Campeão da Copa Libertadores, o Flamengo estreia no Mundial de Clubes da Fifa nesta terça-feira, às 14h30 (de Brasília), quando encara o Al Hilal da Arábia Saudita, no Estádio Khalifa International, em Doha, no Catar, pelas semifinais. O sonho do Rubro-Negro é estar na decisão de sábado, contra o vitorioso do embate entre o Liverpool e o Monterrey do México, que fazem a outra semifinal nesta quarta-feira.

O Al Hilal se garantiu neste jogo ao derrotar no fim de semana, por 1 a 0, o Espérance da Tunísia. O time árabe foi dirigido recentemente pelo atual técnico do Flamengo, Jorge Jesus, que trabalhou com vários desses atletas. O português alerta para o rival.

"Ajudei a montar este time e sei que vamos encontrar muitos problemas, pois é um conjunto forte e muito bem armado. Conta com atletas experientes, acostumados a grandes confrontos, e isso vai exigir demais da nossa equipe - disse Jesus.

Justamente por conta disso, a ordem no Flamengo é esquecer uma possível decisão com o Liverpool.

"Não podemos falar em Liverpool antes da semifinal. Todas as equipes que chegam ao Mundial são campeãs e, por conta disso, será uma semifinal difícil. O Mister já vem falando para não pensarmos na final. Já joguei contra o Al Hilal, tem grandes jogadores. O Mister sempre fala porque realmente é um time forte", disse o meia Everton Ribeiro.

O respeito entre os times é mútuo. O romeno Razvan Lucescu, comandante do Al Hilal, é só elogios para Jorge Jesus.

"O Mister Jesus é um dos principais treinadores do mundo atualmente, ajudou na construção deste time. Portanto, sabemos que teremos uma grande semifinal pela frente. Temos que pensar em fazer um grande confronto, em alto nível", disse Lucescu.

Em termos de escalação, Jorge Jesus vai manter a base que conquistou a Copa Libertadores e o Campeonato Brasileiro.

Já o Al Hilal vai promover a entrada do atacante francês Bafétimbi Gomis, herói da vitória sobre o Espérance. Ele ganha a vaga do volante Mohamed Kanno, expulso contra os tunisianos. Assim, o meia brasileiro Carlos Eduardo jogará um pouco mais recuado.

Caso a partida desta terça-feira termine empatada no tempo regulamentar, acontecerá uma prorrogação de trinta minutos. Persistindo a igualdade no tempo extra, o classificado será conhecido nas cobranças de pênaltis.

DISPUTA DO QUINTO LUGAR

Na preliminar, às 11h30(de Brasília), acontece a decisão do quinto lugar do Mundial de Clubes. O Espérance vai enfrentar o Al Sadd, time da casa e que na segunda fase foi eliminado pelo Monterrey do México com uma derrota por 3 a 2.