quinta-feira, 24 de outubro de 2019
O Governo do Maranhão informou na tarde de hoje (24), por meio de nota encaminhada ao Blog do Gilberto Léda, que o contrato da Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (Seplan) com o consórcio Cobrape/STCP – formado pela Companhia Brasileira de Projetos e Empreendimentos (Cobrape) e pela STCP Engenharia – encerrou-se e não foi renovado.

As duas empresas são alvo da Polícia Federal e da Controladoria-Geral da União (CGU) no bojo da Operação Arauto, deflagrada nesta quinta-feira no Maranhão, no Amapá e em Rondônia (saiba mais).

No comunicado, a Seplan informa, ainda, que não tinha conhecimento das irregularidades apontadas pelos federais, mas que vai tomar “medidas que eventualmente lhe forem cabíveis” tão logo tome ciência.

Abaixo, a íntegra do comunicado.

A Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (Seplan) informa que a licitação foi realizada em gestão anterior ao atual governo, precisamente no ano de 2013, e o contrato já foi encerrado. O Governo do Maranhão não tem conhecimento do suposto direcionamento da licitação ocorrido em gestão pretérita. A Seplan esclarece que, tão logo tome ciência das supostas irregularidades, executará as medidas que eventualmente lhe forem cabíveis.

0 comentários:

Postar um comentário

Rádio Timbira

banner: radio timbira

Facebook

Contato

Whatsapp: 98-988916524

E-mail: folhadomunicipio@hotmail.com

nonatoaguiarraposa@gmail.com

Blogroll