Casal Bruno e Giovanna beija filha Titi Foto: Reprodução Internet
Filha de casal de atores sofre novo ataque racial na internet.
Brasileira que mora no Canadá posta vídeo preconceituoso contra Titi, filha adotiva de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank.

Uma brasileira que mora no Canadá está sendo investigada por injúria racial contra a filha adotiva do casal de atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank. Os dois vão prestar queixa de racismo por causa de um vídeo que circulou na internet com ofensas a pequena Chissomo, chamada de Titi.

Na publicação, que foi postada no domingo (26), a brasileira Day Mcarthy dispara ofensas raciais sobre a criança. Ela já ofendeu outros artistas e filhos deles com postagens preconceituosas.

Titi tem quatro anos e foi adotada pelos atores no ano passado, depois de uma viagem ao Malawi, no Sul da África. Ano passado, a criança já tinha sido vítima de outro comentário racista em foto postada por Giovanna Ewbank. Na época, Bruno Gagliasso registrou queixa na polícia e o caso foi investigado.

Eles planejam também abrir um processo judicial no Canadá, país onde Day Mcarthy mora atualmente. No Brasil, ofender alguém por causa da cor da pele é crime de injúria racial e a pena prevista é de prisão de um a três anos.

Nas redes sociais, Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank se manifestaram contra o racismo. A atriz agradeceu o apoio dos fãs e reafirmou que já está tomando as devidas providências. Enquanto, que Bruno postou uma foto com a frase da filósofa e ativista americana Angela Davis: “Numa sociedade racista, não basta não ser racista, é necessário ser antirracista”.