O partido PSD, que no Maranhão é presidido pelo deputado federal Edilázio Júnior, pode se tornar uma das legendas com mais representantes na Assembleia Legislativa.  

Atualmente o PSD não possui nenhum nome entre os 42 deputados estaduais, mas a tendência é que os quatro deputados estaduais que devem compor o Bloco de Oposição, se filiem ao partido nos próximos dias.  

Os deputados do PV, César Pires e Adriano Sarney, além dos deputados Yglesio Moyses (Pros) e Wellington do Curso (PSDB) tem conversado com a direção do PSD para efetivarem essa troca.  

Adriano e César estariam insatisfeitos no PV, principalmente devido a postura adotada pela legenda nacionalmente. Já Yglesio, após a eleição de São Luís, se desentendeu com o partido e já confirmou que buscará uma outra legenda. 

A situação de Wellington do Curso é semelhante, já que Wellington entende que foi prejudicado pelo PSDB e não disputou o pleito de São Luís.