domingo, 11 de março de 2018
Neste 8 de março, Flávio Dino deu início a mais um conjunto de medidas de proteção à mulher e combate à desigualdade de gênero no Maranhão. Foto: Gilson Teixeira/Secap
Num palco repleto de mulheres de diferentes idades e origens da luta social, o governador Flávio Dino deu início a mais um conjunto de medidas de proteção à mulher e combate à desigualdade de gênero no Maranhão. Durante solenidade na Casa da Mulher Brasileira, nesta quinta-feira (8), o governador assinou decretos que vão desde a prevenção da violência contra a mulher até o atendimento especializado para as vítimas.

Uma satisfação para quem participa da luta feminista no dia a dia. “É histórico, é uma conquista, é o momento em que o governo cumpre seu papel, em que há um préstimo social, uma resposta das reivindicações provocadas pela sociedade civil”, destacou Lúcia Gato, do Grupo de Mulheres Negra Mãe Andreza e Presidente do Conselho Estadual da Mulher.

Os decretos assinados pelos governador instituíram os Grupos de Trabalho para Capacitação da Rede de Atendimento à Mulher em Situação de Violência; o selo Amigo da Mulher; o Projeto de Lei sobre o Programa de Atendimento Integral à Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar; Definição das competências da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher de São Luís e Projeto de Lei de Regulamentação do Fundo Estadual de Enfrentamento de Violência contra a Mulher, além da instalação do Sistema de Atendimento Integral à Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar na rede pública de saúde do estado.

O governador Flávio Dino destacou a representatividade da realização do evento na Casa da Mulher Brasileira, uma das poucas em funcionamento no país e destacou as ações já propostas pelo governo, como projeto de Lei para aumento no número de Delegacias da Mulher no estado, que tramita na Assembleia Legislativa e a Patrulha Maria da Penha.

“São medidas que reiteram nosso compromisso com uma sociedade justa, uma sociedade para todos, em que haja menos desigualdades e isso se refere à importância da luta dos mulheres no Brasil e no mundo inteiro”, completou o governador.

Rede Integrada

A secretária de Estado da Mulher (SEMU), Terezinha Fernandes, destacou que as medidas assinadas pelo governador vão proporcionar a capacitação e desenvolvimento de uma rede integrada de atendimento à mulher.

“Dos Grupos Interinstitucionais de Capacitação também sairão manuais de boas práticas para recepção dessas mulheres, o que impedirá que elas desistam dos processos, das denúncias, que acabemos com esse ciclo que resulta na revitimização”, explicou.

Ela também destacou o trabalho de prevenção: “Teremos ações voltadas para a desconstrução do machismo, do pensamento misógino, da ideia de submissão feminina em todas as escolas de Ensino Médio da rede estadual, isso é fundamental”.

Mês da Mulher

A ocasião também marcou o início da campanha ‘A cultura da paz começa em casa, o fim da violência também’. A programação se estende por todo mês de março e  conta com debates, palestras, blitz educativa e atividades culturais em diversos municípios maranhenses.

0 comentários:

Postar um comentário

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Facebook

Contato

Whatsapp: 98-988916524

E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Blogroll