domingo, 5 de agosto de 2018
Meirelles e Rigotto compõem chapa única do MDB em candidatura à Presidência da República (Foto: Cristine Gallisa/RBS TV)
Pela primeira vez desde 1994, partido terá candidatura própria à Presidência.
MDB confirma Germano Rigotto como vice de Meirelles em convenção no Rio Grande do Sul.
Ex-governador gaúcho foi o vice escolhido pelo MDB, e participou de convenção da legenda no RS neste domingo (5).
Por RBS TV
Germano Rigotto foi confirmado como candidato a vice de Henrique Meirelles nas eleições para a Presidência da República em 2018, durante convenção do MDB no Rio Grande do Sul, neste domingo (5). A inclusão do ex-governador gaúcho na chapa havia sido anunciada no sábado (4). Pela primeira vez desde 1994, o MDB terá candidatura própria ao Planalto.

"O MDB terá seu projeto nacional, sua cara própria", afirmou Rigotto, durante a convenção. Ele declarou que é uma "honra enorme" estar ao lado de Meirelles na corrida presidencial. "Vamos mostrar que é possível sim sair de 2%, 3% [de intenções de votos] nas pesquisas e ganhar uma eleição nacional", acrescentou o candidato.

Já Meirelles ressaltou que Rigotto fará "uma grande diferença" na disputa. "Em uma época de polarização e extremismos, é fundamental contar com um bom exército, com aqueles que só acreditam na democracia como sistema político, nas instituições e na força individual de cada brasileiro", pontuou o candidato.

A convenção estadual do partido acontece no Teatro Dante Barone, na Assemblela Legislativa do Rio Grande do Sul, para lançar os candidatos ao governo do estado, Senado, Câmara e Assembleia. A candidatura de Meirelles foi confirmada em convenção nacional do MDB, em Brasília, na quinta-feira (2)

Trajetória
Natural de Caxias do Sul (RS), Germano Rigotto foi vereador, deputado estadual e federal. Em 2002, foi eleito ao governo no segundo turno. Se candidatou novamente, mas não foi reeleito. Rigotto ainda tentou um mandato de senador em 2010, porém ficou atrás dos eleitos Ana Amélia Lemos (PP) e Paulo Paim (PT).

Também em 2006, Rigotto foi pré-candidato à Presidência pelo MDB, porém não teve a candidatura efetivada.

Sem mandato desde janeiro de 2007, Rigotto costuma dar palestras de temas da área econômica e política nacional. O emedebista é um dos integrantes do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), o Conselhão, órgão de assessoramento ao presidente da República.

0 comentários:

Postar um comentário

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Facebook

Contato

Whatsapp: 98-988916524

E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Blogroll