O governador Flávio Dino (PCdoB), assinou, nesta segunda-feira (16), um decreto com medidas temporárias e restritivas de prevenção ao novo coronavírus no Maranhão.

De acordo com o decreto, estão a suspensos a realização de eventos com grande aglomeração de pessoas que exijam licença expedida pelo Corpo de Bombeiros do Maranhão ou Delegacia de Costumes.

A medida também vale para a realização de seminários e congressos por órgãos governamentais, exceto para casos urgentes ou inadiáveis.

O governador também determinou que restaurantes e estabelecimentos comerciais devem garantir a distância de no mínimo, duas mesas.

As medidas serão fiscalizadas pelo Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Estado do Maranhão (Procon).

Todos os servidores estaduais a trabalho em outros países foram afastados de suas atividades por conta da ameaça da Covid-19. A mesma situação vale para funcionários públicos que estejam de férias em locais com casos confirmados da doença.


Foto: Divugação/Governo do Maranhão