segunda-feira, 9 de setembro de 2019
Encontrado morto por sua empregada doméstica na piscina de casa na manhã de hoje (saiba mais), o juiz Fernando Cruz, da 7ª Vara Criminal de São Luís, pode ter sido vítima de afogamento.

O caso foi registrado assim no Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), após comunicado da secretária, identificada como “Sra. Cleres”.

Homens do Icrim e do IML, além da Delegacia de Homicídios, foram deslocados para o local, no Olho d’Água.

Nota TJ

O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, emitiu há pouco nota de “profundo pesar” pela morte do magistrado,

“O desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos presta condolências, expressando os mais sinceros pêsames pelo falecimento do juiz Fernando Luiz Mendes Cruz, solidarizando-se com seus pais e familiares, desejando conforto e serenidade em momento tão difícil de imensurável perda”, diz o comunicado.

Nota AMMA

A Associação do Magistrados do Maranhão (Amma) também emitiu nota de pesar. Leia:

Com imenso pesar, a Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA) tomou conhecimento, na manhã desta segunda-feira (9), do falecimento do juiz Fernando Cruz, titular da 7a Vara Criminal da Comarca da Ilha de São Luís. De imediato, o presidente Angelo Santos acionou a Diretoria de Segurança Institucional do Tribunal de Justiça para que sejam efetuadas as averiguações preliminares das circunstâncias que ocasionaram a morte do magistrado.

A AMMA lamenta o ocorrido, solidariza-se com familiares, amigos e com toda a Magistratura maranhense, abalados pela dor da perda do estimado colega.
Do blog do 

0 comentários:

Postar um comentário

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Facebook

Contato

Whatsapp: 98-988916524

E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

nonatoaguiarraposa@gmail.com

Blogroll