terça-feira, 6 de novembro de 2018
No seu primeiro evento público, após aceitar o convite do presidente eleito Jair Bolsonaro para ser o futuro ministro da Justiça, o juiz federal Sérgio Moro reafirmou que não tem intenções de disputar eleições.

Moro deixou claro que o cargo que está ocupando, apesar de ser uma indicação política, é um cargo técnico. Desta forma, o magistrado entende que não voltou atrás quando afirmou, por algumas vezes, que não pretender entrar na política.

“Não me vejo ingressando na política como um político verdadeiro. É um cargo predominantemente técnico e vou trabalhar com aquilo que eu conheço, que é a justiça. Não pretendo jamais disputar qualquer cargo eletivo. Para mim, estou indo para uma posição técnica”, afirmou Moro em Curitiba.

Sérgio Moro, pelo fato de ter que abandonar o cargo de juiz federal para aceitar o convite de Bolsonaro, teve seu nome especulado para ser o substituto do presidente eleito nas eleições de 2022, uma vez que Bolsonaro já disse que não será candidato a reeleição.

Só que com essa declaração, reafirmando que não pretende disputar cargos eletivos, o caminho de Sérgio Moro tende mesmo a ser o STF – Supremo Tribunal Federal.

Vale lembrar que Bolsonaro, durante seus quatro anos de mandato irá escolher dois ministros para compor o STF.

0 comentários:

Postar um comentário

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Facebook

Contato

Whatsapp: 98-988916524

E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Blogroll