segunda-feira, 1 de janeiro de 2018
Centenas de veículos ficaram atolados na areia, ontem (1º), na Praia do Araçagi, em São José de Ribamar. O transtorno foi causado, como em quase todos os anos, em razão da alta da maré, que ocorreu por volta das 16h.


Apreensivos com a situação, motoristas e populares se ajudavam empurrando os carros para a área mais distante da água e um congestionamento se formou. Um carro do Corpo de Bombeiros também ficou impedido de trafegar.



Tendas de restaurantes e bares localizados na área ficaram ilhadas.



O aposentado Alberto Gonçalves Souza, de 60 anos, ficou indignado. “Quando a maré começou a encher, eu só vi o desespero dos motoristas para saírem. Eu não sabia que isso acontecia aqui na Praia do Araçagi. Não fui avisado. Para acabar de vez com esse problema, o ideal seria proibir os veículos descerem”, opinou Souza.



Improviso

Para facilitar a saída de alguns carros atolados na faixa de areia, motoristas e populares usaram uma corda amarrada em um veículo maior (Hilux) para puxar os menores e improvisaram espécies de pontes com madeira.


O comerciante Luís Carneiro Pereira de Castro, de 56 anos, reclamou que os órgãos competentes deveriam fazer algo para evitar o transtorno. “Não sabia que existia isso aqui na praia. Fui pego de surpresa. As autoridades devem fazer mais estacionamentos nas redondezas da praia e proibir o acesso de veículos muito próximo do mar”, disse.



“Hoje, o fluxo de veículos aqui na praia foi muito intenso. Não tinha visto isso aqui. Na hora que a maré encheu, os motoristas se desesperaram e todos queriam sair ao mesmo momento, resultando em congestionamento. As saídas da praia ficaram interditadas”, relatou o sargento do Corpo de Bombeiros Carlos Silva, que teve a viatura de trabalho impedida de trafegar.



Do Estado do Maranhão

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Facebook

Contato

Whatsapp: 98-988916524

E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

Blogroll