domingo, 4 de fevereiro de 2018
Blocos arrastam multidões e dão nova vida ao Carnaval no Centro de São Luís. (Foto: Divulgação)
As ruas do Centro de São Luís estão sendo tomadas por multidões de foliões no pré-Carnaval deste ano. A ocupação marcou o retorno da população a essa região emblemática da cidade. Havia tempos as ruas não eram palco de tamanha festa. E esse ritmo vai continuar até o fim do Carnaval. Ainda restam mais de dez dias de folia.

Os blocos foram os principais responsáveis por arrastar as multidões pela Fonte do Ribeirão, Madre Deus, Nauro Machado, Praça João Lisboa, Rua da Estrela, Rua do Giz, Praça dos Catraeiros… Todos esses lugares viraram palco da folia.

Saiba mais: Veja a programação completa do Carnaval de Todos em São Luís
Neste fim de semana – o último antes do início oficial do Carnaval –, as ruas do Centro Histórico e da Madre Deus voltam a ser tomadas.

Na Madre Deus, dezenas de blocos organizados, indígenas e afros se concentram. Já no Centro Histórico, a folia é por conta dos novos blocos alternativos que estão dando uma roupagem diferenciada à festa, começando no turno da manhã.

Nem o calor forte e muito menos as esporádicas chuvas que vêm caindo em São Luís têm desanimado os foliões.

Sensação de 2018
Blocos arrastam multidões e dão nova vida ao Carnaval no Centro de São Luís. (Foto: Divulgação)
Repleto de fantasias irreverentes e de muita animação, o Bloco Só Safados se tornou a sensação de 2018. O grupo carnavalesco foi criado por um grupo de artistas, produtores culturais, batuqueiros e músicos de diversos segmentos. Os encontros vêm trazendo de forma irreverente a mistura de marchinhas e músicas da atualidade.

Concentrando pelas proximidades da Praça João Lisboa, onde ele também sai neste sábado (3), às 15h, o público tem percorrido ruas do Centro Histórico, como a Rua do Giz, da Estrela, Rua do Sol, entre outras, chamando quem está em casa, ou transitando pelo Centro, para cair na folia.

Em ritmo da tradicional temporada pré-carnavalesca no Maranhão, o Bloco da Imprensa reuniu diversas atrações no circuito oficial da Folia Momesca do Governo do Maranhão. A concentração do bloco ocorreu nos últimos três sábados na Praça dos Catraieiros, na Praia Grande, no Centro.

Já quem veio resgatando as festas carnavalescas realizadas durante o dia foi o Bloco Buraco da Serpente, que inovou colocando o bloco na rua pelo turno da manhã, especificamente às 9h. Concentrando na Fonte do Ribeirão, o encontro animou adultos, jovens e principalmente as crianças, que garantiram um amplo espaço na festa.

Com o lema “Muita Saliência e nenhuma violência”, a Banda da Bandida vem mostrando um repertório com as músicas mais conhecidas ao longo dos 18 anos de brincadeira, levando mistura de ritmos e sotaques nos diversos cantos do Centro de São Luís, concentrando a turma na Fonte do Ribeirão.

Buzinando na ladeira da Rua do Egito, a Bicicletinha do Samba trouxe os antigos carnavais de São Luís com uma brincadeira que reúne artistas, jornalistas, escritores e a população em geral, num ambiente que resgata o brilho do acervo arquitetônico da capital maranhense. O grupo de músicos se concentra no entardecer dos sábados que antecedem o carnaval para momentos agradáveis de lazer, regado a samba de qualidade e muita animação.

Localizado na região central, a Madre Deus é um dos bairros que concentram e mantêm a tradição de blocos de ruas; e nas prévias não foi diferente. Do Cortejo de tribos: Guarani, Guajajara, Siux, seguido do Bloco Tradicional Tropicais do Ritmo, aos Bloco Afro Abiyeye Maylow, as vias do bairro contam ainda com a participação da Vinagreira do Samba, do Bloco Afro Abibima e dezenas de outros que se apresentarão neste carnaval.

Circuito Beira-Mar

E a partir do domingo (11) de Carnaval, um outro espaço será tomada pelos foliões: é o Circuito Beira-Mar, que vai trazer grandes nomes do Maranhão e do Brasil para a festa.

0 comentários:

Postar um comentário

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Facebook

Contato

Whatsapp: 98-988916524

E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Blogroll