tutóia (02); Lago da Pedra (03); Pinheiro (04); São Luís (09).

Números da pandemia
Brasil registra 1.185 mortes por coronavírus em 24 horas e chega a 38.497

Levantamento do consórcio de veículos de imprensa, com dados das secretarias estaduais, aponta 742 mil infectados.