O local precisa de serviços urgentes, caso contrário, o buraco que só aumenta a cada chuva ameaça “engolir” a estrada de acesso a cidade.

A MA 203 no trecho que compreende a estrada de Raposa na altura do bairro do Caúra [próximo ao CAVU – Clube de Aviação Ultraleve] está muito perto de romper devido às fortes chuvas.

Conhecida como “curva do Manoel Ribeiro” o local recebeu reparos há pouco mais de três anos, porém, as constantes chuvas que vêm caindo na cidade devastou os serviços e levou até as tubulações (manilhas) colocadas no local.

A força da água fez da curva uma gigantesca cratera que está apenas alguns metros da estrada, um perigo constante aos moradores e motoristas que passam pelo local.

A cada chuva a apreensão aumenta e se não for realizado nenhum serviço no local por parte da SINFRA (Secretaria de Infraestrutura do Estado) é certo que o tráfego de milhares de raposenses que precisam diariamente circular entre São Luís e o município será interrompido.

Moradores da cidade de Raposa, na região metropolitana de São Luís, procuraram o blog, de forma desesperada, temendo que uma grande tragédia aconteça agora no período chuvoso que se inicia.

De fato, em contato com a Prefeitura de Raposa, confirmamos a situação de emergência fruto de uma forte erosão às margens da MA-203, mais conhecida como estrada da Raposa, que pode deixar a população da cidade praticamente isolada e o que é pior, causar um desastre, já que diariamente a cidade recebe um intenso tráfego de ônibus do transporte público e de turismo, além de caminhões e veículos de passeio. É uma tragédia anunciada.

O blog constatou que o caso é um problema que se arrasta há anos, mas que em decorrência das fortes chuvas das últimas semanas, pode ocasionar graves acidentes.

A erosão se aproxima cada vez mais da MA-203, e preocupa não só motoristas, mas também os moradores, que relataram medo da grande rachadura cortar a pista, que é a principal via de acesso ao município. Raposa é uma cidade turística e aos finais de semana a movimentação de veículos é gigantesca na região.

Segundo informações repassadas pela Prefeitura de Raposa, o prefeito Eudes Barros já protocolou uma solicitação para obra de emergência à Secretaria de Infraestrutura do Maranhão, mas ainda aguarda resposta. Enquanto o estado não se manifesta, algumas medidas paliativas foram adotadas pela gestão municipal, como a obstrução do fluxo da água das chuvas no local, com barreiras, para evitar a incidência da água no trecho crítico.

O blog aguarda a manifestação da Secretaria de Infraestrutura do Estado do Maranhão.