quarta-feira, 16 de agosto de 2017
É impressionante como alguns ainda não conseguem aceitar e admitir que vivemos num país livre e democrático, onde o contraditório precisa ser respeitado e a liberdade de expressão é algo irrevogável.
Em Zé Doca, alguns políticos estão tentando, em vão, implantar uma ditadura, se achando acima de tudo, inclusive das leis. A cidade que segue sendo pessimamente administrada pela prefeita Josinha Cunha (PR), vive um momento delicado.
Assessor da Câmara manda imprensa calar a boca.
Na semana passada veio a público uma situação lastimável. A prefeita, que é irmã do enrolado deputado estadual Josimar de Maranhãozinho (PR), sancionou absurdamente a Lei 472/2017, aparentemente inconstitucional, que proíbe a associação profissional por meio de sindicatos em Zé Doca.
Entretanto, o absurdo não para por aí, o Blog recebeu a informação que o ofício da Câmara de Vereadores encaminhando o referido projeto para a Prefeitura de Zé Doca no dia 04 de julho, sendo recebido um dia depois, mas de maneira incrível, a prefeita Josinha Cunha sancionou o projeto antes de receber, mais precisamente no dia 30 de junho.
Para complementar os dias sombrios vividos em Zé Doca, uma equipe de televisão foi simplesmente retirada e impedida de filmar uma sessão da Câmara de Vereadores. Veja abaixo o vídeo. Do blogdojorgearagao

0 comentários:

Postar um comentário

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Contatos

Whatsapp: 98-988916524


E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Facebook

Navigation